Conecte-se Conosco

POLÍTICA

Presidente Bolsonaro defende cloroquina e nega ter demitido o ex-ministro Nelson Teich

Presidente voltou a afirmar que não há qualquer prova de que o remédio não funcione

Foto: PR/Alan Santos / Fonte: Pleno News

Publicado

em

Em conversa com apoiadores na manhã desta terça-feira (4), na saída do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o uso da cloroquina para combater a Covid-19. Ao falar sobre o fármaco, o chefe do Executivo ressaltou que não há estudos que comprovem a ineficácia do remédio contra o vírus.

– Não tem comprovação que dê certo, mas também não tem comprovação que não dê certo. Na dúvida, eu tomei – disse.

Na conversa, Bolsonaro também falou sobre a saída dos dois últimos ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. Ao ser interpelado por um apoiadora, que o parabenizou pela “coragem de demitir dois ministros, em favor da vida”, o presidente apontou que Teich não foi demitido por ele e que a saída de Mandetta foi motivada pela “linha” adotada pelo ex-gestor da Saúde.

– Isso aí nunca foi questão de foro íntimo. O primeiro tinha uma linha lá… E o segundo eu não demiti, ele que pediu demissão – completou.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual