Conecte-se Conosco

POLÍCIA

Presos 4 suspeitos de assalto a banco em Jacundá

Foto: Reprodução / Fonte: DOL

Publicado

em

Quatro suspeitos de participação no assalto a banco, na modalidade “vapor”, ocorrido em 22 de outubro em Jacundá, município do sudeste do Pará, já estão presos. As informações da Agência Pará

Três acusados, José Iran dos Santos Lucena, conhecido como “Zé Iran”Júlio César Gonçalves de Carvalho e Leonardo Barbosa de Oliveira, de apelido “Lalau”, foram capturados por policiais civis, sábado (2), em Marabá, na mesma região. 

O quarto  suspeito, Dimbagad Dias Guimarães, chamado de “Dimba”, foi preso no último dia 28 de outubro, em Bom Jesus do Tocantins, também no sudeste paraense. Com “Dimba” a polícia encontrou armas, munições e uma roupa camuflada. Todo esse material foi apreendido.

Logo após o crime, a equipe policial se deslocou até a região de Jacundá e iniciou as investigações, fazendo buscas em conjunto com policiais do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Marabá, e apoio de policiais militares da Companhia de Operações Especiais (COE).

As prisões resultaram de investigações realizadas pela equipe da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos a Bancos e Antissequestro (DRRBA), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). 

Durante as investigações, os suspeitos do assalto foram identificados. Segundo o delegado Fausto Bulcão, titular da DRRBA, as prisões preventivas dos suspeitos e mandados de busca e apreensão foram solicitados à Justiça. Após a prisão de “Dimba”, as investigações prosseguiram para localizar os outros envolvidos. No sábado, por volta de 6 horas, outros três investigados foram presos.

José Iran foi preso em casa, enquanto Júlio César e Leonardo Oliveira tiveram os mandados cumpridos na prisão. Com José Iran foram apreendidos aparelhos eletrônicos e celulares. A Polícia Civil prossegue as investigações para localizar e prender os demais suspeitos do crime. Todos permanecem presos em Marabá à disposição da Justiça.

POLÍCIA

Homem é morto a tiros por dupla em moto no bairro de Condor, em Belém

Publicado

em

Foto: G1 Foto: Reprodução

Crime ocorreu na passagem Círio. Vítima morreu no local.

Um homem, identificado pela Polícia apenas como Denilson, foi morto a tiros na tarde dessa sexta-feira (24), no bairro Condor, em Belém.

Segundo a Polícia Civil , o crime ocorreu na passagem Círio , entre as ruas do Tembés e Lauro Malcher.

Testemunhas disseram aos policiais que dois homens que estavam em uma moto atiraram contra a vitíma, que morreu no local do crime.

O instituto Médico Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção do corpo.

Continue lendo

POLÍCIA

Polícia Civil divulga retrato falado de suspeita de tentar sequestrar crianças em Belém

A partir do retrato falado, a Polícia Civil já está em busca da suspeita. Quem tiver informações, basta ligar para o Disque Denúncia, 181

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Pará

A Polícia Civil divulgou na tarde da última terça-feira (21) o retrato falado da mulher suspeita de tentar sequestrar três crianças nos bairros do Marco, na última sexta-feira (17), Barreiro e Cidade Nova, nesta segunda-feira (20). Os crimes já estão sendo apurados pelas equipes das seccionais locais, vinculadas à Diretoria de Polícia Metropolitana. Em depoimento, as vítimas contaram que foram abordadas por uma mulher loira, de estatura mediana.

As equipes da Polícia Civil continuam em busca de testemunhas e realizam diligências para localizar imagens de circuito de segurança que registraram os fatos. “Várias diligências já foram realizadas e depoimentos colhidos. A partir daí pudemos fazer o exame específico, que nos possibilitou produzir a imagem da pessoa suspeita. A divulgação da imagem é de extrema importância para que possamos localizar e prender esta mulher. Quem tiver informações, basta ligar para o Disque Denúncia, 181”, enfatizou o delegado-geral da Polícia Civil, Alberto Teixeira.

Continue lendo

POLÍCIA

Motorista de pick-up arrasta motocicleta após colisão e confusão no trânsito em Fortaleza

Publicado

em

Motorita de pick-up passa sobre motocicleta e arrasta veículo por vários metros após confusão de trânsito — Foto: Reprodução Fonte: G1

Dono de motocicleta registrou boletim de ocorrência, e Polícia Civil investiga o caso.

O motorista de uma Hilux arrastou uma motocicleta que estava sob a pick-up após uma colisão na Avenida Beira Mar, em Fortaleza, neste sábado (18). A reação do condutor da caminhonete foi filmada por populares.

A atitude surpreendeu quem viu a cena. Uma das testemunhas chegou a gritar “Meu Deus, ele bateu ali na frente”, se referindo ao condutor do carro ter colidido contra outro veículo, poucos metros adiante. De acordo com a Polícia Civil, foi registrado um Boletim de Ocorrência por dano, no 2º Distrito Policial.

Motorista passa sobre moto e arrasta veículo na Beira Mar de Fortaleza
Motorista passa sobre moto e arrasta veículo na Beira Mar de Fortaleza

A polícia informou que a “vítima teve a motocicleta danificada após uma discussão com o condutor do automóvel”. O proprietário da motocicleta, Nuan Nobre, utilizava a moto como ferramenta de trabalho. Nuan diz ter adquirido o meio de transporte há menos de um ano e relata todo o ocorrido.

“Eu estava no trânsito, na Beira Mar, em um engarrafamento e não tinha como passar entre os carros. Parei minha moto na frente do carro e ele encostou na minha traseira. Eu disse: ‘Você bateu na minha moto’, e ele botou o corpo pra fora do carro dizendo: ‘Você está atrapalhando o trânsito'”, afirma o motociclista.

“Nisso, ele botou o carro para frente e bateu na minha moto, travando, não dava para ir nem para frente nem para trás. Eu desci, ele subiu o vidro. Nesse momento, ele acelerou, derrubou minha moto e ficou debaixo do carro. Foi quando abri a porta do carro e pedi a ele pra descer. Ele disse que não ia descer e arrastou”, completa.

Conforme Nuan, quando ele viu a moto sendo arrastada, não teve reação: “Uma moça me deu carona e vi ele entrando em um condomínio. Liguei para a polícia. Se ele fez isso com a moto, poderia ter feito comigo em cima dela. Minha moto é para trabalho”, acrescentou.

A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania de Fortaleza (AMC) informou que, ao chegar à Beira Mar, não havia mais nada no local e não foi notificada sobre o caso. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o caso segue sendo apurado pelo 2º DP.

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital