Conecte-se Conosco

PARAUAPEBAS

Prefeitura de Parauapebas dá início à licitação para revitalizar Praça dos Metais

Publicado

em

Nesta quinta-feira (19), foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) o aviso de licitação do processo de número 3/2019-017, organizado pela Secretaria Municipal de Obras (Semob), que busca contratar uma empresa que execute serviços de revitalização e construção de blocos de alimentação, área de esportes e recreação na Praça do Metais. A publicação está disponível aqui e denota que a abertura dos envelopes das propostas vai ocorrer no dia 21 de outubro.

De acordo com o secretário de Obras, Wanterlor Bandeira, o perímetro da Rua 14, entre as ruas A e E, será suprimido, e a atual área da Praça dos Metais vai expandir-se e agregar o espaço onde funcionam os estabelecimentos comerciais do famoso “Costa pra Rua”Além de melhorar o urbanismo e a mobilidade pelo entorno, a obra vai abrir postos de trabalho na construção civil. “Estamos planejando Parauapebas para ser uma cidade grande e receptiva, a começar por seus espaços públicos, que precisam ser arejados, inclusivos e proporcionar sensação de segurança e bem-estar aos frequentadores”, ressalta o titular da Semob.

Após a mudança no visual, a Praça dos Metais terá área de 17.400 metros quadrados e contará com área para eventos, praça de alimentação com área sombreada, espaços de convivência, pista de skate e de outros esportes radicais, quadra de basquete e futsal, ponto de táxi e moto-taxi, parede de escalada e posto da guarda municipal, além de amplo estacionamento.

 Fonte: Blog Ze Dudu

Continue lendo
Clique para comentar

PARAUAPEBAS

Prefeitura de Parauapebas estica prazo para construção de passarela na PA-160

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Blog Ze Dudu

O contrato da empresa F & F, que está responsável por construir uma passarela no perímetro urbano da rodovia PA-160, interligando o Residencial Alto Bonito ao Bairro Casas Populares 2, acaba de receber uma dose de oxigênio. É que foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (15) um aditivo de 90 dias para a execução do contrato de número 20190057, para cujos serviços a Prefeitura de Parauapebas está pagando R$ 1.530.249,05. O valor, no entanto, não sofreu alteração (veja a publicação do DOU (aqui).

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras (Semob), que organizou a licitação da passarela, o perímetro em frente ao Residencial Alto Bonito tem grande fluxo de pessoas por se tratar de local densamente povoado. Além disso, é elevado o tráfego de veículos pesados, como caminhões e carretas bitrens, o que dificulta o livre deslocamento de pedestres com segurança.

Para quem mora em bairros adjacentes, a PA-160 se tornou um “deus nos acuda”, já que é preciso transpor a rodovia com a máxima atenção para acessar equipamentos públicos, como posto de saúde, escola, creche e estação do transporte coletivo. “A passarela é um anseio da comunidade local, que, por diversas vezes, procurou a Semob pedindo a sua construção”, observa Wanterlor Bandeira, secretário de Obras. “Esse serviço tem em vista propiciar condições de fluidez do tráfego para pedestres e veículos, de modo a diminuir os riscos de acidente e proporcionar segurança e conforto aos usuários do perímetro urbano da PA-160”, completa o titular da Semob.

Continue lendo

PARAUAPEBAS

Prefeitura de Parauapebas começa a semana com muitas obras na cidade

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Blog Ze Dudu

A semana começou agitada na Prefeitura de Parauapebas, que nos próximos dias deverá ter homens em campo para erguer o seu Banco de Alimentos, uma espécie de centro de controle com a finalidade de manusear e reaproveitar a comida que poderia ir parar no lixo. Nesta segunda-feira (14), foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) o nome da empresa vencedora da licitação de número 2/20198-010, organizada pela Secretaria Municipal de Obras (Semob), para construir o banco (confira aqui).

Ofertando R$ 1.427.938,29, a empresa PHD Matos vai faturar o contrato. Foi o menor lance da licitação, que tinha valor inicial estimado pela prefeitura em R$ 2.042.803,64. A proposta da PHD Matos é muito mais vantajosa para os cofres públicos. Desbancou a oferta das empresas Sanecon (R$ 1.448.984,34), Rei Engenharia (R$ 1.497.805,60), Miranda & Farias (R$ 1.505.726,19), WHF Construções (R$ 1.555.870,06), Barbosa Filho (R$ 1.639.789,65) e Monteiro & Pereira (R$ 1.685.134,38).

O prédio do Banco de Alimentos será construído na Avenida E, Bairro Beira Rio 2, em frente à Policlínica, e vai prestar atendimento à população carente de Parauapebas, bem como cursos de manuseio e manipulação de alimentos, de maneira a evitar o desperdício. “O objetivo do banco é minimizar a fome, por meio do combate ao desperdício de alimentos”, destaca o secretário de Obras, Wanterlor Bandeira, analisando que o empreendimento público vai, ainda, trazer cidadania às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e vulnerabilidade socioeconômica.

Parece contrassenso, devido ao fato de ser um dos municípios mais ricos do país, mas neste momento mais de 23 mil habitantes de Parauapebas estão em situação de pobreza extrema e, por isso, passando necessidades, de acordo com dados do Cadastro Único atualizados no início deste mês e divulgados pelo Ministério da Cidadania.

Obra na Rua E

A Prefeitura de Parauapebas também está a um passo de iniciar o prolongamento da Rua E, no trecho entre o viaduto e a frente do lago do Bairro Nova Carajás, paralelo à PA-275. Na edição de hoje do Diário Oficial da União, foram declaradas habilitadas à licitação de número 2/2019-005, da Semob, as empresas Designe, Etec, Sul Elétrica, Laca e Transvias. Elas estão no páreo e quem apresentar o menor preço pelos serviços vai faturar o contrato, inicialmente estimado em R$ 2.004.222,64.

Foram desclassificadas do certamente as empresas Mathias Construções, por não comprovar por meio de atestado de capacidade técnica o quantitativo mínimo exigido envolvendo aplicação de concreto; R&A Engenharia, que apresentou seguro-garantia com data de validade inferior ao solicitado no edital; e MCDR Edificações, que, entre outras questões, não comprovou em atestado de capacidade técnica o quantitativo mínimo exigido para execução de passeio (calçada) ou piso de concreto.

Continue lendo

PARAUAPEBAS

Prefeitura de Parauapebas madruga com mais R$ 73 milhões em conta

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Blog Ze Dudu

Conforme antecipado ontem, quinta-feira (10), pelo Blog do Zé Dudu (veja aqui), a Prefeitura de Parauapebas recebeu no primeiro minuto desta sexta-feira (11) a cota-parte da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem) referente a outubro. Feitas as deduções legais, o montante que está disponível para uso da administração do prefeito Darci Lermen é de R$ 73.059.059,47.

O valor cai 24 horas após o recebimento do repasse dos royalties de setembro, que se encontravam atrasados. Ontem, a Prefeitura de Parauapebas havia recebido R$ 62.943.474,93 líquidos. De um dia para outro, o governo local foi inundado com R$ 137.376.297,35, um montante que daria para sustentar o município de Eldorado do Carajás durante dois anos — a receita líquida anual de Eldorado é, atualmente, de R$ 68 milhões.

Outra prefeitura que está ainda mais riquinha em 24 horas é a de Canaã dos Carajás, onde falta até ideia do que fazer com tanto dinheiro que a administração de Jeová Andrade viu este ano. O valor líquido de R$ 81.442.984,15 recebidos pelo governo local se deve a crédito da Cfem ontem, no valor de R$ 41.162.194,48, e hoje, no valor de R$ 39.466.359,84. A fortuna dos dois repasses é suficiente para bancar o município de Nova Ipixuna por dois anos, já que a receita desta localidade é de pouco mais de R$ 40 milhões.

Por seu turno, o governo de Tião Miranda, em Marabá, faturou R$ 19.094.840,07 nas últimas 24 horas, por conta de R$ 5.132.755,81 líquidos disponíveis na quinta e R$ 13.771.135,88 em conta nesta sexta-feira. É um montante superior à arrecadação líquida anual inteira das prefeituras de Santarém Novo (R$ 15,1 milhões), São João da Ponta (R$ 17,2 milhões), Bannach (R$ 18 milhões) e Santa Cruz do Arari (R$ 18,5 milhões).

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaque

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital