Conecte-se Conosco

EDUCAÇÃO

MEC inicia compra de mais de 7,6 mil bicicletas escolares

Fonte: Bianca Estrella, do Portal MEC Foto: Reprodução

Publicado

em


Caminho da escola

Veículos voltam a ser ofertados para estados e municípios após nove anos

Para facilitar o deslocamento, a bicicleta voltará a ser mais uma alternativa no acesso de estudantes às escolas públicas. Depois de nove anos, o Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) iniciaram um novo processo de compra de 7.636 bicicletas escolares. As últimas atas para aquisição desse tipo de veículo foram publicadas em 2011.

A bicicleta pode diminuir o esforço diário de alunos que chegam a percorrer a pé, diariamente, de 3 a 15 quilômetros para chegar à escola ou ao ponto onde passa o ônibus escolar, conforme estudos do FNDE. Com os veículos, o MEC tem objetivo de diminuir a evasão escolar e melhorar a qualidade do transporte escolar, principalmente em áreas rurais e ribeirinhas.

Disponíveis em dois tamanhos — aro 20 e 26 —, as bicicletas têm quadro reforçado, selim anatômico, para-lamas, descanso lateral, espelho retrovisor, campainha e refletores. Também são ofertados uma bomba manual para encher o pneu, ferramentas e capacetes de segurança. 

As novas unidades serão adquiridas por meio do programa Caminho da Escola. Desde 2010, o programa conta com a alternativa de utilizar bicicletas para auxiliar os estudantes no trajeto que fazem de casa para a escola e vice-versa. Concebida em 2007, a iniciativa visa renovar a frota de veículos escolares no Brasil e garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes.

Aquisição – Estados, Distrito Federal e municípios interessados em adquirir as bicicletas devem acessar o Sistema de Gerenciamento de Atas de Registros de Preço (Sigarp) do FNDE. O Registro de Preços Nacional proporciona melhores condições de preços, devido ao alto volume dos produtos licitados. Os entes federativos podem utilizar as atas do FNDE com recursos próprios ou por meio de transferência direta, via Plano de Ações Articuladas (PAR). Fim do conteúdo da página

EDUCAÇÃO

Prazo para comprovar dados do ProUni acaba nesta sexta

Publicado

em

Fique atento aos prazos do ProUni Foto: Divulgação

Os candidatos selecionados em segunda chamada no Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até esta sexta-feira (28) para comprovar os dados fornecidos no ato da inscrição. A documentação que confirma as informações apresentadas deve ser levada diretamente para as instituições.

As bolsas de estudo que não forem preenchidas nesta fase serão destinadas aos participantes na lista de espera. O prazo para se inscrever na nova lista é de 6 a 9 de março e o resultado será divulgado no dia 12 de março.

Para o primeiro semestre de 2020, o ProUni está oferecendo 252.534 bolsas. Ao todo, o sistema registrou mais de 1,5 milhão de inscrições feitas por 782.497 candidatos. O número é maior pois os inscritos podem escolher até duas opções de instituição, curso e turno, assim como é feito no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

O ProUni é um programa do Ministério da Educação que oferece bolsas de estudos, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Para se inscrever, o candidato não pode ter diploma de curso superior e precisa ter obtido pelo menos 450 de média no Enem mais recente e não ter zerado na redação.

Quanto ao histórico escolar, o aluno precisa ter cursado todo o ensino médio na rede pública ou na particular na condição de bolsista integral. Além destes, ainda podem se inscrever os estudantes com deficiência; professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública.


Continue lendo

EDUCAÇÃO

Matrícula dos aprovados na repescagem da Uepa vai até sexta-feira (28)

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Pará

A Universidade do Estado do Para (Uepa) prorrogou, até esta sexta-feira (28), o prazo de matrícula dos aprovados na repescagem do Processo Seletivo (Prosel) 2020. A matrícula deve ser realizada entre 8h e 12h e de 14h às 18h, na coordenação do campus onde o calouro foi aprovado.

Para realização da matrícula é necessário entregar as cópias dos documentos comprobatórios e obrigatórios (ver lista abaixo). Os originais também devem ser levados para conferência.

O candidato que for menor de idade deve ir ao campus específico do curso para o qual foi aprovado acompanhado do responsável legal para a entrega da documentação obrigatória mais cópias para comprovação e, desta forma, efetivar sua matrícula. Na impossibilidade de comparecimento, é possível nomear um procurador para representar o menor de idade, que deverá entregar a documentação exigida.

Para o calouro proveniente das escolas da rede pública do Estado, há a exigência de uma declaração de ainda estar concluindo o Ensino Médio no ano letivo corrente, que deverá ser substituída pela documentação definitiva em um prazo máximo de 45 dias, ficando a efetivação da matrícula condicionada à apresentação dos documentos obrigatórios.

Caso o candidato não compareça nestes dias e horários, ou não apresente todos os documentos obrigatórios, perderá o direito ao ingresso na Universidade do Estado do Pará (Uepa).

Obedecendo a ordem de classificação dos candidatos em cada graduação específica, foram chamados 1.811 nomes. Deste total, 1.027 são candidatos aprovados para vagas de cotistas, além de 784 alunos chamados para vagas de não-cotistas somando os campus da capital Belém e do interior do Pará.

A documentação exigida no edital 13/2020 para protocolamento são:

– Declaração de Ocupação de Vaga Única impressa (emitida pela Uepa); 
– Declaração de Integralização do Curso impressa (emitida pela Uepa); 
– Carteira de Identidade; Cadastro de Pessoas Físicas (CPF); 
– Certidão de Nascimento ou Casamento; 
– Certificado de Alistamento Militar (candidatos do sexo masculino); 
– 1 foto 3 x 4 recente (colorida); 
– Título de Eleitor, acompanhado do comprovante de votação na última eleição; 
– Histórico Escolar do Ensino Médio; 
– Certificado de Conclusão do Ensino Médio; 
– Comprovante de Residência (recente que contenha CEP).

Continue lendo

EDUCAÇÃO

MEC divulga resultados do Fies para 1° semestre de 2020

Publicado

em

Foto: Agência Brasil/Marcello Casal Jr. / Fonte: Pleno News

Os candidatos inscritos na seleção do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) para o primeiro semestre de 2020 já podem consultar os resultados do processo. A lista foi disponibilizada pelo Ministério da Educação e está disponível no site do programa e das instituições participantes.

Para quem fez a inscrição na modalidade Fies, a inscrição deve ser complementada no site entre 27 de fevereiro e 2 de março. Já os selecionados no P-Fies devem comparecer à instituição de ensino para validar as informações e contratar o financiamento.

Quem não conseguiu ser aprovado no Fies foi automaticamente inserido na lista de espera e deve acompanhar a pré-seleção que vai acontecer entre 28 de fevereiro e 31 de março. Para a modalidade P-Fies não existe a etapa da lista de espera.

Para este semestre, o programa vai oferecer cerca de 70 mil vagas para financiamento em instituições privadas. O Fies financia a mensalidade a juros zero para quem tem renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. Já o P-Fies é para aqueles com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, com juros que variam de acordo com o banco e a instituição de ensino.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital