Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

Os 5 melhores celulares da ASUS para você comprar no Brasil

Publicado

em

ASUS

Quer trocar de celular da ASUS e não sabe qual escolher? Essa é uma dúvida muito comum entre o público brasileiro, já que a fabricante taiwanesa apresenta certa diversidade em seus dispositivos, que vão desde o segmento de entrada até o top de linha. Outro aspecto muito presente nos smartphones da marca é o fato de haver alguns modelos com especificações muito semelhantes.

Porém, esses pequenos detalhes devem ser observados com atenção, já que podem fazer muita diferença no bolso conforme o perfil de usuário. De olho nessa necessidade, criamos esta lista com os 5 melhores celulares da ASUS para você comprar com mais economia. Confira!

Câmeras flexíveis: ASUS Zenfone Max Shot

Com um display de 6,2 polegadas FHD+, este celular promete inicialmente boa visualização de conteúdo de vários formatos. Também conta com um trio de câmeras traseiras que fornecem um pouco mais de flexibilidade na hora de fazer capturas com mais riqueza de detalhes, profundidade e angulação de até 120°.

Seu desempenho com o processador Qualcomm SiP 1, mais conhecido como “chipão”, combinado com variações razoáveis de RAM garante uma navegação suave para multitarefa no dia a dia. O smartphone ainda vem de fábrica com Android puro e, assim, é ideal para quem não gosta de muitos apps pré-instalados.

O fato de ter gaveta tripla para armazenar dois chips e um microSD é outro conforto do Zenfone Max Shot.

Custo-benefício: ASUS Zenfone 5

Com design exatamente igual ao do irmão top de linha, Zenfone 5Z, o Zenfone 5 é aquele celular para quem busca um modelo premium, mas não pode arcar com o preço de um top de linha. Esse último dispositivo inclusive possui especificações quase idênticas ao parente mais caro, com exceção do processador.

Aqui ele ganhou Snapdragon 636, que também é capaz de executar bem multitarefas e basicamente todo o tipo de app. No caso de games, ele irá rodar até mesmo aqueles de gráficos mais avançados com certa precisão.

Cabe ainda destacar que essa linha apresenta algumas otimizações de IA, que aprende vários padrões de uso, contribuindo para uma experiência mais personalizada. No caso, isso se estende para bateria, grupo de câmeras e para outras funcionalidades.

Então, o Zenfone irá fornecer a maioria dos aspectos — principalmente desempenho, display e câmeras — com competência e qualidade por ótimo custo-benefício.

Intermediário barato: ASUS Zenfone Max Plus (M2)

O Zenfone Max Plus (M2) tem especificações muito similares às encontradas no parente Max Shot, porém com algumas mudanças que o tornam mais barato. A diferença principal entre ambos está no conjunto traseiro de câmeras, que neste caso é um pouco mais modesto com 12 MP e 5 MP, mas que mesmo assim entrega imagens de boa qualidade.

Ele ainda pode ser considerado um dos melhores celulares para quem busca um aparelho para as principais atividades do dia a dia com comodidade — até suporta jogos com gráficos médios. O modelo também é indicado se você possui duas linhas móveis e prefere ter mais espaço de armazenamento, pois exibe slot triplo.

Robusto, porém acessível: ASUS Zenfone 5Z

Tem perfil exigente, mas não pode pagar muito por um top de linha? Então o ASUS Zenfone 5Z pode ser um bom candidato. Mesmo em 2018, ele apresenta configurações potentes dentro de sua faixa de preço. As variantes quanto à memória RAM e espaço de armazenamento disponíveis no mercado também podem facilitar muito essa escolha — e caber mais no bolso. Embora sua bateria não seja a de maior capacidade hoje, tem a vantagem de oferecer carregamento completo em apenas 1 hora.

O som aqui também é melhor do que o encontrado em muitos celulares, devido a seus alto-falantes estéreo e fones de ouvido de ótima qualidade. Já o conjunto de câmeras do Zenfone 5Z entregam o que se espera de um top de linha: alta nitidez, cores intensas, profundidade, boa luminosidade e baixa distorção.

Econômico para o dia a dia: ASUS Zenfone Max (M2)

O Zenfone Max (M2) pode ser considerado um celular barato da ASUS com especificações médias, portanto não é tão básico quanto um aparelho de entrada nem avançado como um premium. De modo resumido, é aquele smartphone econômico para atender perfeitamente as principais tarefas cotidianas: navegar na internet, fazer/receber chamadas, acessar redes socias e assistir vídeos.

Tudo isso é possível devido especialmente à sua memória RAM de 3 GB, ou seja, capacidade melhor do que de muitos aparelhos de entrada com só 2 GB. Outro ponto importante aqui é a sua bateria com capacidade melhor do que de muitos tops de linha encontrados por aí.

O modelo também possui tela de 5,5 polegadas e peso leve, tornando-o um dispositivo bastante compacto e confortável nas mãos. Vale ainda lembrar que ele está na lista da fabricante para receber as atualizações do Android 9.

Continue lendo
Clique para comentar

TECNOLOGIA

Mi Note 10 chega ao Brasil numa parceria da Xiaomi com a Vivo; saiba preço

Publicado

em

Mi Note 10: cinco sensores na traseira do smartphone — Foto: Divulgação/Xiaomi Fonte: techtudo

Smartphone da Xiaomi tem câmera com sensor de 108 MP e processador Snapdragon 730G.

Mais um reforço para o portfólio da Xiaomi no Brasil: a empresa anuncia a chegada oficial do Mi Note 10, celular que se destaca pelo conjunto de câmeras com sensor de até 108 MP – criado em parceria com a Samsung. O smartphone chega ao mercado doméstico em 18 de dezembro, quando passa a ser vendido em parceria com a Vivo pelo preço sugerido de R$ 4.499 no plano Vivo Família 60 GB, cuja mensalidade custa mais R$ 320. Há aparelhos nas cores preto, branco e verde.

Para início de conversa, é importante dizer que o Mi Note 10 não faz frente a outros smartphones da classe mais elevada, como Galaxy Note 10 e OnePlus 7 Pro, uma vez que fica devendo um processador de altíssimo desempenho. Marca presença o Snapdragon 730G (Qualcomm), o que faria do modelo um intermediário.

A tela OLED de 6,47 polegadas traz recorte para alojar a câmera de selfies (32 MP) e também leitor integrado de impressões digitais.

São cinco câmeras na parte traseira:

  • Grande angular de 108 MP (f/1.69)
  • Ultra wide de 20 MP (f/2.2)
  • Teleobjetiva 2x de 12 MP (f/2.0)
  • Teleobjetiva 5x de 5 MP (f/2.0)
  • Macro de 2 MP
Diferentes lentes do Mi Note 10 criam a impressão de que o trem está se movendo em direção à modelo — Foto: Divulgação/Xiaomi
Diferentes lentes do Mi Note 10 criam a impressão de que o trem está se movendo em direção à modelo — Foto: Divulgação/Xiaomi

A ficha técnica fica completa com a memória RAM de 6 GB e o armazenamento de 128 GB. Também menciona bateria de 5.260 mAh com recarga rápida e carregador de 30W, porta USB-C e saída analógica de áudio (no padrão P2).

Assim como em outros lançamentos deste ano, o equipamento é vendido na China com outro nome: Mi CC9 Pro.

Vale lembrar que a Xiaomi se tornou o principal alvo de contrabandistas, que oferecem aparelhos da marca em sites de compra/venda. São equipamentos sem nota fiscal, sem garantia e sem a certeza de que funcionam no 4G de 700 MHz. Por isso mesmo, são mais baratos.

Continue lendo

TECNOLOGIA

Saiba quais sistemas operacionais serão abandonados pelo WhatsApp

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Reuters

O WhatsApp revelou em sua página de apoio ao cliente que o app de mensagens deixará de funcionar em alguns sistemas operacionais neste início de 2020.

Quem (ainda) tenha um dispositivo com Windows Phone deixará de conseguir encontrar o WhatsApp a partir de 31 de dezembro em todas as versões do sistema operacional. Quanto a outros sistemas, segundo o Mirror, o WhatsApp deixará de ser suportado no Android 2.3.7 e iOS 8 (e versões anteriores) a partir do dia 31 de janeiro.

A decisão do WhatsApp em abandonar determinadas versões de sistemas operacionais está relacionada com a taxa de utilização dos mesmos, com a empresa preferindo concentrar recursos nas versões mais utilizadas.

Continue lendo

TECNOLOGIA

BMW e Hyundai foram alvo de ataque e tentativa de invasão

Os responsáveis foram identificados como pertencentes ao grupo vietnamita OceanLotus

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Notícias ao Minuto

A BMW e a Hyundai foram alvo de um ataque de hackers pertencentes ao grupo vienamita OceanLotus com o objetivo de tentar reunir dados e informações comerciais. Ao que tudo indica teria sido apenas isso mesmo, uma tentativa e não passou disso.

Nem a Hyundai nem a BMW comentaram o caso específico, onde apenas indicaram que estão equipadas de “estruturas e processos” para limitar o acesso exterior. Um especialista em segurança (anônimo) teria apontado que não houve roubo de dados sensíveis no caso da fabricante alemã, informou o Engadget.

Segundo o Engadget, este ataque aconteceu em uma ocasião em que o Vietnã se encontra colaborando com a BMW como fornecedora, com muitos a apontarem que o grupo OceanLotus teria agido com apoio do governo do país de modo a deixar de depender da colaboração com a empresa e acelerar o lançamento da sua própria fabricante.

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital