Conecte-se Conosco

Sem categoria

Nutricionistas promovem alimentação saudável nas escolas de Belém

Publicado

em

 

Por Karla Pereira/ Comus

Contribuir com a alimentação saudável é garantir benefícios para quem a promove e para quem a recebe. Agora, imagina fazer isso para mais de 70 mil alunos matriculados na rede municipal de ensino de Belém? A tarefa não é simples e vem sendo desempenhada com louvor pelo grupo de nutricionistas da Prefeitura de Belém, por meio da Fundação Municipal de Assistência ao Estudante (FMAE), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Educação (Semec).

Nesta sexta-feira, 31, é comemorado o dia destes profissionais, os nutricionistas, que se dedicam não apenas a escolher os alimentos que devem chegar à merenda escolar, mas também a dar as orientações devidas para as merendeiras, que manuseiam, armazenam e preparam as refeições. Afinal, a alimentação adequada e saudável é uma das premissas da gestão municipal.

É por meio deste trabalho de qualidade dos nutricionistas da FMAE, que a Prefeitura de Belém proporciona aos alunos das escolas públicas municipais projetos como o “Educando com a Horta Escolar e a Gastronomia” e cardápios diversificados, com alimentos selecionados, ricos em proteínas e vários outros nutrientes.

Na Escola Municipal de Ensino Fundamental Manuela Freitas, no bairro de São Brás, os 763 alunos matriculados não fogem à regra: investir na educação gera benefícios dentro e fora da sala de aula. “O lanche é muito bom, é saboroso, vem tão bem servido que tira até a vontade de comprar besteiras no intervalo”, revelou o aluno do 9º ano, Jean Silva, de 17 anos. O jovem disse ainda que é um privilégio contar com uma alimentação saudável como esta na rede municipal. “As nossas escolas são referências para muitas, até particulares, porque eles (gestores) se preocupam em proporcionar a merenda saudável”, disse.

A diretora da escola, Flaviana Silva, explicou que os alunos não têm o hábito de se alimentar com verduras e legumes e a escola cultiva isso, contribuindo diretamente para a mudança de hábitos. “A gente comprova até por meio das filas que eles fazem na hora do recreio para receberem o lanche, ou quando entram na escola perguntando qual a merenda do dia. Não é unanimidade, mas eles já estão se adaptando a comer tudo o que é servido, e isso já é uma grande conquista”, afirmou.

Ainda na avaliação de Flaviana, “quando os alunos se alimentam de forma saudável, contribuímos para a qualidade de vida deles, além do que, isso também se reflete no aprendizado, porque o aluno passa a ter mais disposição e concentração nas aulas”, completou a diretora.

Importância – Desde 2013 a equipe de nutricionistas da FMAE intensificou os esforços e a alimentação oferecida aos alunos da rede municipal já superou a média de necessidades nutricionais recomendadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). São eles também que ajudam na execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), em todas as etapas.

Carmen Brandão, nutricionista da FMAE, explica as atribuições dos oito profissionais que integram a fundação. “Para garantir a qualidade da alimentação, as escolas recebem os produtos que oriundos da agricultura familiar e livres de agrotóxicos. E nós testamos receitas, supervisionamos a alimentação, verificamos as quantidades e orientamos as compras e a preparação destes gêneros alimentícios, além do que estes produtos vêm de cooperativas da agricultura familiar e nós visitamos os agricultores e orientamos sobre a produção. Interagimos também com o Conselho de Alimentação Escolar e realizamos ainda palestras educativas e treinamento das merendeiras”, contou.

Premiações – Foi por meio de teste empenho dedicado à alimentação saudável nas escolas que o município de Belém ganhou o prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar, recebido pela Prefeitura de Belém em 2013, e concedido pela organização não governamental (ONG) Ação Fome Zero e em 2016 recebeu da Fundação Abrinq os selos “Reconhecimento Pleno” e “Boas Práticas”, oriundos dos projetos “Educando com a Horta Escolar e Gastronomia” e “Café da Manhã nas Escolas”.

As contribuições que os nutricionistas da FMAE dão às ações da Prefeitura de Belém são vistas com entusiasmo por Carmen: “A gente para e pensa: meu Deus, neste momento 71 mil alunos estão se alimentando. Olha a responsabilidade dessa máquina! É uma engrenagem que funciona quando a gente cuida desses cardápios”.

Nesta sexta, 31, a partir das 19h, será realizado o Encontro de Entidades de Nutrição e nele serão destacados nutricionista por área de atuação. Na alimentação escolar, a Carmen Brandão foi selecionada. “Esse é o reflexo do trabalho dessa equipe de nutricionistas da FMAE, essa é a nossa satisfação”.

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual