Conecte-se Conosco

ESPORTES

Palmeiras desperdiça mais um pênalti e só empata com o América-MG na estreia de Felipão

Foto: Gazeta Press

Publicado

em

Na reestreia do técnico Luiz Felipe Scolari, o Palmeiras não passou de um empate por 0 a 0 com o América-MG, neste domingo, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Independência, em Belo Horizonte.

O resultado poderia ter sido diferente se Jean tivesse aproveitado cobrança de pênalti aos 26 minutos do primeiro tempo. No entanto, o volante palmeirense bateu mal e facilitou a defesa para o bom goleiro João Ricardo.

Foi a 2ª penalidade seguida desperdiçada pelos palestrinos. Na última quinta, Bruno Henrique chutou no travessão durante o 0 a 0 com o Bahia, pela Copa do Brasil.

Felipão, aliás, escalou um time quase totalmente reserva, já pensando no jogo de quinta-feira, pela Libertadores. Apenas Moisés iniciou a partida, e Bruno Henrique, Deyverson e Gustavo Scarpa entraram no decorrer do duelo.

Com o resultado o Verdão vai a 27 pontos e segue empacado em 6º lugar na tabela. O Coelho, por sua vez, vai a 21 e está em 10º.

Na próxima rodada do Brasileiro, o América viaja para encarar o Bahia, sábado, às 19h (de Brasília), na Fonte Nova. No dia seguinte, também às 19h, o Palmeiras recebe o Vasco, no Allianz Parque.

Antes, porém, o Verdão encara o Cerro Porteño-PAR, na quinta-feira, às 21h45, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores.

O JOGO

A partida começou um pouco travada, mas com clara superioridade palmeirense. A primeira chance real de gol, porém, demorou um pouco a sair.

Só aos 15 minutos, em jogada entre Borja e Lucas Lima, a bola ficou pipocando na área americana e o Verdão chegou a finalizar três vezes, mas não conseguiu vazar a meta de João Ricardo.

O time da casa respondeu aos 20, em um ótimo lançamento curto de Giovanni para Gérson Magrão, que chegou enchendo o pé. Weverton, porém, saiu de maneia muito arrojada e defendeu com a barriga.

Mas a equipe visitante era melhor, e teve grande chance aos 23: em boa troca de passes, Moisés invadiu a área e levou um chute na canela de Matheus Ferraz. Pênalti claro apitado pelo juiz.

Na cobrança, contudo, Jean bateu fraquinho, e João Ricardo caiu no canto esquerdo para defender.

E para piorar para o Verdão, quase o Coelho abre o placar aos 29, depois que Ruy soltou uma bomba de fora da área e obrigou Weverton e fazer boa intervenção em seu canto direito.

Os 15 minutos finais voltaram a ser mais travados, e os times foram mesmo com 0 a 0 para o intervalo.

No retorno do vestiário, chamou logo a atenção o fato do goleiro João Ricardo estar passando muito mal, pedindo até para o árbitro paralisar o jogo para que ele pudesse vomitar. No entanto, ele seguiu normalmente na partida.

A primeira grande oportunidade da segunda etapa foi americana: aos 10, Ruy aproveitou sobra de bola na entrada da área e deu um lindo chute colocado, que explodiu na forquilha de Weverton.

O Palmeiras só conseguiu responder aos 17, quando Borja fez o pivô e serviu Lucas Lima na meia-lua. O meio-campista puxou para a esquerda e bateu firme, mas João Ricardo agarrou sem problemas.

Com os dois treinadores arriscando pouco, o duelo ficou monótono, sem grandes oportunidades de gol.

Só aos 33, em uma jogada de Hyoran pela esquerda, os torcedores se animaram. Ele pedalou e passou por Messias, mas seu cruzamento rasteiro foi interceptado por João Ricardo antes de chegar em Deyverson.

E sem mais grandes chances, o jogo acabou mesmo em 0 a 0.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 0 x 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG
Data: 5 de agosto de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires
Cartões amarelos: Aderlan (AMG); Thiago Santos e Luan (PAL)

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Leandro Donizete, Wesley (Rafael Moura), Gérson Magrão e Ruy; Giovanni (David) e Marquinhos (Matheusinho) Técnico: Adílson Batista

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Luan, Thiago Martins e Victor Luís; Thiago Santos, Jean, Moisés (Bruno Henrique), Lucas Lima e Hyoran (Gustavo Scarpa); Borja (Deyverson) Técnico: Luiz Felipe Scolari

Fonte:Espn

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual