Conecte-se Conosco

BELÉM

Mário Couto fala de seus projetos como prefeito de Belém pelo PRTB

A Província do Pará / Roberto Barbosa / Foto Reprodução

Publicado

em

Não tem nenhum espaço no horário eleitoral gratuito de televisão e do rádio nem pra dizer “o meu nome é Eneas”

Deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa e senador da República. Este é o perfil que tem Mário Couto, candidato independente e sem coligação com ninguém para concorrer à Prefeitura Municipal de Belém pelo PRTB nas eleições de novembro deste ano. Mário Couto contou para A Província do Pará que, no início deste projeto, chegou a ter conversas com vários partidos, com várias lideranças, no entanto, todos faziam as propostas da velha política do “toma lá, dá cá; por isso, a gente resolveu seguir a linha do presidente Jair Bolsonaro, de não fazer acordo com ninguém” para fazer um governo independente com a população de Belém.

“Agora é o povo, Mário Couto e o PRTB, uma chapa pura, inédita no Estado do Pará”, explica o candidato que ressalta, ainda, como será esta campanha: “Será uma campanha de custo operacional baixo, pela internet, no corpo a corpo com o eleitor. O PRTB não tem nenhum espaço no horário eleitoral gratuito da televisão e do rádio nem pra dizer ‘o meu nome é Eneas’”. No entanto, o candidato diz que nada disso o incomoda nem a seus pares de partido; pelo contrário, o encoraja a seguir firme e decididamente no projeto para mostrar a todos que é possível fazer uma eleição sem mentiras, sem promessas baratas e infundadas e sem investimentos mirabolantes para depois sugar tudo dos cofres públicos e nada fazer.
Mário Couto explica que vai conversar com a população diretamente pela internet, apesar de ter consciência de que uma boa parte das pessoas ainda não conta com esta ferramenta. Todavia, lembra que as redes sociais, hoje, já alcançam um grande número de pessoas, especialmente o Facebook, Instragram, WhatSapp etc. “Este será o canal usado por Mário Couto para esclarecer a população o que pretende, o que pode, o que é possível fazer. Tenho visto aí, dos meus concorrentes, propostas fantasiosas que eu não sei de onde tirarão recursos para viabilizar. Eu quero trabalhar com o pé no chão, com o que a prefeitura tem de recursos concretos”.
Por isso que Mário Couto diz ser “possível com pouco se fazer uma campanha, vencer e fazer um governo independente, honesto, trabalhador e cheio de ideias reais que podem ser concretizadas, mudando tudo o que já foi feito ao longo de séculos desde que o Brasil se tornou independente”.
Ressalta o ex-senador da República que a mudança ocorreu no Brasil, quando a população mudou tudo e elegeu Jair Bolsonaro Presidente da República sem que ele tivesse feito grandes viagens por todo o país, sem que tivesse grande espaço na televisão e enfrentando toda sorte de obstáculos. Assim, “a mudança vai ocorrer em Belém com Mário Couto e o PRTB”, afirmou confiante.

PROJETOS
De acordo com o candidato, sua gestão se voltará para atendimento de toda a população, mas a prioridade serão os aglomerados da pobreza. “A pobreza extrema de parte da população decorre da falta de atenção do poder público com as pessoas. O governante e o representante parlamentar precisam estar em sintonia com as pessoas e isso dificilmente ocorre no Brasil e Belém não é diferente”. Lembra Mário Couto que, como deputado estadual, implantou a “conversa com o povo”, quando a Assembleia Legislativa saiu dos gabinetes e foi para os bairros de Belém e para o interior do Estado, no chamado legislativo itinerante. Era a oportunidade que as pessoas tinham para discutir com seus representantes, seus deputados, suas demandas e assim surgir grandes projetos.
Eleito prefeito, e isso será mais fácil fazer porque estará dedicado apenas à cidade de Belém, é intenção de Mário Couto trabalhar com a população nos seus respectivos bairros. “Será a prefeitura nos bairros, especialmente os mais populosos, cheios de graves problemas, como são o caso do Jurunas, Guamá, Terra Firme, Sacramenta, Benguí, Tapanã e tantos outros onde sabemos que estão os bolsões da pobreza, onde faltam saneamento básico, postos de saúde com estrutura eficaz, acesso a transporte publico de qualidade”. Acrescenta que, com a prefeitura nos bairros, repetirá o que fez como presidente da Alepa. Isto é, vai discutir os problemas da população com a população e toda a estrutura da prefeitura para questão de asfaltamento, esgoto etc.

MOBILIDADE
Acerca da mobilidade urbana, Mário Couto reflete que o sistema é péssimo, talvez um dos piores do Brasil. Sua intenção é acabar com o monopólio das empresas de transporte público que há décadas dominam o setor sem darem qualquer contrapartida para o usuário que paga uma taxa injusta para o serviço que recebe. O ex-senador já esteve com seus técnicos na cidade de Curitiba, onde existem os ônibus elétricos climatizados, com baixo custo, sem degradação do meio ambiente por não ser barulhento nem usar combustível fóssil, “o que, por si só, já é um grande lucro pra todo mundo”.
Desta forma, eleito, Mário Couto que trazer pra Belém transporte público de qualidade sem elementos poluentes para a natureza e para a população. Uma das ideias é a prefeitura ter sua própria frota. Mas garante que dará um prazo às empresas de transportes que estão operando, para que se modernizem dentro das metas a serem estabelecidas, com veículos novos, climatizados e, se possível, elétricos.

SAÚDE
Falando sobre a saúde, Mário Couto diz que a população adoece porque não existem políticas públicas voltadas para a prevenção. Ele pretende que o médico vá à casa das pessoas. Como será isso? Será com a presença de comandos médicos nos bairros de forma permanente. Prevenindo a saúde, os prontos socorros estarão abertos para atender aos casos graves de internação, vai diminuir o fluxo de pessoas nesses locais, bem como, nos postos de saúde.
Entende, desta forma, que a política de saúde nos bairros irá não apenas prevenir contra doenças que já deviam ter sido erradicadas, como manter a população saudável e os ambientes de saúde sem grande fluxo, “o que é possível quando se faz um trabalho sério, voltado para atender a toda a comunidade”.

Por fim, Mário Couto adianta que fará uma campanha de esclarecimento pelas redes sociais, sem comícios nem showmícios, e que irá caminhar em vários bairros para conversar com as pessoas no que se chama de corpo a corpo eleitoral.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/aprovincia/public_html/wp-includes/functions.php on line 4556