Conecte-se Conosco

MUNDO

Miss Universo: Sul-africana vence e Brasil fica no top 20

Foto: Reprodução / Fonte: *Folhapress

Publicado

em

A representante da África do Sul, Zozibini Tunzi, foi eleita na noite neste domingo (8) a Miss Universo 2019, e leva para seu país a terceira coroa do concurso. Ela quebrou um jejum de apenas dois anos para sua terra natal. Antes dela, ocuparam o posto as sulafricanas Demi-Leigh Nel-Peters (2017) e Margaret Gardiner (1978).

O show da final aconteceu em Atlanta (EUA) e contou com um total de 90 misses. Tunzi recebeu a coroa das mãos da filipina Catriona Gray, Miss Universo 2018. Em segundo e terceiro lugares ficaram, respectivamente, as misses Porto Rico, Madison Anderson, e México, Sofía Aragón. Completaram o top 5 as representantes da Colômbia, Gabriela Tafur Nader, e Tailândia, Paweensuda Drouin. No grupo de dez semifinalistas ficaram ainda as misses Estados Unidos, Peru, Islândia, França e Indonésia.

Favorita disparada entre fãs e especialistas de concursos, a mineira Júlia Horta foi eliminada da competição. Após entrar no grupo de 20 semifinalistas, ela não fez o segundo corte.

– Como Miss Brasil e como mulher eu preciso lutar pelos direitos humanos. Quero que minha voz seja ouvida contra a agressão. Graças às famílias do passado, hoje eu tenho vários direitos e quero continuar a lutar por essa geração e pelas próximas – disse Horta ao ser chamada na primeira classificação.

No Brasil, a transmissão ficou por conta da Band TV (com atraso) apresentado por Renata Fan, Miss Brasil 1999. Além disso, também havia opções na TV paga e na internet.

O show de 2019 ficou por conta da cantora Ally Brooke, ex integrante do grupo Fifth Harmony. As 90 misses entraram ao mesmo tempo no palco para recepcionar o humorista americano Steve Harvey, que pela quinta vez consecutiva apresentou o show da final.

Logo em seguida, foi anunciado o Top 20, o time das 20 misses semifinalistas da edição. Esse primeiro corte foi formado por quatro grupos de cinco moças cada. É a segunda vez seguida que o concurso realiza esse corte setorizado por continentes.

O primeiro foi de beldades da África, Ásia e Oceania, o segundo de representantes da Europa, o terceiro das Américas, e o quarto trouxe as escolhidas não especificadas por região.

Depois, cada uma das escolhidas teve sua vez para falar durante 15 segundos ao microfone. Após o anúncio do Top 10, aconteceu o desfile de biquíni, a primeira entrada de Catriona Gray e o desfile em traje de gala. O roteiro ainda contou com as perguntas finais, a despedida de Gray, e os anúncios das colocações.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual