Conecte-se Conosco

Sem categoria

Novo cangaço invade agência do BB em Canaã dos Carajás

Ãgência do Banco do Brasil foi destruída pelos meliantes

Publicado

em

 Além da agência bancária, eles também invadiram a sede de uma cooperativa de crédito vizinha ao banco

Depois das cenas de terror registradas em Ulinópolis,na sexta-feira passada (30 de novembro), tudo indica que o novo cangaço, que tem agido com bastante intensidade em outras regiões brasileiras,  voltou a agir em território do Pará, empregando o mesmo modus operandi numa ação semelhante  em Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará: cerca de quinze homens armados invadiram a agência do Banco do Brasil local,  na madrugada desta segunda-feira (3). Eles também invadiram a sede de uma cooperativa de crédito vizinha ao banco. Vários clientes foram feitos refém durante a ação e, para atrapalhar o trabalho da Polícia Militar, um carro foi queimado em frente ao quartel da corporação. Nenhum militar ficou ferido e a PM ainda não sabe informar a quantia levada pela quadrilha.

Os criminosos usaram explosivos para chegar no interior das agências e fizeram reféns durante o assalto.

Após o assalto, eles fugiram por uma estrada vicinal até Xinguara. A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará deslocou tropas especiais para tentar resolver o problema.

Buscas em Ulianópolis

Equipes das Polícias Civil e Militar continuam  em Ulianópolis, sudeste do Pará, fazendo buscas pela quadrilha que assaltou uma agência do Banco do Brasil, na noite de sexta-feira (30). A ocorrência começou por volta de 21h e durou pouco mais de uma hora. .

Na fuga, os bandidos foram em direção à saída da cidade, que estava bloqueada pela PM, tanto no sentido da BR-010, quanto no sentido de Dom Eliseu.

Devido a barreira, a quadrilha ficou rodando por dentro da cidade, até seguir em direção à zona rural de Ulianópolis, por  uma estrada vicinal, onde as buscas são realizadas desde a noite de sexta.

Foram enviados para o município policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB) da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), militares do Comando de Policiamento Regional e do Comando de Operações Especiais (COE), para reforçar as buscas.

Ação criminosa

Um grupo de assaltantes invadiu a cidade efetuando disparos, em pelo menos dois veículos. Eles seguiram até o banco, pegaram moradores como reféns e os usaram como “escudo humano” perto da agência. Os criminosos usaram explosivos para detonar dois terminais de autoatendimento e um cofre.

Os bandidos liberaram os reféns antes de fugir. Não há registro de feridos. Ainda não se sabe quantos homens participaram da ação, nem qual valor foi roubado do banco.

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual