Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

Netflix quer lançar plano mobile mais barato em outros mercados

Fonte: Unsplash)

Publicado

em

O plano de assinatura mais barato da Netflix disponibilizado na Índia desde o segundo semestre de 2019, que permite acesso à plataforma exclusivamente por meio de dispositivos móveis, pode ser lançado em outros países, de acordo com o The Hollywood Reporter.PUBLICIDADE

Segundo a publicação, o CEO do serviço de streaming Reed Hastings afirmou, durante participação em uma conferência na capital indiana, que pretende expandir a opção de assinatura mais barata para outros mercados nos quais haja condições semelhantes às do país asiático, sem no entanto revelar quais seriam estas regiões.

Lançado em julho passado na Índia, o plano para acessar Netflix em celulares e tablets custa o equivalente a US$ 2,99 mensais (R$ 12,21 em conversão direta, pela cotação atual), surgindo como a quarta opção de assinatura do serviço por lá — o pacote premium mais caro sai por US$ 11,50 ao mês.

Alguns meses depois, a plataforma lançou um plano semelhante na Malásia, cobrando uma taxa de US$ 4 por mês (pouco mais de R$ 16) para liberar o acesso ao catálogo de filmes e séries em dispositivos móveis.

Plano anual oferece 50% de desconto

Em outra estratégia para conquistar mais assinantes na Índia a gigante do streaming começou a testar, em dezembro passado, novos planos de assinatura com desconto para quem optar por contratos mais longos.

O plano trimestral tem abatimento de 20% em relação ao valor pago mensalmente, enquanto o semestral custa 30% mais barato. Já aqueles que selecionam o plano anual contam com 50% de desconto. A novidade contempla todos os planos disponíveis no país, inclusive o mobile.

Com a medida, a Netflix tenta brigar em pé de igual com as concorrentes no mercado indiano. De acordo com o The Hollywood Reporter, as plataformas Amazon Prime Video e Hotstar têm planos anuais por lá custando a partir de US$ 14,50.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital