Conecte-se Conosco

BRASIL GERAL

Menina de 8 anos fica à beira da morte por brincar com slime

Fonte: Metropoles / Foto: Reprodução Instagram

Publicado

em

Mãe da garota fez relato emocionante sobre o caso nas redes sociais. À reportagem, ela disse que a menina se recupera do susto

Thamires Ximenes viveu momentos de tensão nos últimos dias. A influenciadora digital viu a filha Laysla, de 8 anos, ser internada na unidade de terapia intensiva (UTI) após surgimento de uma série de sintomas, entre eles, reações alérgicas graves e insuficiência renal. A causa dos problemas? Um dos componentes do slime, “geleca” multicolorida que é sensação entre a criançada.

“Uma brincadeira comum entre crianças, que para muitos parece inofensiva, se tornou motivo de muita dor e angústia para nossa família”, desabafou a mãe em seu perfil no Instagram.

“Desde quando a fabricação caseira virou febre, Laysla passou a ‘fabricar’ slime com frequência e há muito tempo vem reclamando de dores na barriga. Depois, apareceram diversas manchas na pele”, acrescentou a influenciadora.

“Na semana retrasada, as dores [abdominais] aumentaram e corremos para a emergência com ela chorando de dor. Fomos informados que ela estava com menos de 40% da função renal. As lágrimas e o desespero tomaram conta de todos”, prosseguiu.

Após diversos exames e consultas, a causa dos sintomas foi detectada. “No 7º dia de internação, enfim conseguimos entender o motivo de tudo: INTOXICAÇÃO POR ÁCIDO BÓRICO, no tal do ‘ATIVADOR’ do slime caseiro (bórax, talco ou água boricada)”, escreveu.

Em entrevista ao Metrópoles, a mãe disse que foi apenas um susto e garantiu que a menina passa bem. “Agora, ela está livre das dores e manchas, mas foi um sufoco. Já tinha lido em diversas matérias que o tal do bórax é prejudicial à saúde, por isso optávamos por fazer a geleca sempre com água boricada. Foi uma surpresa saber que o componente também é nocivo”, conta.

O relato de Thamires causou burburinho nas redes sociais e, até o momento, acumula mais de 2,5 mil comentários. “A repercussão do post me surpreendeu. Torço para que a mensagem sirva de alerta e alcance centenas de milhares de pessoas”, exclama.

View this post on Instagram

ALERTA AOS PAIS! 🆘 Uma brincadeira comum entre crianças, que para muitos parece inofensiva, se tornou motivo de muita dor e angústia para nossa família, o #SLIME. Desde quando sua fabricação caseira virou febre, a laysla, passou a “fabricar” slime com muita frequência e há muito tempo vem reclamando de dores na barriga. Os médicos sempre tratavam como virose ou constipação. Depois apareceram muitas machas na pele e os médicos diagnosticaram como dermatite atópica. Na semana retrasada as dores aumentaram muito e corremos para emergência com ela gritando desesperada de dor! No hospital, logo no primeiro exame de sangue, ela foi diagnosticada com insuficiência renal e internada às pressas na UTI! No atendimento com nefrologista, fomos informados que ela estava com menos de 40% da função renal! Nesse momento as lágrimas e o desespero tomaram conta de todos, acrescida de uma enorme angústia pois, ela passou por exames de raio X, ultrassonografia, ecografia, tomografia e para nossa surpresa, tudo estava normal com os rins e demais órgãos. Exames de sangue e urina tiveram que ser feitos com urgência em São Paulo e nenhum explicava a diminuição da função renal, os rins dela estavam parando de funcionar! Foram longos 3 dias de UTI, e somente analgesia com morfina passava as dores dela. Enfim a primeira notícia boa: os rins começaram a reagir, recebeu alta e ficou em observação internada no quarto. Foram mais 4 dias de internação, com uma investigação exaustiva de pediatras, gastros e nefrologistas e ninguém conseguia fechar um diagnóstico. Tudo apontava para necessidade de minha filha fazer biópsia do rim e diálise! No 7º dia de internação, recém chegado os exames e novos diagnósticos de SP os rins já reagindo bem, enfim conseguimos entender o motivo de tudo: INTOXICAÇÃO POR ÁCIDO BÓRICO(uso manual com água boricada)! 😱 no tal do “ATIVADOR” do slime caseiro (bórax, talco ou água boricada) contém esse composto químico tóxico. Sempre achamos que nunca vai acontecer com a gente! Só quem é pai e mãe entende desespero que é, ver seu filho gritando de dor e sentir na pele a impotência de não poder fazer nada, apenas orar e pedir a Deus que acabe logo com aquilo tudo.

A post shared by Thamires Ximenes (@ximenesthamires) on

Este não é o primeiro caso de intoxicação por slime. Em maio, uma criança de 12 anos foi internada em São Paulo após manusear o famoso brinquedo. A menina ficou internada em hospital na zona sul da cidade por mais de uma semana.

A garota deu entrada no centro clínico apresentando vômitos e gastroenterite, segundo a Record TV. Exames identificaram uma reação alérgica causada pela substância bórax.

BRASIL GERAL

Açude se rompe no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Notícias ao Minuto

Um açude se rompeu em Aricanduva, no Vale do Jequitinhonha, na manhã desta quinta-feira, 23. Segundo a Defesa Civil de Minas Gerais, a água elevou em um metro o nível de rio que corta a zona rural do município e provocou inundação.

Até o momento, não há registro de mortos, feridos ou desalojados.

Chove forte em vários pontos do Estado nesta quinta. A Defesa Civil informou que monitora a situação no município.

Ainda não há informações sobre as causas do rompimento do açude.

A elevação do rio impediu a circulação de pessoas, além de ter atingido casas, estabelecimentos comerciais e carros.

Na Grande Belo Horizonte, a expectativa da Defesa Civil é que o volume de chuvas chegue a 250 milímetros entre esta quinta e sábado, 25. Para sexta-feira, 24, são esperadas fortes tempestades na capital.

Continue lendo

BRASIL GERAL

Gomes da Costa inova em promoção válida para todo o território nacional

Em promoção da Gomes da Costa, ao comprar R$ 10
em produtos da marca, consumidor recebe de volta R$ 10 para recarregar o celular ou pagar contas

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Sax Comunicação

A Gomes da Costa, líder em pescados no Brasil, lança a campanha Gomes da Costa Te Ajuda nas Contas: comprando R$ 10 em produtos da marca, o consumidor recebe de volta R$ 10 e poderá usá-lo em créditos para o celular pré-pago ou para o pagamento de contas de consumo, como água, luz, gás e telefone via app Recarga Pay.

Sem sorteio, todos que participam da promoção ganham de volta o dinheiro da compra dos produtos.

A promoção teve início no último dia 10 de janeiro e vai até 30 de abril de 2020, sendo válida em território nacional. Para obter seus créditos, o participante deverá cadastrar o cupom fiscal no site www.gomesteajudanascontas.com.br, baixar, gratuitamente, o aplicativo RecargaPay, disponível nas lojas Apple Store e Google Play, e usar o voucher recebido por e-mail após cadastro do cupom para usar como quiser.

A recarga do celular, na modalidade pré-pago, é válida para operadora à escolha do participante. O pagamento de contas, por meio da informação do código de barras, será feito por meio do aplicativo RecargaPay. No site www.gomesteajudanascontas.com.br, o participante encontra todo o regulamento da promoção.

Para dúvidas sobre a promoção Gomes da Costa Te Ajuda nas Contas:

Telefone: 0800 591 0430 (de segunda a sexta, das 9h às 17h, exceto feriados). E-mail: gomesteajudanascontas@tlcmarketing.com

Sobre a Gomes da Costa

A Gomes da Costa, marca com 70 anos de história bem-sucedida no Brasil, é líder na produção e comercialização de pescados enlatados. Como parte do espanhol Grupo Calvo, a empresa tem ampliado a oferta de produtos e também a malha de distribuição, as vendas ao exterior e os compromissos com a sociedade e o meio ambiente. Sua sede industrial, localizada na cidade de Itajaí (SC), constitui hoje o maior complexo de recepção e processamento de pescados da América Latina, produzindo diariamente mais de 2 milhões de latas e gerando mais de 2 mil empregos diretos. Com isso, a Gomes da Costa desempenha importante papel não só no entorno de sua fábrica, mas na própria cidade.

www.gomesdacosta.com.br

Continue lendo

BRASIL GERAL

Sobe para 5 o número de recapturados após fuga de presídio no Paraguai

Publicado

em

Foto: Cassiano Rolim/RPC / Fonte: G1

O número de presos recapturados após a fuga do presídio regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, subiu para cinco. Quatro homens foram recapturados do lado paraguaio da fronteira e um no brasileiro. As buscas continuam na região.

Os 76 presos escaparam na madrugada de domingo (20), possivelmente por um túnel, do presídio de Pedro Juan Caballero, que é uma cidade vizinha de Ponta Porã (Mato Grosso do Sul). Entre os fugitivos, 40 são brasileiros e 36 são paraguaios. Segundo o ministério da Justiça do Paraguai, eles são integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC).

A prisão dos paraguaios Ronald Francisco Brítez López, Orlando Manuel Torres Verón e José Enrique Ullón Duarte aconteceu por volta de 23h30 (horário local) de segunda-feira (20) na cidade paraguaia de Concepción. Eles foram transferidos para Amambay, sede das investigações, de acordo com informações do “ABC Color”.

Na segunda-feira, as autoridades paraguaias já tinham anunciado a prisão do também paraguaio Sabio Darío González Figueredo, que cumpria pena por roubo, estava escondido em uma casa no bairro de San Juan, próxima à penitenciária.

Horas antes, um fugitivo brasileiro tinha sido recapturado em Ponta Porã pelo Departamento de Operações da Fronteira (DOF). De acordo com o DOF, ele tem 30 anos, é de Imperatriz (MA) e cumpria pena no presídio regional por tráfico de drogas há quatro anos.

Na lista de foragidos divulgada pelo Ministério da Justiça do Paraguai estão o brasileiro Timóteo Ferreira, apontado como líder da facção dentro do presídio. Também estão seis supostos integrantes do grupo de matadores de aluguel “Minotauro”, ligado ao narcotráfico. Eles atuam na fronteira e na semana passada buscavam deixar a prisão com uma ordem judicial.

Fuga

Desde domingo, as autoridades mobilizaram as forças de segurança tanto no Paraguai como no Brasil. Três carros que teriam sido usados na fuga foram encontrados do lado brasileiro da fronteira.

De acordo com a polícia, os detentos saíram por um túnel cavado a partir do banheiro de uma das celas, que ficava no piso inferior do presídio. Porém, de acordo com a imprensa paraguaia, existe a suspeita de que presos tenham deixado a cadeia aos poucos ao longo da semana pelo portão da frente.

As autoridades paraguaias buscam esclarecer se houve algum tipo de colaboração da parte dos funcionários do presídio. Por isso, o diretor do presídio e 30 agentes carcerários e de segurança foram detidos e levados para prestar depoimento no Ministério Público do Paraguai. Porém, eles não se pronunciaram a respeito da fuga.

Crise na segurança

Ainda no domingo, a ministra da Justiça, Cecilia Perez, afirmou que sua pasta denunciou ao Ministério Público um suposto plano de fuga e pagamento de 80 mil dólares (mais de R$ 330 mil) por parte de integrantes da facção criminosa para os funcionários do presídio de Pedro Juan Caballero, de acordo com o jornal “La Nación”. Ela chegou a colocar seu cargo à disposição, mas o presidente Mario Abdo Benitez não aceitou.

Na segunda, o vice-ministro de Política Criminal do Paraguai, Hugo Volpe, renunciou por causa de suspeitas de corrupção.

Uma investigação feita por autoridades brasileiras apontam indícios de que fiscais e representantes do ministério público paraguaio estariam envolvidos em um esquema de corrupção, mas não está claro se o esquema estaria relacionado com a fuga de domingo.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital