Conecte-se Conosco

Sem categoria

Navio lusitano naufragado há 400 anos é encontrado na foz do Tejo

Publicado

em

Esta seria a maior descoberta da arqueologia portuguesa

 Restos da embarcação e objetos localizados nas proximidades, segundo especialistas, estavam muito bem preservados – Crédito: REUTERS/PREFEITURA DE CASCAIS

A equipe de arqueólogos acredita que o navio estava voltando da Índia quando afundou, entre 1575 e 1625. Essa época é considerada o auge do comércio de especiarias de Portugal com a Ásia. A descoberta foi feita como parte de um projeto arqueológico de 10 anos apoiado pela cidade de Cascais, pelo governo local, pela marinha portuguesa e pela Universidade Nova, em Lisboa.

Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, à CNN e à agência de notícias Reuters, o diretor do projeto, Jorge Freire, observou que trata-se de algo muito importante. Encontrado a 12 metros abaixo da superfície, o navio estava muito bem preservado e os objetos encontrados, segundo o pesquisador “são de grande valor patrimonial”.

– O reconhecimento da comunidade científica de que esta é a descoberta da década, do século, em termos de arqueologia marinha – reforçou o prefeito de Cascais, Carlos Carreiras, em entrevista à CNN.

Com informações da BBC.

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual