Conecte-se Conosco

CAMETÁ

Mulher flagra marido no banheiro com Dj em famoso bar de Cametá

Publicado

em

Fonte/Foto: Folha de Cametá

Um caso de ciúme, traição e briga de casal causou a destruição de mais uma família tradicional cametaense, o caso ocorreu em um pub muito conhecido na cidade de Cametá, um bar frequentado pela elite cametaense.

Na noite desta quinta-feira (14) um grupo de casais muito conhecido da cidade de Cametá foram ao pub se divertir, no melhor da festa o marido de uma grande comerciante da cidade foi flagrado enamorando um famoso DJ de Cametá, diante de tapas e ponta pés a festa acabou para o grupo de casais, algumas pessoas presenciaram o fato.

Uma mulher entrou em contato com o Folha e disse que a história é real, ela alega que presenciou o fato, em breve irá expor o nome do comerciante, a mesma pediu para que os nomes fossem resguardados, isso devido que o casal possui filhos e seria uma grande vergonha para eles, por uma questão de ética o Folha não publicará o nome das pessoas envolvidas.

O caso poderá ir para o Fórum de Cametá, a mulher informou que a esposa pedirá a separação. Mas segundo comentários que circulam nos bastidores da fofoca, ela desconfiava do caso, mas não havia provas.

Imagine ilustrativa

Uma mulher afirmou ao Folha por whatsapp que possui o vídeo da entrada dos dois no banheiro do Bar, diz ainda que possui um áudio gravado por uma amiga da mulher do DJ cametaense que afirmou que seu marido já teria um caso com o comerciante desde o ano passado.

O comerciante entrou em contato com o Folha de Cametá dizendo que a história é fantasiosa, e que a mulher apenas viu os dois conversando, e que o rapaz é apenas um amigo da família.

“Ela quer se separar, quer inventar qualquer coisa para denigrir minha imagem, uma forma de coação”.

CAMETÁ

Moradores de Limoeiro do Ajuru reclamam do abandono

Publicado

em

Fonte/Foto: Folha de Cametá

Os moradores da vila Pinto, na cidade de Limoeiro do Ajuru, reclamam do abandono.

A vila era ligada por uma ponte de madeira que foi destruída para a construção de uma nova ponte de concreto, a Prefeitura Municipal de Limoeiro do Ajuru começou a obra a cerca de um ano, mas devido problemas com a empresa que estava realizando a obra, o trabalho parou.

A placa informativa da obra, mostra o recurso para viabilização da elevação da ponte, através de verba federal, que foi destinado a prefeitura via Ministério da Integração Nacional, em um valor estimado de quase 1 milhão de reais.

Com a obra parada, os moradores reclamam da falta de mobilidade e perigo de acidentes, segundo eles, dezenas de acidentes foram contabilizado só esse ano, um deles levou uma senhora idosa a se tornar cadeirante, devido ela ter caído da ponte que esta em péssima condições.

“Estamos praticamente isolados, o prefeito nos abandonou”, afirmou o Sr. Benedito Pinto, um dos moradores mais antigo da vila.

A prefeitura municipal de Limoeiro alega que está preocupada com o fato, e busca solucionar o problema mais rápido possível.

A revolta é grande por parte dos moradores contra o prefeito e vereadores do município. Há três anos não aparecem nem vereadores e nem o prefeito na vila Pinto, vila esta que possui centenas de eleitores, diz um morador revoltado com o prefeito Carlinhos do PT. Segundo a Dona Izabel, as crianças não tem mas liberdade de brincar na vila, isso devido as inúmeras madeiras podres e buracos na ponte que liga a vila Pinto a cidade de Limoeiro.

Começaram a fazer a obra da ponte de concreto, mas a obra parou, a empresa foi embora, e o prefeito nos deixou quase isolado, a coleta de lixo é um grande problema aqui, sem falar da constante falta de água, relata Aderval Pinheiro, um comerciante da vila. Em nota a prefeitura de Limoeiro do Ajuru, preocupada com a situação esclareceu dizendo que a Obra da Ponte em Concreto da Vila Pinto, sofreu paralisação em virtude do não cumprimento de algumas etapas da construção da ponte, pela empresa contratada, o que inviabilizou o processo de conclusão desta primeira fase da obra.

A assessoria de comunicação da prefeitura ressalta ainda que o processo vem sendo gerido dentro da legalidade, com o objetivo de garantir a conclusão da obra. Em nota a prefeitura diz também que esta tomando todas as medidas cabíveis para que o trabalho da ponte da vila Pinto possa ser retomado e, se necessário, a realização de um novo processo licitatório mediante a rescisão com a empresa contratada. A prefeitura deverá definir um novo prazo de conclusão dos serviços restantes, haja vista o período de inverno que se aproxima e a extensão da obra.

Folha de Limoeiro do Ajuru

Continue lendo

CAMETÁ

Operação da Polícia Civil prende acusado por tráfico e associação para o tráfico de drogas em cametá

Publicado

em

Fonte/Foto: Por Luiz Claudio Oliveira ASCOM PCPA

Polícia Civil do Pará deflagrou, nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (27), a “Operação Krenak”, para dar cumprimento em 28 mandados judiciais de busca e apreensão, relacionados aos crimes de tráfico e associação para o tráfico. No total 23 mandados foram cumpridos na sede do município e 5 mandados foram cumpridos na vila do Carmo. Na operação foram presos Benedito Wellington Carvalho de Alfaia; Sueli Caldas Henriques, além da apreensão de um adolescente. A ação foi realizada no município de Cametá nordeste paraense.

A operação foi coordenada pela Diretoria de Polícia do Interior (DPI). As investigações foram realizadas pela equipe da Polícia civil em Cametá, e contou com apoio do Núcleo de Inteligência Policial (NIP).

Participaram da operação policiais civis vinculados às Superintendências de Abaetetuba, Marabá, Paragominas, Tucuruí, NIP, Núcleo de Inteligência Policial e Núcleo de Apoio a Investigação (NAIs) de Abaetetuba e Castanhal.

Na operação foram apreendidos ainda, 34 porções individualizadas de oxi de cocaína, 2 pedaços de maconha, 03 pedras de oxi , 23 porções individualizadas de maconha, 6 munições de calibre .38; 450 reais, em notas miúdas.

Continue lendo

CAMETÁ

HOSPITAL DE CAMETÁ GANHA ESPAÇO PEDIÁTRICO DIGNO

Publicado

em

Fonte/Fotos: Folha de Cameta

O Hospital Regional de Cametá ganhou um espaço pediátrico todo revitalizado e digno para as crianças que necessitam de atendimento no hospital.

O próximo passo deverá ser o espaço da clinica médica e cirúrgica. O espaço da maternidade e emergência também precisa imediatamente de reforma e revitalização.

O Hospital Regional de Cametá atende toda a região do Baixo Tocantins e em breve deverá esta recebendo um espaço para realização de homodialise, esse atendimento prometido pelo governador Hélder Barbalho, a sala de homodialise deverá desafogar Belém, fazendo com que os renais crônicos do Baixo Tocantins façam seus tratamentos mais próximo de sua residência.

Outra necessidade emergencial na região Tocantina seria a construção de uma sala de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), luta de vários vereadores cametaense; Duca Alvin, Ivan Tavares, Dr. Dionei, Dr. João Batista, Juniel e Cleidinho Teles e do diretor do Hospital Regional Vitor Cassiano.

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital