Conecte-se Conosco

Esportes

Mengão goleia o Fluzão e pressiona Palmeiras pela liderança do Brasileiro

Publicado

em

O jogo começou movimentado, mas o Flamengo foi se impondo até chegar à goleada de 3x0 sobre o Tricolor

O Flamengo mostrou que segue na briga pelo título do Campeonato Brasileiro ao vencer por 3 a 0 o Fluminense, neste sábado (13), no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros chegaram a 55 pontos e foi dormir na vice-liderança da Série A. Já os tricolores, com 37, seguem no meio da classificação.

Os flamenguistas foram superiores, principalmente no primeiro tempo e saiu para o intervalo com boa vantagem após os gols de Uribe e Léo Duarte. Na etapa final, os rubro-negros decretaram a vitória com mais um gol de Uribe.

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o lanterna Paraná, em Curitiba, no próximo domingo. No mesmo dia, o Fluminense recebe o Atlético-MG, no Maracanã.

Flamengo começou buscando a posse de bola e Flu reagiu nos contraataques

O jogo movimentado

O clássico começou movimentado com o Flamengo buscando ter a posse de bola. No entanto, no contra-ataque, o Fluminense que teve a primeira boa chance aos cinco minutos. Luciano arriscou da entrada da área e obrigou César a fazer boa defesa em dois tempos. A resposta rubro-negra veio no minuto seguinte. Lucas Paquetá aproveitou cruzamento e cabeceou em cima de Julio Cesar.

O Flamengo melhorou na partida e criou nova chance aos nove minutos. Willian Arão recebeu a bola na área, mas chutou sobre o travessão. No minuto seguinte, os rubro-negros abriram o placar no Maracanã. Vitinho cruzou pela esquerda e Uribe, de cabeça, colocou na rede.

Mesmo depois do gol, os flamenguistas seguiram melhores em campo. Tanto que aos 18 minutos, Vitinho fez boa jogada pela esquerda e achou Willian Arão na entrada da área. O volante chutou colocado, mas a bola bateu na zaga e foi pela linha de fundo.

Com o passar do tempo, o Fluminense conseguiu equilibrar a partida. No entanto, os tricolores continuavam tendo dificuldade em criar lances de perigo. Nos minutos finais, o Flamengo voltou a buscar o ataque com mais intensidade e chegou ao segundo gol aos 46 minutos. Após falta cobrada na área, Léo Duarte cabeceou sem chance para Julio Cesar e deixar os rubro-negros com boa vantagem no intervalo.

Os rubro-negros foram superiores e mereceram a espetacular vitória em pleno Maranã

Flu pressiona, mas eva o terceiro

No segundo tempo, o Fluminense esboçou uma pressão, mas viu o Flamengo chegar ao terceiro gol aos quatro minutos. Lucas Paquetá chutou, a bola foi desviada e chegou em Uribe. O colombiano dividiu com o goleiro Julio Cesar e mandou para a rede.

A partir daí, os tricolores passaram a pressionar em busca do gol, massa conseguiu levar perigo aos 26 minutos. Após cruzamento de Jadson, Ayrton Lucas cabeceou para grande defesa de César.

Na parte final, o panorama do clássico não mudou. O Flamengo passou a administrar, mas ainda teve a chance de ampliar com Berrío. O Fluminense pouco incomodou César e apenas esperou o apito final no Maracanã.

No segundo tempo, o Fluminense procurou equilibrar e acabou levando o terceiro gol

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 3 X 0 FLUMINENSE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 13 de outubro de 2018 (Sábado)
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO)
Renda: R$ 1.140.402,00
Público: 48.894 pagantes
Cartões amarelos: Willian Arão e Pará (Flamengo); Mateus Norton, Richard e Gum (Flamengo)
GOLS
FLAMENGO: Uribe, aos 10min do primeiro tempo e 4min do segundo tempo; Léo Duarte, aos 46min do primeiro tempo

FLAMENGO: César, Pará, Leo Duarte, Rever (Rhodolfo) e Renê; Gustavo Cuellar, Willian Arão, Éverton Ribeiro (Berrío), Lucas Paquetá e Vitinho; Fernando Uribe (Romulo)
Técnico: Dorival Júnior

FLUMINENSE: Júlio César, Ibañez (Dodi), Gum e Digão; Mateus Norton (Daniel), Richard, Jadson e Ayrton Lucas; Marcos Júnior (Matheus Alessandro), Everaldo e Luciano
Técnico: Marcelo Oliveira

Continue lendo
Clique para comentar

Esportes

Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas de final

Publicado

em

REUTERS/Henry Romero/direitos reservados

As duas partidas de hoje (24) do grupo C definirão o adversário do Brasil nas quartas de final da Copa América. Isso porque a seleção brasileira enfrentará o terceiro colocado do grupo B ou C. Japão joga contra o Equador, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, enquanto Uruguai enfrenta o Chile, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Os jogos serão às 20h.

Dependendo dos resultados, os brasileiros podem enfrentar o Japão, Equador, Uruguai ou o Paraguai (terceiro colocado no grupo B) na próxima fase.

Se Japão e Equador empatarem hoje, por exemplo, o Paraguai se classifica. Japoneses e paraguaios teriam 2 pontos, mas o Paraguai tem um saldo de gols melhor. Se o Equador vencer, por qualquer placar, se classifica em terceiro e enfrenta o Brasil.

No caso de o Japão vencer a partida, há duas hipóteses. O mais provável é que, em caso de vitória do Japão, que tem 4 gols negativos de saldo, a seleção asiática se classifique em terceiro lugar no grupo e enfrente o Brasil.

Se o Japão, no entanto, golear o Equador e/ou o Uruguai (que tem saldo de 4 gols positivos) perder de goleada do Chile, o Japão pode se classificar até em segundo colocado no grupo. Nesse caso, o adversário do Brasil será o Uruguai.

O Chile tem 6 pontos e só precisa de um empate para terminar na primeira posição. O Uruguai tem 4 pontos e precisa da vitória para se classificar em primeiro. Se empatar, fica em segundo lugar.

Se o Uruguai perder, pode terminar em segundo ou terceiro colocado no grupo, dependendo dos placares de seu jogo contra o Chile e da partida entre Japão e Equador.

O único confronto já definido das quartas de final é entre Argentina (segundacolocada do grupo B) e Venezuela (segunda colocada do grupo A).

A Colômbia (primeira colocada do grupo B) enfrenta a segunda colocada do grupo C (que pode ser Chile, Uruguai ou Japão).

O primeiro colocado do grupo C (que pode ser Chile ou Uruguai) enfrenta o Peru (terceiro colocado do grupo A). O Brasil espera seu adversário para jogar pelas quartas de final às 21h30 de quinta-feira (27), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Continue lendo

Esportes

Marta pede às jovens: “Chorem no começo para sorrir no fim”

Publicado

em

Marta em jogo contra a França Foto: EFE/EPA/Srdjan Suki

A jogadora Marta enviou uma mensagem às meninas brasileiras depois de consumada a eliminação da Seleção nas oitavas de final da Copa do Mundo Feminina de futebol neste domingo (23).

– Não vai ter uma Formiga para sempre, não vai ter uma Marta para sempre, não vai ter uma Cristiane para sempre. O futebol feminino depende de vocês para sobreviver. Então pensem nisso. Valorizem mais. Chorem no começo para sorrir no fim – disse a capitã da Seleção Brasileira, emocionada e olhando fixo para a câmera.

A jogadora pediu às mais jovens que avaliem o atual momento do futebol feminino e as encorajou a “querer mais e treinar mais”, para estarem prontas “para jogar 90 minutos e mais 30 minutos, quantos minutos for”.

Marta disse também que a Seleção Brasileira deve “continuar em frente, com a cabeça erguida”, depois de ser eliminada pela França na prorrogação, pelo placar de 2 a 1.

– Demos o melhor de nós. Todas as jogadoras deram o seu máximo. Foi uma grande partida. Não conseguimos a vitória. A outra equipe foi melhor na definição. Agora é preciso seguir em frente, com a cabeça erguida. Estou muito orgulhosa desta equipe – concluiu Marta.

*Com informações da Agência EFE

Continue lendo

Esportes

Após 2 anos no clube, Daniel Alves está de saída do PSG

Publicado

em

Foto: Reprodução / *Folhapress

O Paris Saint-Germain confirmou o desligamento do lateral Daniel Alves, que anunciou sua saída do clube francês em texto publicado no Instagram na madrugada deste domingo (23).

Em seu site oficial, o PSG afirmou que as duas partes chegaram num comum acordo e decidiram não renovar o contrato que terminaria no próximo dia 30.

O clube agradeceu a Daniel Alves “por trazer sua imensa experiência e profissionalismo ao longo da sua passagem pela capital” e lembrou dos feitos do lateral no time.

Daniel Alves foi o 30º brasileiro a vestir a camisa do clube e, durante os dois anos que defendeu o PSG, marcou oito gols, deu 18 assistências e ajudou a conquistar dois Campeonatos Franceses, uma Copa da França, uma Taça da Liga Francesa e uma Supercopa Francesa.

Nasser Al-Khelaifi, presidente do clube, também deixou seu agradecimento ao lateral brasileiro.

“Há dois anos, depois de suas experiências na Espanha e na Itália, Dani escolheu o Paris Saint-Germain quando teve a oportunidade de embarcar em um novo desafio. Estamos satisfeitos que este grande jogador deixe Paris com vários troféus com as nossas cores. Desejo-lhe o melhor nos próximos desafios que estão à frente no caminho”, declarou o mandatário.

Daniel Alves está com a seleção brasileira para a disputa da Copa América. Na partida de ontem, o lateral marcou um dos cinco gols da goleada sobre os peruanos, na Arena Corinthians.

Em suas redes sociais, o atleta também confirmou que está deixando o clube.

 

Continue lendo

Destaque