Conecte-se Conosco

Esportes

Paratleta da PMB disputará o Mundial Feminino de Basquete em Cadeira de Rodas

Publicado

em

Spread the love

Foi com dedicação, talento e vontade que a paratleta Lucicléia Costa, 37, conseguiu se transformar em referência no Pará na modalidade do basquete em cadeira de rodas. Cléia, como gosta de ser chamada, iniciou no esporte aos 16 anos, depois de um triste acontecimento. “Aos 13 anos tive câncer, com isso perdi as pernas, mas isso não me abalou, só me deu mais força, aumentou minha autoestima e me ensinou a viver”, conta.

A esportista, que já disputou grandes torneios dentro e fora do país, inclusive a última Paralimpíada do Rio, em 2016, foi convocada para Seleção Brasileira Feminina de Cadeira de Rodas, que vai disputar o mundial da modalidade a partir de 16 de agosto. Cléia embarca neste sábado, 4, para Hamburgo, na Alemanha. Perto de disputar o seu segundo campeonato mundial da carreira, ela está ansiosa. “Já participei de Parapan-Americanos, Paralímpiadas e mundiais, então é uma felicidade muito grande, é o sonho de todo o atleta”, conta empolgada.

Atleta da seleção brasileira feminina de basquete em cadeira de rodas há 15 anos, Cléia integra o time de basquete da Associação de Deficientes Físicos do Pará (ADFPA). A equipe, que treina no Ginásio Altino Pimenta, participa do Programa Esporte Sem Barreiras, desenvolvido pela Prefeitura de Belém por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel).

O Esporte Sem Barreiras foi criado em 2013 e atende cerca de 100 paratletas nas modalidades basquetebol em cadeira de rodas, futsal de surdos e futebol de cinco. O programa tem como objetivo o resgate social da pessoa com deficiência através do esporte. O apoio e incentivo da Prefeitura de Belém para os esportes olímpicos e paralímpicos é fundamental para todas as modalidades, explica a paratleta: “É muito importante a Prefeitura incentivar e agregar todo tipo de esporte, não só os esportes normais, mas o também os adaptados”.

Para aguentar a rotina desgastante, normal na vida de um atleta de alto rendimento, a paratleta conta com o apoio do marido e dos companheiros de equipe, que destacam o orgulho de treinar com a jogadora da seleção brasileira. “Fico muito orgulhoso de ver a trajetória dela hoje em dia. Ela vai para o mundial, ela vai representar a nossa cidade, o nosso município e nosso país no maior evento do nosso esporte”, afirma o paratleta José Ricardo da Silva, companheiro de equipe.

Cléia também compartilha do orgulho de representar Belém e o Brasil em uma grande competição. “Eu tenho um orgulho muito grande, é uma alegria que não sei nem explicar. É o amor pelo meu país e minha cidade”, conta.

Segundo Wilson Neto, titular da Sejel, a Prefeitura de Belém sempre busca incentivar todos os esportes e desenvolver os talentos que surgem na capital: “A Prefeitura de Belém busca fomentar e atingir o maior número de pessoas por meio do esporte, oferecendo atividades diversas e privilegiando a inclusão social. Quando a gente vê uma atleta que recebe apoio da Prefeitura de Belém se destacar em nível mundial, é um orgulho, pois Belém é um celeiro de atletas de ponta, basta identificar e desenvolver esse talento”.

Mundial – O Mundial Feminino de Basquete em Cadeira de Rodas será realizado entre os dias 16 e 25 de agosto, na cidade de Hamburgo, Alemanha.  Serão 12 seleções na disputa pelo título, o Brasil está no Grupo A, juntamente com Canadá, Espanha, Grã-Bretanha, Austrália e Holanda.

O basquete em cadeira de rodas começou a ser praticado em 1945. A modalidade é uma das poucas que esteve presente em todas as edições dos Jogos Paralímpicos. O esporte é praticado por cinco jogadores em quadra e que possuem alguma deficiência físico-motora. As regras se assemelham com a do basquete tradicional. (Por Victor Miranda/Agência Belém)

 

Continue lendo
Clique para comentar

Esportes

Presidente do Barcelona nega retorno de Neymar ao clube: ‘Não voltará

Publicado

em

Foto: Reprodução
Spread the love

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, parece ter colocado um ponto final da possibilidade de contratar Neymar. “Não voltará, nem está previsto que volte”, respondeu prontamente nesta segunda-feira o mandatário do clube catalão ao ser questionado sobre o brasileiro em entrevista para o programa El Matí da Catalunya Rádio.

O próprio Neymar usou as suas redes sociais neste fim de semana para desmentir os rumores sobre o seu possível retorno à Espanha. Em um vídeo, o atacante do Paris Saint-Germain mostrava imagens de capas de jornais com um “carimbo” de “fake news”.

Na última semana, o jornal catalão Mundo Deportivo disse que o astro estaria arrependido de sua transferência após o Paris Saint-Germain fracassar na última edição da Liga dos Campeões da Europa, caindo para o Real Madrid nas oitavas de final, e também por ter ficado fora da lista de 10 jogadores para o prêmio da Fifa de melhor do mundo. Além disso, ele também estaria incomodado por estar na sombra de Mbappé, que foi campeão mundial com a seleção francesa.

“Não houve qualquer chamada, reunião ou contato. Não gostamos que jogadores paguem suas cláusulas de rescisão”, reforçou Bartomeu, demonstrando que o clube não aceitou muito bem a forma como o brasileiro conduziu a negociação em 2017, simplesmente pagando a multa de 222 milhões de euros (R$ 821 milhões na cotação da época) e não abrindo espaço para uma contraproposta.

SEM REFORÇOS – O presidente do Barcelona também disse que não existem planos para contratações na abertura da janela de transferências, em janeiro. “Não estão previstas contratações. Montamos um elenco menor, já que contávamos com os jogadores do time B para cobrir baixas da equipe principal”.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue lendo

Esportes

César se esquiva de polêmica sobre Diego Alves: ‘A diretoria está vendo’

Publicado

em

Foto: Reprodução
Spread the love

César se tornou como um dos protagonistas de uma polêmica no Flamengo no último fim de semana. Afinal, foi na continuidade dele como titular que Dorival Júnior apostou, o que desagradou Diego Alves, que se recusou a ficar no banco diante do Paraná, na goleada por 4 a 0 do último domingo. Questionado sobre o assunto, o goleiro de 26 anos se esquivou.

“Como você perguntou, a diretoria está vendo. Não sei exatamente como foi. Não sei, meu foco é totalmente aqui, sou funcionário do clube, estou à disposição. O treinador tomou a decisão, me escolheu e fiz meu melhor. Seguirei fazendo assim. O Diego não me falou nada. Vim para o jogo, fui relacionado, joguei e foi isso que aconteceu”, declarou no desembarque da equipe.

Diego Alves se recuperou de lesão muscular e treinou normalmente na última semana. Dorival, no entanto, optou por dar continuidade a César, o que revoltou o jogador, que se recusou a viajar com a delegação. Agora, a tendência é que ele seja punido pela diretoria.

O episódio tirou a atenção da goleada sobre o lanterna do Brasileirão. Mas, no desembarque desta segunda-feira no Rio, os jogadores tentaram evitar polêmica. “É a posição de cada um, temos que respeitar. O clube vai resolver. Mas o Diego é um grande profissional, sempre tivemos um bom relacionamento”, comentou Cuéllar.

A opinião do colombiano foi compartilhada pelo meia Éverton Ribeiro. “A situação vai ser resolvida com o Dorival, a diretoria. Cada um tem seu pensamento. O Diego é um grande jogador, tem nosso respeito. Eles vão conversar entre eles, vamos ver o que acontece amanhã”, projetou.

Resta saber qual será o posicionamento de Dorival e da diretoria sobre o aproveitamento de Diego Alves. O Flamengo tem confronto importantíssimo diante do líder do Brasileirão, o Palmeiras, no próximo sábado, no Maracanã.

Fonte: Estadão Conteúdo

Continue lendo

Esportes

João Brigatti garante: “O Paysandu não está rebaixado”. Veja a classificação,

Publicado

em

Spread the love

Apesar da má fase na Série B, Treinador acredita que o Papão não merecia sair derrotado diante do Fortaleza e afirma que jogo com o Coritiba, na Curuzu, será de “vida ou morte” contra a queda

Paysandu joga bem contra o Fortaleza mas deixa escapar o empate no finalzinho

 O Paysandu perdeu para o Fortaleza por 1 a 0 na noite destesábado (20), diante de mais de 50 mil pessoas no Estádio Castelão., em Fortaleza, Ceará.  O técnico João Brigatti valorizou a atuação do Papão, que teve momentos de segurança na partida, criou oportunidades de gol, mas teve a rede balançada aos 48 minutos do segundo tempo, um balde de água fria pra quem luta contra o rebaixamento na Série B do Brasileiro.

– Viemos jogar sabendo da necessidade da vitória. Enfrentamos o Fortaleza de igual para igual, criamos muitas chances, principalmente, no primeiro tempo, mas no segundo tempo também. Infelizmente essa situação de momento é complicada. O Paysandu tem jogado bem, proposto o jogo, não é covarde, mas valente. Não estamos conseguindo reverter a situação em que estamos no campeonato.

– Estivemos bem postados. O Thomaz e o Marco Júnior se perderam em uma saída de bola, o Fortaleza pegou, fez o contra-ataque e saiu com a vitória. Após o gol ainda criamos oportunidades de empatar a partida, o que seria um resultado mais justo.

Apesar da situação de risco, o Paysandu tem criado chances de sair com a vitória nas últimas partidas, porém, esbarra nas finalizações errôneas dos jogadores. Brigatti pede mais tranquilidade ao elenco pelos gols que podem definir o resultado a favor do time paraense

– No aspecto moral estamos tentando, vamos pra cima, propomos o jogo, mas parece que temos um medo de ser feliz, de fazer o gol. É ter mais tranquilidade nas oportunidades criadas como nas do jogo de hoje, que valem ouro. A gente tem insistido muito nos treinos de finalização e na hora final falta um capricho maior, acabamos não fazendo e dando moral para a equipe adversária.

O comandante Alviceleste garante que a equipe ainda reúne possibilidades de evitar um rebaixamento que a cada rodada vai se tornando iminente. Hoje os bicolores ocupam a 18ª colocação com 32 pontos, a três de deixar o Z4. Ele vê no jogo diante do Coritiba, no próximo sábado, na Curuzu, a oportunidade para o Papão iniciar um novo momento na Segundona.

 – O Paysandu não está rebaixado. Respeito a torcida do Paysandu e peço desculpa por esse momento. Não é fácil, estamos trabalhando muito no dia a dia, propomos os jogos. Falei na coletiva depois que enfrentamos o CRB que iríamos enfrentar o Fortaleza de igual para igual, aconteceu, mas infelizmente a vitória não saiu. Acredito que uma vitória contra o Coritiba nos dá uma grande possibilidade de sair dessa situação.

– Ainda não tem nada acabado. Esse jogo contra o Coritiba é de vida ou morte.

O Paysandu não vence há seis confrontos na Série B e João Brigatti disse que deixou o cargo à disposição da diretoria para qualquer decisão.

– A diretoria está dando total apoio, eles vieram até Fortaleza, conversaram com os atletas após o final da partida. Deixei eles à disposição, têm o direito de fazer o que quiserem. Vejo o Paysandu guerreiro e, por detalhes, não tem vencido as partidas.

Brasileiro – Série B – Classificação – 2018

TEMPORADA REGULAR J V E D GP GC SG PTS
1Fortaleza 32 18 6 8 45 28 +17 60
2Goiás 32 16 5 11 48 42 +6 53
3Avaí 32 14 10 8 43 28 +15 52
4CSA 32 14 9 9 41 33 +8 51
5Vila Nova-GO 32 13 12 7 32 23 +9 51
6Atlético-GO 32 13 9 10 46 45 +1 48
7Londrina 32 13 8 11 36 34 +2 47
8Ponte Preta 32 12 10 10 35 28 +7 46
9Guarani 32 12 9 11 39 35 +4 45
10Coritiba 32 11 12 9 35 34 +1 45
11Oeste 32 9 15 8 31 32 -1 42
12Figueirense 32 10 11 11 41 41 0 41
13Criciúma 32 10 11 11 32 35 -3 41
14São Bento 32 9 13 10 31 32 -1 40
15Brasil de Pelotas 32 9 10 13 27 32 -5 37
16CRB 32 8 11 13 24 32 -8 35
17Sampaio Corrêa 32 8 8 16 27 39 -12 32
18Paysandu 32 7 11 14 30 42 -12 32
19Juventude 32 6 14 12 25 36 -11 32
20Boa Esporte 32 7 8 17 25 42 -17 29

GLOSSÁRIO

  • J: Jogos
  • V: Vitórias
  • E: Empates
  • D: Derrotas
  • GP: Gols Pró
  • GC: Gols contra
  • SG: Saldo de Gols
  • PTS: Pontos

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques