Conecte-se Conosco

CORRUPÇÃO

PF desbarata quadrilha que desviou R$ 40 milhões da saúde e educação, no Pará

PF realiza operação contra fraudes de licitação na saúde e na educação no Pará

Publicado

em

 A Polícia Federal, com o apoio da Receita Federal e da Controladoria Geral da União (CGU), deflagrou nesta sexta-feira (9), a Operação Carta de Foral com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que vem atuando desde 2013 em prefeituras paraenses, fraudando licitações e desviando recursos públicos federais.

De acordo com reportagem do G1 PA, a PFl combate uma quadrilha  envolvida  com fraudes de licitações em prefeituras do interior do Pará. De acordo com a PF, o prejuízo pode chegar a R$ 40 milhões em recursos desviados do Sistema Único de Saúde (SUS) e de programas como o Fundo de Manutenção da Educação Básica.

Os agentes estão cumprindo nove mandados de prisão e 30 de busca e apreensão, sendo 20 em casas e empresas investigadas, e 10 nas prefeituras de Cachoeira do Piriá, São Caetano de Odivelas, Ipixuna do Pará, Mãe do Rio, Marituba, Ourém, Santa Maria do Pará, São Miguel do Guamá, Viseu e Marapanim.

Os suspeitos de participar do esquema usavam empresas de fachada para participar de processos de licitação, oferecendo produtos que não eram entregues às prefeituras.

As investigações iniciadas em 2017 demonstraram que a organização criminosa vem atuando desde 2013, na criação de empresas “de fachada” para participar entre si de procedimentos licitatórios e contratar com prefeituras paraense. No período investigado foram movimentados mais de R$ 40 milhões provenientes de recursos públicos do FUNDEB, FNDE, SUS etc.

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual