Conecte-se Conosco

PREFEITURA DE BELÉM

Prefeitura entrega Aldeia Amazônica David Miguel revitalizada à população

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Belém

Publicado

em

Na tarde deste domingo, 1, véspera do Dia Nacional do Samba, a população da capital ganhou, completamente reformada, a Aldeia Cultural Amazônica David Miguel, localizada na avenida Pedro Miranda, bairro Pedreira, palco do tradicional desfile das escolas de samba de Belém. Para marcar a data, a Prefeitura de Belém promoveu uma programação festiva durante a entrega da obra de reforma executada pela Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb), que contou com um investimento aproximado de R$ 3 milhões.

A programação foi gratuita e organizada pela Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel) em parceria com a Liga das Escola de Samba de Belém. Centenas de pessoas estiveram presentes e conferiram a nova cara da Aldeia Amazônica, que ganhou novos espaços, possibilitando, assim, uma maior acomodação do público durante o desfile das escolas de samba dos três grupos do Carnaval de Belém. Mil novos lugares foram criados.

O prefeito Zenaldo Coutinho descerrou a placa de inauguração da nova Aldeia Cultural Amazônica David Miguel, juntamente com Anette Klautau, titular da Seurb, e Fábio Atanásio, presidente da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), dos vereadores Mauro Freitas (PSDC), chefe do legislativo municipal, e Wilson Neto (PRB). 

Para Herivelton Martins e Silva, mais conhecido como “Vetinho”, presidente das escolas de samba do Grupo Especial, as novas instalações da Aldeia “darão conforto para os que fazem Carnaval e cultura de modo geral”. “Temos mais que agradecer à prefeitura pela revitalização da Aldeia”, frisou o também presidente de honra da Escola de Samba Bole Bole.

O veterano Jango Vidal, presidente de honra da Escola de Samba Rancho Não Posso Me Amofiná, destacou o investimento da Prefeitura de Belém. “Nós parabenizamos o prefeito pela revitalização da Aldeia, a Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer, a Fumbel, e a todos que amam a cultura, porque este espaço não foi criado só para o Carnaval, mas para o boi, o pássaro e a quadra junina. Estamos muito felizes em poder desfilar num espaço que foi criado para o Carnaval”, destacou Jango.

O descerramento da placa inaugural ocorreu por voltas das 19 horas, momento da chegada do cortejo na Aldeia David Miguel, formado por passistas e integrantes de baterias das escolas de samba da capital. A concentração ocorreu em frente à sede da Embaixada de Samba do Império Pedreirense, localizada na travessa Mauriti. Nove escolas do grupo especial realizaram o show no palco montado na Aldeia, na confluência da avenida Pedro Miranda com a travessa Pirajá.

“Estamos entregando uma Aldeia completamente revitalizada. É um espaço de trabalho, do dia a dia da Prefeitura, da rotina administrativa, estabelecida aqui, mas também um espaço para receber a grande festa da identidade cultural brasileira, que é o Carnaval”, disse o prefeito Zenaldo Coutinho. “Esperamos que todos possam zelar por este espaço do patrimônio público da cidade”, acrescentou.

A batida das escolas animou a multidão que compareceu à inauguração do espaço público, que ainda abriga a sede da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), da Ordem Pública, a Sala de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) e a Escola de Dança da Secretaria Municipal de Educação (Semec). Pouco antes da reinauguração, ocorreu o sorteio da ordem do desfile das escolas de samba do 1º Grupo, previsto para o dia 15 de fevereiro de 2020.

Reforma – Dentre as melhorias com a reforma da estrutura física da Aldeia Amazônia estão manutenção das arquibancadas, reforço estrutural dos pilares, pintura geral, revisão da cobertura, manutenção de infiltrações, melhoria nos pisos e do revestimento interno, troca de louças e de luminárias. A Prefeitura de Belém deu atenção ao aspecto da segurança das instalações, assim como à sonorização, ao ordenamento do comércio informal, à área do estacionamento e à sinalização de trânsito.

Segurança – A Guarda Municipal de Belém (GMB) e a Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob) deram apoio ao evento com interdição na avenida Pedro Miranda e orientação no entorno e durante o cortejo das escolas. Foram utilizadas dez viaturas e o escalados agentes de trânsito, além de empregadas 16 motos. Um quantitativo de 48 guardas esteve em ação na programação. Já a Secretaria Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) revitalizou a sinalização da Pedro Miranda e na área do entorno.

Lugares – A reinauguração do espaço atraiu centenas de pessoas não apenas do bairro Pedreira. Silvia Helena do Vale, 62, estava animada e acompanhada da nora e netos. O filho de Silvia é músico e iria se apresentar durante o show das escolas. “Samba sempre é bom, mas tenho um motivo a mais, pois meu filho vai tocar, mas é bom saber que este local foi reformado e agora está em plenas condições de receber o Carnaval”, ressaltou a moradora do bairro Marambaia.

Bernadete Silva das Chagas, 53, estava desde cedo aguardando o início da festa. “Eventos aqui ajudam bastante nossas vendas”, contou a moradora do bairro Sideral, que comercializa bombons.

Próximo ao palco, o pintor Raimundo Viana, 51, tomava uma cerveja ao lado da esposa e aguardava o início da programação festiva. “Gosto muito de Carnaval e não poderíamos ficar sem um espaço desses para desfrutar da festa das escolas de samba”, opinou ele, que saiu do Tapanã para aproveitar a programação.

Morador da avenida Ceará, em Canudos, José Gomes já marcava o passos ao som das batidas. “Olha, isso aqui ficou muito lindo, quem dera todo prefeito fizesse um trabalho desses. Falei para a minha esposa: ‘vamos lá olhar como ficou?’”, disse o aposentado de 68 anos.

Texto: Sérgio Chêne

PREFEITURA DE BELÉM

Prefeitura realiza Ação em Saúde no residencial Viver Primavera

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Belém

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), levará neste sábado, 18, das 8h às 12h, diversos serviços em saúde aos moradores do residencial Viver Primavera, localizado no Tapanã.

Serão ofertados atendimento médico, odontológico e oftalmológico; vacinação; emissão do cartão SUS; exame Preventivo do Câncer de Colo do Útero (PCCU); e teste rápido de HIV, Sífilis e Hepatites B e C.

Esta é a segunda edição que a ação é realizada no residencial. A primeira foi em 2019, levando os principais serviços aos moradores.

Texto: Suênia C.

Continue lendo

PREFEITURA DE BELÉM

Prefeito Zenaldo Coutinho visita serviços no Complexo do Jurunas e do Porto do Açaí

Publicado

em

O prefeito Zenaldo Coutinho visitou diversos locais em obras, em Belém, na manhã desta quinta-feira, 16. A visita se iniciou na rua dos Caripunas, uma das frentes de trabalho das obras de macrodrenagem, realizada pela Prefeitura de Belém, por meio do programa Sanear Belém.   

“Essa obra faz parte da sub-bacia 1 da Bacia Hidrográfica da Estrada Nova e possui três frentes de trabalho, sendo uma na rua dos Caripunas e as outras nas ruas dos Tamoios e Mundurucus”, explicou o prefeito de Belém,  Zenaldo Coutinho.

“Estamos no canteiro de obras da macrodrenagem da Estrada Nova, e aqui será o canal de descarga das águas acumuladas. Também estamos com frentes de trabalho na rua dos Tamoios e Mundurucus, para beneficiar toda essa região da sub-bacia 1 da Estrada Nova. A obra vai melhorar a qualidade de vida dessa região, eliminando o alagamento nessa área”, reforço o prefeito.

Macrodrenagem – Fazem parte da sub-bacia 1, as ruas dos Mundurucus, Veiga Cabral, Tamoios, Timbiras e Fernando Guilhon, que serão beneficiadas com a macrodrenagem. “Com a obra, vamos conseguir dar funcionalidade para a água que fica parada nesses trechos, com isso a água terá condição de chegar ao canal da rua dos Caripunas”, explicou a engenharia responsável pela obra, Beatriz Souza.

Jurunas – As vistorias nas obras continuaram no bairro do Jurunas, de onde Zenaldo seguiu para acompanhar o andamento dos serviços no Complexo do Jurunas. O local está em obras há quatro meses e com 40% dos trabalhos realizados. O investimento é de aproximadamente R$ 11 milhões, e vai atender 450 permissionários que atuam nessa feira.

“Essa grande obra, executada pela Prefeitura, avança fortemente. Este ano, vamos entregar o espaço amplo e qualificado para os feirantes e a comunidade”, comentou o prefeito.

Moradora do bairro, a doméstica  Zilda Carrera acompanhou a visita e ficou animada com a reforma do espaço. “Estou vendo uma melhoria grande aqui. Nós precisamos de um espaço como esse aqui no Jurunas e com essa reforma o Complexo vai ficar lindo“, comemorou.

Porto do Açaí – O novo Porto do Açaí está na reta final de obras. Com um investimento de R$ 4,5 milhões, o espaço vai contar com nova plataforma de comercialização, que expandiu o espaço da feira em 700 metros quadrados, novos boxes, trapiche de concreto e um novo prédio administrativo. O local também foi visitado pelo prefeito, que explicou a importância da obra.

“Dialogamos com os trabalhadores e com as secretarias envolvidas, para que essa obra seja entregue em março, com toda qualidade, para atender os trabalhadores e consumidores”, anunciou o prefeito.

Para o presidente da comissão dos trabalhadores do Porto do Açaí, Max Santos, os permissionários estão ansiosos para a entrega do novo espaço. “Essa obra vai ser importante para todos os trabalhadores do porto. Recebemos pessoas de várias localidades, como Muaná, Acará e Barcarena”, comentou.

Bernardo Sayão – A vistoria seguiu para a avenida Bernardo Sayão, que está recebendo diversos serviços, no trecho entre as avenidas Roberto Camelier e Alcindo Cacela. Em frente ao antigo Iate Clube, a Prefeitura de Belém está construindo um calçadão de 400 metros, com nova iluminação, e no outro da via, a calçada está sendo totalmente recuperada.

Na praça Princesa Isabel, no bairro da Condor, as obras  vão contemplar toda a área da praça, a área portuária com novo flutuante e cobertura do trapiche, explicou o prefeito.

“As obras da praça princesa Isabel estão dentro do cronograma. Além da obra na praça, estamos fazendo o trapiche e o flutuante, que está sendo feito no estaleiro”, destacou Zenaldo.

Continue lendo

PREFEITURA DE BELÉM

Prefeitura de Belém entrega os novos espaços na Funbosque

Publicado

em

Texto: Sérgio Chêne/ Agência Belém

Na manhã desta quarta-feira, 15, no distrito de Outeiro, a Prefeitura Municipal de Belém (PMB) inaugurou um conjunto de obras de espaços da Fundação Centro de Referência em Educação Ambiental Escola Bosque Professor Eidorfe Moreira (Funbosque), que irá atender às comunidades da região das ilhas, sobretudo, estudantes atendidos pela instituição, os quais integram o projeto Funbosque 2020. O investimento da PMB foi da ordem de R$ 2 milhões.

Acompanhado de moradores e representantes da equipe de governo e ao som da Banda da Guarda Municipal, o prefeito Zenaldo Coutinho iniciou a programação de inaugurações pelo descerramento da placa da quadra poliesportiva.

O projeto de engenharia conta com área física de 980 m² e a capacidade de atender a várias modalidades. Projetada para oferecer acessibilidade a estudantes e moradores, a quadra de esportes inaugurada é constituída de banheiro, sala de professores de educação física e rampa de acesso.

Outros espaços – Além da quadra esportiva, foram entregues à comunidade a cozinha industrial, o Ecomuseu e o auditório José Mariano Klautau de Araújo, espaços revitalizados. Além disso, a administração Zenaldo Coutinho inaugurou a primeira sala de aula climatizada para atender a alunos do ensino fundamental. Durante o ato no ginásio poliesportivo, Zenaldo Coutinho participou de uma partida de vôlei com paratletas do clube Tuna Luso Brasileira.

Na solenidade realizada no auditório, o gestor municipal entregou, juntamente com equipe da Prefeitura de Belém e autoridades, 203 certificados de participação no curso Básico de Informática a alunos da região das ilhas. Centenas de moradores de Belém e dos distritos de Icoaraci e de Outeiro, além das ilhas como Cotijuba e Paquetá, acompanharam a série de inaugurações.

Dignidade – A professora Ellen Oliveira, de 33 anos, destacou a importância de se garantir um aprendizado com boas condições físicas. “Não apenas a climatização e não somente a sala de aula inaugurada são importantes, mas o auditório e a quadra trazem muito mais dignidade para os alunos e nós professores também. Todas as reformas que estão sendo realizadas valorizam mais nosso trabalho e nos dar mais ‘gás’ para trabalhar. É muita gratidão”, avaliou a docente e coordenadora da região das Ilhas da Funbosque.

Ana Carla Rodrigues, de 29 anos, mãe de quatro menores que estudam na escola Bosque, se mostrou bastante satisfeita. “A escola é o caminho, pois temos a violência reinando em muitos lugares. Essas inaugurações são fundamentais para oferecer boas condições de estudo aos meus filhos”, disse Ana Carla.

Se pais e responsáveis comemoraram a entrega das obras, o merendeiro da escola, Laércio Siqueira, de 48 anos, não ficou atrás. “Ficou muito bom esse espaço, totalmente revitalizado e com louças e material novos. Deu outro visual e isso estimula a nossa equipe. A garotada vai gostar também”, exaltou o manipulador de alimentos, há cinco anos atuando na cozinha industrial da Funbosque.

Função estratégica – O prefeito Zenaldo Coutinho fez os descerramentos das placas e visitou cada espaço reformado e inaugurado. Em seu discurso, destacou a função estratégica que a Funbosque assume, porque essa instituição forma, além de técnicos ligados à área ambiental, prepara profissionais às demandas do mercado.

“É muito bom que tenhamos técnicos em meio ambiente? Claro que é, mas a gente precisa comer e precisa se desenvolver, a pessoa precisa de um sustento e estávamos formando gente sem o mercado absorver. Tínhamos uma defasagem no ensino fundamental e nossa obrigação é oferecer os ensinos infantil e fundamental, e o olhar da Escola Bosque é para formar ao mercado de trabalho”, destacou o prefeito.

Zenaldo ainda adicionou que é importante entender que o jovem do ensino público tem certa dificuldade de sair do ensino médio público e encarar uma universidade pública, visto que, a disputa é muito acirrada. “Depois de muitas análises e, temos que ser justos com a ilha de Caratateua, um espaço aqui seria fundamental para atender essa necessidade. Precisávamos olhar para essa juventude e direcionar para o mercado de trabalho, a exemplo da Escola de Gastronomia. A Fundação está aqui para transformar vidas”, enfatizou Zenaldo.

Dentre as autoridades presentes estavam os secretários municipais de Educação, Saúde e de Coordenação Geral de Planejamento e Gestão, respectivamente Socorro Aquino, Sérgio de Amorim e Nazaré Costa; além da presidente da Funbosque, Beatriz Padovani; dos agentes distritais de Outeiro, Yan Miranda, e Edson Souza, de Icoaraci; de vereadores como o presidente da Câmara Municipal de Belém, Mauro Freitas (PSDC), e do deputado federal Cássio Andrade (PSD).

Espaços – O auditório da Funbosque teve a primeira reforma completa, após ter sido inaugurado em 2011. O espaço ganhou nova pintura e revitalização de poltronas, reformas técnicas, sala de dança, de acústica, implantação de iluminação com LED e instalação elétrica.

O Ecomuseu ganhou peças de cerâmicas, madeira e vidro disposto na exposição ‘Jirau’. A sala climatizada vai atender aos alunos em aulas de reforço, no conceito de contato com a natureza.

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital