Conecte-se Conosco

CIDADE

Papão busca recuperação na estreia do técnico Brigatti

Publicado

em

Sem vencer há sete jogos, o time bicolor figura na zona de rebaixamento e apostou no ex-treinador da Ponte Preta

 

O Paysandu jogou todas as suas fichas em João Brigatti para se salvar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. E a estreia do treinador será nesta sexta-feira, contra o Avaí, às 18 horas, no Estádio da Curuzu, pela 26ª rodada.

A missão de Brigatti não será nada fácil. O Papão amarga um jejum de sete jogos – cinco derrotas e dois empates – e aparece na zona de rebaixamento, em 18º lugar, com 26 pontos. No outro extremo da tabela, o Avaí está na quarta colocação, com 42, e precisa da vitória para não correr o risco de deixar o G4.

JÁ VAI ESTREAR
Sem muito tempo para trabalhar, o técnico João Brigatti chegou no Paysandu e já se viu obrigado a mexer no time que vinha sendo titular com Ailton Costa. O treinador perdeu Diego Ivo pelo terceiro cartão amarelo e Matheus Silva, expulso na derrota por 1 a 0 diante do São Bento.

Contra o Avaí, o treinador deve promover a entrada de Edmar ao lado de Perema na defesa, enquanto Maicon Silva tem tudo para ganhar a posição pelo lado direito. Diego Matos segue na esquerda e fecha o sistema defensivo do Papão.

“A partir de agora a responsabilidade é toda minha com o time. Não tem receita e nem milagre. O que tem é trabalho. Eu conheço o Avaí, vai ser uma partida extremamente difícil. Nós precisamos fazer uma equipe forte. Vamos tentar montar nesse pouco tempo que temos disponível uma equipe com muita saúde para a partida”, disse Brigatti.

O Avaí, do técnico Geninho, precisa da vitória para não correr o risco de sair do G4

O Avaí, do técnico Geninho, precisa da vitória para não correr o risco de sair do G4

NOVIDADES NO LEÃO
O Avaí embarcou rumo a Belém com novidades. Após cumprirem suspensão diante do CRB, o meia André Mortiz e o atacante Renato estão de volta ao time titular. Eles entram na vaga de Matheus Barbosa e Gabriel Lima, respectivamente.

Geninho, no entanto, ainda não terá força máxima, já que não poderá contar com: Rodrigão, Marquinhos e Jones Carioca, todos vetados pelo departamento médico. Eles ficaram em Florianópolis para dar prosseguimento ao tratamento.

“Nos últimos dez jogos, o bicho vai pegar. Precisamos sempre pontuar, independente se vamos jogar bem ou não. Daqui para frente vamos fazer partidas mais nervosas, com cada time indo em busca do seu objetivo. Temos que estar preparados para segurar qualquer situação”, afirmou o treinador.

Paysandu – Renan Rocha; Maicon Silva, Edmar, Perema e Diego;
Nando Carandina, Renato Augusto; Alan Calberg, Thomaz e Guilherne Santos; Hugo Almeida.  Técnico: João Brigatti.

Avaí- Aranha; Guga, Airton, Betão e Capa; Judson, Pedro Castro e André Mortiz; Renato, Beltrán e Romulo. Técnico: Geninho.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual