Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

Procon-SP aciona Apple por não reparar iPhone danificado pelo contato com a água

Resistência à água é divulgada nos materiais oficiais da linha iPhone (imagem: Apple)

Publicado

em

O Procon-SP anunciou que notificou a Apple em busca de explicações sobre o não reparo ou troca de iPhones danificados pelo contato com a água, apesar da alegada resistência do aparelho a esse tipo de situação. O órgão paulista informou que recebeu 21 reclamações de consumidores, todas envolvendo casos de iPhones que entraram em contato com líquidos.

Segundo o Procon-SP, os consumidores teriam acionado a garantia da Apple, que se negou a realizar reparos ou substituir o aparelho, alegando justamente que o celular entrou em contato com a água.

O órgão de defesa do consumidor quer que a empresa apresente laudos técnicos que mostram por onde o líquido entrou e porque não cumpriu o termo de garantia (que não cobre danos causados por água). Os modelos listados na notificação são apresentados pela fabricante como sendo resistentes à água, portanto a Apple terá que comprovar que o dano causado pelo líquido foi consequência de mau uso do aparelho.

Além disso, a empresa deverá prestar informações sobre como o celular detecta a presença de água em seu interior.

Não bastasse tudo isso, o Procon-SP quer ainda que a Apple forneça documentação que comprove as afirmações de resistência à água citada nos materiais de divulgação de seus celulares.

A Maçã tem sete dias para responder à notificação do Procon-SP, contados a partir desta terça-feira (8).

Modelos envolvidos:

  • iPhone 7/7 Plus
  • iPhone 8/8 Plus
  • iPhone X
  • iPhone XR
  • iPhone XS/XS Max
  • iPhone SE (2020)
  • iPhone 11
  • iPhone 11 Pro/11 Pro Max

Apple se esquiva

Apesar de usar a resistência à água como argumento de vendas, a Apple informa em sua página de suporte que a garantia não cobre danos causados por líquidos:

A resistência a respingos, água e poeira não é uma condição permanente e pode diminuir com o tempo. Danos por líquido não são cobertos pela garantia, mas talvez você tenha direitos de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

A empresa orienta que, após contato com líquidos, os consumidores sequem o aparelho imediatamente com um pano seco e macio que não solte fiapos. A Apple recomenda, ainda, que o aparelho não seja exposto ao calor nem tenha o conector Lightning seco com objetos como cotonetes.

A notificação do Procon-SP lembra um caso semelhante envolvendo a Sony, que deixou de anunciar a resistência de seus celulares à água após uma série de reclamações semelhantes. Será que a Apple fará o mesmo?

Fonte: Procon  

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual