Conecte-se Conosco

Cidade

Previsão de tempo nublado e chuva em todas as regiões no feriado da Semana Santa

Publicado

em

Foto: Reprodução /Fonte: Agência Pará

O boletim com a previsão do tempo e horário das marés para o feriado da Semana Santa, a partir de quinta-feira (18) até domingo (21), foi divulgado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) nesta quarta-feira (17). A Diretoria de Meteorologia, Hidrologia e Mudanças Climáticas e o Centro Integrado de Monitoramento Ambiental informam que a previsão é de tempo instável para a faixa norte do território paraense e chuvas mais intensas para as tardes do final de semana no nordeste e na Região Metropolitana de Belém (RMB).

Para o Baixo Amazonas, no oeste do Pará, estão previstas chuvas fracas isoladas e chuviscos durante as manhãs. Já para o sudeste e sudoeste é esperado tempo variando entre parcialmente nublado e nublado, com chuvas apenas para o norte dessas regiões.

Região Metropolitana – As manhãs de quinta-feira e Sexta-feira Santa terão, de acordo com o boletim, tempo variando entre parcialmente nublado a nublado. Para a tarde há previsão de céu nublado, com momentos de céu encoberto e pancadas de chuvas, de intensidade fraca a moderada, acompanhadas de trovoadas isoladas. Para o início das noites, chuvas fracas e chuviscos em pontos localizados. Temperaturas com máxima de 32ºC e mínima de 24ºC.

No sábado (20) e domingo (21) a tendência é de manutenção de instabilidade atmosférica. Na manhã de sábado, tempo entre parcialmente nublado a nublado, enquanto para a manhã de domingo de Páscoa há probabilidade de curto período de sol, com poucas nuvens. Durante os períodos vespertinos, pancadas de chuvas de intensidade moderada a forte, principalmente para domingo. Início das noites com probabilidade de chuvas leves em áreas isoladas. Temperaturas variando entre máximas de 32º a 33ºC, e mínimas de 24º e 23ºC.

Nordeste – Na quinta-feira (18) e sexta-feira (19), as manhãs têm previsão de tempo entre parcialmente nublado a nublado, com possibilidade de chuva fraca e chuviscos em áreas isoladas no fim do período. Tardes e início de noites com predominância de tempo nublado e chuva de intensidade fraca a moderada. Temperaturas de 31ºC até 23º a 24ºC, em Salinópolis.

O período matutino do final de semana terá tempo nublado no sábado e parcialmente nublado no domingo de Páscoa. Ao longo das tardes, espera-se tempo nublado e momentos de céu encoberto com chuvas fracas a moderadas, em formas de pancadas, principalmente para o domingo. Início de noites com previsão de chuvas fracas e chuviscos em pontos isolados. Temperaturas oscilando de 30º a 31ºC, máxima, e 24ºC, mínima, em Castanhal.

Sul – No sudeste e sudoeste, para as manhãs do final da Semana Santa é esperado tempo entre parcialmente nublado a nublado. Tardes com previsões de pancadas de chuvas sobre a porção norte, principalmente no sábado e domingo. Durante as chuvas são esperadas trovoadas. As noites oscilarão entre céu nublado e com poucas nuvens. Temperaturas máximas de 32ºC e 33ºC, e mínimas de 24ºC e 25ºC, em Marabá.

Baixo Amazonas/Calha Norte – Para as manhãs de quinta e sexta-feira há previsão de tempo nublado, com chuvas fracas e chuviscos em áreas isoladas. Tardes com tempo entre parcialmente nublado a nublado, com possibilidade de chuviscos em áreas isoladas. Noites variando entre parcialmente nubladas a nubladas. Temperaturas com máximas de 30º e 31ºC, e mínimas de 23º e 24ºC, em Santarém.

Para as manhãs do final de semana a tendência é de tempo variando entre sol com nuvens esparsas a céu parcialmente nublado. Nas tardes, condições de tempo entre parcialmente nublado a nublado, além de chuvas de intensidade fraca durante as tardes e início das noites. Os termômetros devem registrar máximas de 30º e 29ºC, e mínimas de 24ºC, em Santarém.

Marajó – Manhãs de quinta e sexta-feira com previsão de tempo parcialmente nublado a nublado. Para as tardes são esperadas chuvas de intensidade fraca a moderada, acompanhadas de trovoadas. Noites com nebulosidade variável e chuva fraca e chuviscos. Temperaturas com máxima de 32ºC e mínima de 24ºC.

Sábado e domingo terão manhãs com tempo variando entre parcialmente nublado a nublado. Tardes nubladas a encobertas, com chuvas moderadas a fortes. Durante as chuvas são esperadas trovoadas e rajadas de vento. Noites com nebulosidade variável e possibilidade de chuva fraca e chuviscos em áreas isoladas. Temperaturas do ar variando, com máximas de 31º e 30ºC, e mínimas de 24ºC, em Breves.

Marés – As marés altas em Belém, na quinta-feira, vão atingir 3,5 metros às 10h47 e às 23h09; na sexta-feira, a preamar vai alcançar 3,6 m às 11h26 e às 23h49; no sábado, a maré cheia chegará a 3,6 m às 12h02, e no domingo, a 0h26 e às 12h37.

Salinópolis – Nas praias oceânicas do município de Salinópolis as marés altas, na quinta-feira, vão chegar a 5 metros às 06h53 e às 19h15; na sexta-feira, a 5,2 m às 7h32 e às 19h55; no sábado, as marés vão atingir 5,2 m às 8h08 e 5 m às 20h32, e no domingo, a 5,2 m às 8h43 e às 21h08.

Mosqueiro – Na ilha de Mosqueiro (distrito de Belém), as praias de água doce terão marés de 3,6 metros de altura às 09h53 e às 22h15; na sexta-feira, as marés altas chegarão a 3,8 m às 10h32 e às 22h55; no sábado, alcançarão 3,8 m às 11h08 e 3,6m às 22h32; e no domingo a preamar terá 3,8 m de altura às 11h43.

Por Ronan Frias

Continue lendo
Clique para comentar

Cidade

Greve Geral paralisa Educação, bancos e outras classes no Pará

Publicado

em

Com informações Dol Foto: Reprodução/Ricardo Amanajás

Em Belém e pelo interior do Estado, diversas categorias também devem aderir à Greve Geral contra a reforma da Previdência e os cortes de verbas das universidades e Institutos Federais (IFs). Até o fechamento desta edição, professores e trabalhadores da Educação, bancários e demais trabalhadores do serviço público confirmaram presença no protesto contra as mudanças que estão por vir.

Na capital, os trabalhadores técnicos, estudantes e professores da Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) estarão concentrados a partir das 10h, na Praça da República, em frente ao prédio do Instituto de Ciências das Artes (ICA), e seguirão em direção

ao Mercado de São Brás.

“Todas as agências de bancos públicos e privados, em todo o Estado do Pará, estarão fechadas. Nossa categoria decidiu, de forma soberana e unânime, aderir à greve geral convocada pela CUT (Central Única dos Trabalhadores) e todas as demais centrais sindicais, como estratégia de luta da classe trabalhadora para derrotar o projeto de reforma da previdência do governo Bolsonaro e defender o direito à aposentadoria, assim como para lutar contra as privatizações e defender a existência dos bancos públicos. Portanto, reforçamos o chamado aos bancários e bancárias para fortalecer esse movimento em todas as regiões do nosso estado”, destaca o presidente do Sindicato dos Bancários do Pará, Gilmar Santos.

BARRADOS

Os rodoviários iriam decidir se cruzariam os braços ou não em adesão à meia-noite, mas uma decisão em caráter liminar da Justiça do Trabalho pode inviabilizar a paralisação. A decisão é da desembargadora Alda Maria de Pinho Couto, do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8), e voltada ao Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Estado do Pará e o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários em Empresas de Transportes de Passageiros nos Municípios
de Ananindeua e Marituba.

Em caso de desobediência ou descumprimento, o sindicato estará sujeito a pagamento de multa diária no valor de R$ 100 mil,
sem prejuízo da responsabilização civil e criminal.

Na liminar, além de exigir 90% da frota, determina também que atendam com um número necessário de funcionários para prestar o serviço de transportes. No entanto, se não for apresentada a quantidade suficiente de empregados, as empresas deverão providenciar a complementação de pessoal, além de comunicar esse fato ao sindicato profissional respectivo e à Presidência do TRT8 para as providências legais cabíveis.

Continue lendo

Cidade

Liminar impede paralisação de rodoviários em dia de greve geral

Publicado

em

Com informações o Liberal Foto: Fábio Costa

Após a confirmação de que os trabalhadores rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba participariam da greve geral contra a reforma da previdência, marcada para esta sexta-feira (14), a justiça do trabalho condeu liminar, em pedido do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belém(Setransbel), para que a paralisação da categoria não aconteça.

Na decisão, a desembargadora do trabalho, Alda Maria Couto, do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª região (TRT-8), obriga que os sindicatos garantam ao menos 90% da frota de ônibus nas ruas, para a prestação dos serviços de transporte coletivo. Caso os sindicatos [Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Estado do Pará e o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários em Empresas de Transportes de Passageiros nos Municípios de Ananindeua e Marituba] descumbram, deverão arcar com multa diária no valor de R$100 mil.

 

 

 

Continue lendo

Cidade

Justiça afasta secretário de urbanismo e engenheiro eletricista da Semurb.

Publicado

em

Foto: Reprodução / Com informações Zedudu

Edmar Cruz Lima não é mais o secretário de Urbanismo do município de Parauapebas. Seu afastamento se deu em razão de o Ministério Público do Estado do Pará ter ajuizado Ação de Improbidade Administrativa em desfavor de Edmar; do engenheiro eletricista Elton Nunes, servidor efetivo lotado na Secretaria Municipal de Urbanismo (Semurb); e de outras pessoas.

Na ação, o MP pede o afastamento do gestor por supostas irregularidades no processo licitatório de número 3/2017-04, da Semurb, cujo objeto era a aquisição de lâmpadas de LED no valor global de R$ 100.695.449,40.

Pela decisão, proferida pelo magistrado Lauro Fontes Júnior, titular da Vara de Fazenda da Comarca de Parauapebas, Edmar Cruz e Elton Nunes (este fiscal do contrato das lâmpadas) foram afastados dos cargos, tiveram seus bens bloqueados e estão impedidos de frequentar o prédio da Prefeitura de Parauapebas e seus órgãos até ulterior deliberação. Eles também estão impedidos de retirar qualquer documento desses ambientes.

O juiz manda dar ciência ao prefeito municipal Darci Lermen, a fim de garantir o efetivo cumprimento da sentença, e determina que todo e qualquer pagamento, pendente ou não, inclusive liquidado, relacionado ao contrato das lâmpadas LED, seja suspenso até decisão definitiva.

Continue lendo

Destaque