Conecte-se Conosco

Sem categoria

Obra eleitoreira

Publicado

em

A NOTÍCIA

Nesta quinta-feira (20), a população de Belém vai ganhar mais uma via alternativa na região retroportuária da cidade, no Bairro do Reduto. É a Rua Belém, que faz parte do Projeto Belém Porto Futuro, obra que está acontecendo naquela área e vai da Avenida Visconde de Souza Franco até a Praça Waldemar Henrique. A via será liberada pela Prefeitura de Belém, após vistoria do ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, que estará na cidade acompanhado da equipe técnica do ministério, a partir das 16h.

Além da Rua Belém, também já está concluída a construção da ponte do Canal da Doca,  uma área de estacionamento e a reforma da Praça General Magalhães.

 O comentário

Zé Carlos do PV*

 

O Ministro da Integração Nacional fez uma vistória e liberou uma viela no projeto “Belém Porto Futuro”, as vésperas do pleito eleitoral para ajudar a campanha de Helder Barbalho.

O projeto só ficará pronto depois de 2019, após as eleições, se o próximo presidente da república e o próximo Ministério mantiverem o repasse financeiro da obra. Por isso a pressa em liberar um nesga da obra para ter algum efeito eleitoral.

Este tipo de política, que inaugura obra pela metade as vésperas de uma eleição para ajudar o candidato apoiado com o uso da máquina pública, não é a mais correta por qualquer dos ângulos que se possa analisar.

Duciomar Costa (PTB) inaugurou uma parte da orla do rio Guamá, o Portal da Amazônia. A obra, depois das eleições, parou e o prefeito eleito não quis ou não teve forças para conseguir que o Governo Federal, no lugar de fazer mais um pedaço de obra, liberasse recursos para prosseguir na Orla já iniciada.

Com sua ajuda e com seu voto serei deputado federal do Pará e fiscalizarei esse tipo de intervenção política do governo federal que sempre nos deixa sequelas.

O Governo Federal controla 70% do território do Pará. Nos impõe exportar nossos produtos sem nos compensar. Nos impõe a pior e mais cara taxa de energia elétrica. Nos impõe a Lei Kandir. Se não bastasse, usa a máquina pública para tentar nos impor seu candidato ao Governo do Pará.

Chega!!!

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual