Conecte-se Conosco

PREFEITURA DE BELÉM

Prefeitura anuncia Plano de Saneamento de Belém

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Belém

Publicado

em

Durante a reunião da comissão intersetorial montada para discutir o destino do lixo da Região Metropolitana de Belém (RMB), ocorrida nesta quinta-feira, 12, na sede do executivo municipal, o prefeito Zenaldo Coutinho anunciou que, já no próximo encontro do grupo, fará a apresentação do Plano Municipal de Saneamento de Belém.

A reunião é uma sequência das demais ocorridas em 2019 com o objetivo de encontrar solução para a destinação do lixo da RMB. Algumas ações já foram implementadas e, de acordo com o prefeito Zenaldo Coutinho, na manhã desta quinta-feira foi entregue a perícia judicial, que é uma proposição das tarifas da tonelada dos resíduos sólidos da RMB. Agora é aguardado o posicionamento do desembargador Luiz Neto.

“Estamos evoluindo nos estudos para a decisão daquele que seja o melhor caminho alternativo ao destino do lixo, que hoje ocorre em Marituba. Alguns estudos estarão sendo apresentados no próximo dia 20 de dezembro e nós teremos os primeiros produtos do Plano Municipal de Saneamento de Belém”, informou Zenaldo, lembrando, ainda, que a capital paraense vem participando ativamente da comissão junto ao Tribunal de Justiça do Estado (TJE).

Nesta semana houve uma visita técnica ao aterro sanitário, em Marituba, comandada pela promotora de Justiça Ana Maria Magalhães, da 5ª Promotoria de Justiça de Marituba, com a presença de representantes dos municípios de Belém, Ananindeua e Marituba.

Até 2021 os municípios devem encontrar uma solução alternativa para o aterro sanitário. E, para a promotora, as tratativas estão avançando. “Os municípios vão apresentar suas propostas, isto é sinal de que estão se dedicando a isto. É importante entender que a solução para estes resíduos é muito complexa. A gente quando começa a entender um pouquinho do assunto vê que ela demanda uma vasta gama de conhecimentos. Não é só aterro sanitário, mas estou otimista por ver o encaminhamento deste assunto”, declarou.

Acordo – Em julho deste ano houve um acordo judicial que permite a destinação do resíduo sólido na RMB e o funcionamento do aterro de Marituba por mais dois anos.

Estiveram presentes na reunião desta quinta representantes das Prefeituras de Ananindeua e de Marituba, do governo do Estado, do Ministério Público e da Procuradoria Geral do Município de Belém.

Texto: Karla Pereira

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital

Warning: chmod() has been disabled for security reasons in /home/aprovincia/public_html/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php on line 47