Conecte-se Conosco

Sem categoria

Perante 30 prefeitos do Sudeste do Pará, Márcio Miranda defende investimentos em logistíca

Publicado

em

O candidato ao governo do Pará, Márcio Miranda (DEM), prosseguiu nesta sexta-feira (31), em Marabá, com a agenda na região sudeste do Pará,  que começou no dia anterior, com programações nos municípios de Bom Jesus do Tocantins, Abel Figueiredo e Rondon do Pará.
Logo no início da manhã, reuniu-se com prefeitos, vice-prefeitos e ex-prefeitos de cerca de 30 municípios da região. No encontro, os gestores destacaram a importância de escolher Márcio Miranda para que o Estado continue em boas mãos.
Em seguida, Márcio Miranda participou de reunião ampliada com vereadores, lideranças políticas e de associações de trabalhadores e produtores familiares, como a Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Fetraf) no Pará, representada por um de seus coordenadores, Francisco Carvalho, o “Chico da CIB”. “Ele é um homem do campo, como a gente. Sabe e conhece as dificuldades. E pela sua experiência e competência sei que a agricultura familiar vai ter um grande defensor”, disse Francisco.

Pedral do Lourenço

– Márcio Miranda também participou de encontro com representantes do setor produtivo e empresarial de Marabá e região. O presidente da Associação Comercial e Industrial de Marabá (Acim), Ítalo Pojucan, leu alguns pontos do documento que foi entregue pelo setor, com sugestões e reivindicações aos candidatos ao Governo. Ele destacou que o Governo do Pará precisa acompanhar de perto as ações da União no Estado.
“Passamos muito tempo cobrando as Eclusas (de Tucuruí) e elas vieram, mas sem o (derrocamento) do Pedral do Lourenço. Agora, estamos brigando pelo Pedral, mas precisamos exigir também o porto público. E acreditamos que o governo estadual deve estar conosco nessa luta sempre”, disse Pojucan.
Além de Pojucan, também participaram da mesa o vice-prefeito de Marabá, Toni Cunha; senador Flexa Ribeiro (candidato à reeleição), Sidney Rosa, candidato ao Senado, os deputados federais Joaquim Passarinho e Arnaldo Jordy, ambos candidatos à reeleição, Antônio Caetano, Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá, Maurício Fraga, Presidente da Associação dos Criadores do Pará (Acripará).

Ferrovia Paraense

Ainda no encontro com o setor produtivo, Pojucan e outras lideranças declararam apoio à luta em defesa da construção da Ferrovia Paraense, que vai integrar o sul e sudeste do Pará às demais regiões e ao país, gerando desenvolvimento, emprego e renda. “Essa é uma luta de todos nós. Essa ferrovia é um instrumento que se configura como vetor de transformação para a verticalização e ampliação da cadeia produtiva paraense. Essa é uma obra prioritária”, disse.
Márcio Miranda esteve esta semana na audiência pública da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Belém, que tratou da renovação de concessão de ferrovias no Estado. Ele falou aos empresários do sudeste que, na audiência, defendeu a realização de audiências públicas também em outros municípios, entre eles Marabá.
Márcio Miranda reafirmou seu compromisso de defender os interesses do povo paraense na questão da ferrovia. “O povo do Pará precisa ser ouvido e ter voz. E defendemos um projeto que de fato gere desenvolvimento, que agregue valor, que gere empregos e renda e atraia investimentos e não só sirva aos interesses de alguns e do país.”
Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual