Conecte-se Conosco

ESPORTES

Paysandu, de virada, vence Figueirense nos acréscimos e deixa a zona de rebaixamento momentaneamente

Publicado

em

Após sair perdendo de 2 x 0, o Paysandu, de virada,  conquistou três preciosos pontos que o tiram momentaneamente  da zona de rebaixamento, da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo foi em Florianópolis  com o Figueirense. Os donos da casa não tiveram dificuldade para rapidamente abrir boa vantagem no placar.

A boa presença de área de Elton se fez presente em dois lances: aos 5 e aos 13 minutos. No primeiro, subiu sozinho para testar para o fundo das redes e fazer 1 a 0. Logo depois, recebeu livre na área e acertou um petardo de primeira, sem deixar a bola cair no chão, fazendo um golaço. 2 a 0. Mas apesar do início avassalador, no restante da etapa a superioridade territorial foi do Paysandu. O Bicolor teve mais posse de bola, rondou bastante a área do alvinegro e, de tanto insistir, conseguiu descontar aos 35.

Pedro Carmona deixou o placar em 2 a 1 cobrando pênalti, após Diego Renan usar o braço para desviar a bola dentro da área. O gol bicolor despertou o Figueira, que voltou ao ataque com Romarinho, aos 39; e Marco Antônio, aos 42, mas o terceiro não veio.

Correndo atrás do placar, o técnico João Brigatti mexeu no intervalo. Colocou o centroavante Hugo Almeida no lugar do meia Thomaz, na expectativa de ter mais um jogador brigando dentro da área.

O Paysandu entrou em campo mais ofensivo e buscou o empate. Se as bolas alçadas não estavam surtindo efeito, Renato Augusto arriscou chute de fora da área, aos 10, e acertou o canto. Vitor Caetano não alcançou: 2 a 2.

A equipe paraense se manteve no ataque e, até os 20 minutos da etapa final, tinha 18 finalizações, contra apenas 5 do adversário catarinense. A reta final o jogo ganhou emoção. Aos 32, após escanteio, Mike fez o que seria o gol da virada.

O assistente viu impedimento do atacante bicolor e anulou o gol, porém “passe” saiu de um jogador do Figueira – tornando um erro a anulação do lance. Os últimos minutos foram de pressão alviceleste, que mandou quase todo o time para frente.

O gol milagroso saiu aos 45, em cabeceio de Fernando Timbó após escanteio, quando até Renan Rocha estava na área. O zagueiro, que entrou aos 41, deixou o Papão fora do Z-4 pelo menos até sexta-feira.

Com o resultado o Paysandu deixa a zona de rebaixamento momentaneamente, mas ainda se vê obrigado a torcer contra CRB – que encara o Londrina, na sexta-feira – para não terminar a rodada novamente dentro do Z-4. Com 41 pontos, o Papão precisa “secar” os adversários que estão logo à frente na tabela, incluindo também o Criciúma.

A situação do Figueirense, por outro lado, é mais tranquila. A equipe ainda não selou matematicamente sua permanência na Série B do ano que vem, mas precisa de um empate na rodada final.

Na última rodada da Série B todos os jogos serão disputados simultaneamente no sábado, dia 24, a partir das 17h (de Brasília). O Figueirense viaja a Maceió para enfrentar o CRB, no Rei Pelé. O Paysandu enfrenta o Atlético-GO Curuzu, em Belém.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual