Conecte-se Conosco

ESPORTES

Paysandu x Manaus: jogo de seis pontos pode colocar o Papão no G4

Brigatti estreia em novo jogo decisivo para o Paysandu (Jorge Luiz / Paysandu)

Publicado

em

Partida está marcada para às 19h, no Mangueirão, e tem um caráter decisivo

A instabilidade do Paysandu em meio aos jogos da Série C teve um efeito negativo na reta final do campeonato: o caráter não só decisivo quanto uma espécie de obrigação em busca das vitórias. A missão deste sábado, a partir das 19h, é contra o Manaus, no estádio Mangueirão. Aliás, Paysandu e Manaus são adversários diretos na luta por uma vaga no G4 do grupo A da Série C. Hoje o confronto é válido pela 13º rodada.  

Portanto, o espaço para erros, discussões e outros aspectos negativos já está quase que esgotado na equipe paraense. O triunfo pode significar uma nova reação bicolor, apoiada na vitória da última rodada, contra o Treze-PB, fora de casa. Se obter sucesso, inclusive, há uma possibilidade de que o time volte ao concorrido grupo do quatro primeiros. No entanto, com uma visão mais ampliada, o importante é atingir 18 pontos – a pontuação atual é de 15 – e se aproximar dos 26,27 necessários para a classificação final. 

O Manaus vive um momento interessante. Venceu do Botafogo e do Jacuipense e está na quinta posição, duas acima do própria Paysandu. É jogo de gente grande, diriam os boleiros. 

Times

Para a decisão, o Paysandu terá uma série de situações novas. A principal delas está sentada no banco de reservas: João Brigatti estreia no comando técnico bicolor e dará início à segunda passagem pela equipe da Curuzu. 

Tido como linha dura, de estilo tático sem complicações, com ajuste defensivo e velocidade ofensiva, Brigatti vai tentar manter a sua fama na competição. Em 2019, ele conduziu a campanha bem-sucedida do Sampaio Corrêia-MA na Série C. Este ano, estava na Ponte Preta-SP, teve bons momentos, contudo, foi afastado da equipe paulista após resultados negativos na Série B. 

Brigatti se acertou com Ricardo Gluck Paul, presidente do Papão, e há uma junção de forças em torno do sucesso bicolor. Até agora, o conflito anterior, que envolvia supostas tentativas de interferência em escalação, está enterrado.

A estreia de Brigatti terá a cadência e o bom futebol de Anderson Uchôa, recuperado de um hematoma na testa que o tirou do jogo contra o Treze-PB. O problema é a ausência de PH, que foi expulso no jogo anterior. Tudo levar a crer, inclusive, que Brigatti fará o mínimo de alterações possíveis. Brigatti acredita que é possível uma nova propostas, com os mesmos jogadores. A estratégia, pelo menos nesse primeiro momento, é de intensidade e muita entrega, dentro do perfil que a Série C exige. 

Do lado do Manaus, o artilheiro Hamilton está fora por suspensão. Em compensação, o time da região Norte crê que no meia 

Ficha Técnica 

Paysandu – Paulo Ricardo, Tony, Perema, Micael e Bruno Collaço; Uchôa, Wellington Reis e Juninho; Vinícius Leite, Uilliam Barros e Nicolas. Treinador: João Brigatti

Manaus – Gleibson, Edvan, Luis Fernandes, Patrick e Tsunami; Márcio, Gabriel e Daniel Costa; Fumaça, Rossini e Jhonathan. Treinador: Luizinho Lopes

Local: Mangueirão

Horário: 19h

Árbitro: Ronei Candido Alves (MG)

Assistentes: Pablo Almeida da Costa (MG) e Frederico Soares Vilarinho (MG)

Quarto árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (PA)

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/aprovincia/public_html/wp-includes/functions.php on line 4556