Conecte-se Conosco

EDUCAÇÃO

Quem está fora do ensino superior tem até hoje para concorrer ao Fies

Publicado

em

Foto: Reprodução /Fonte: Agência Brasil

Termina nesta quarta-feira (11) o prazo para que estudantes que ainda não estão matriculados no ensino superior concorram a uma das vagas que não foram preenchidas no processo seletivo regular do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no site do programa.

Para se inescrever, é preciso ter participado do Exame Nacinal do Ensino Médio (Enem), em qualquer edição a partir de 2010. É preciso ter obtido nota igual ou superior a 450 pontos no exame e não ter tirado zero na redação. Além disso, os candidatos precisam ter renda mensal bruta familiar de até três salários mínimos.

As vagas serão ocupadas conforme a ordem de conclusão das inscrições, que garantem ao candidato apenas a expectativa de direito à vaga remanescente para a qual se inscreveu. O candidato só terá a certeza de que conseguiu a vaga depois que validar as informações na instituição de ensino em até dois dias úteis após a inscrição.

Aqueles que não quitaram o financiamento anterior pelo Fies ou pelo Programa de Crédito Educativo não podem se inscrever, assim como os que têm atualmente financiamento do Fies.

Os candidatos já matriculados em instituições de ensino têm prazo maior para se inscrever, até 29 de novembro.

Continue lendo
Clique para comentar

EDUCAÇÃO

Listão da UFPA para processo seletivo 2020 é divulgado; Veja

Publicado

em

Fonte: Ascom/UFPA

Já são 136 os calouros aprovados para entrar na federal paraense no ano que vem

Alô, papai! Alô, mamãe! Esta terça-feira, 12, foi dia de listão! A Universidade Federal do Pará (UFPA) divulgou na tarde desta terça-feira, 12, o resultado do Processo Seletivo à Mobilidade Interna (Mobin) 2019. Por ele, estudantes da universidade podem “trocar de curso”. Mas este não foi o primeiro “listão 2020” divulgado pela UFPA. 

Ao todo 885 estudantes se inscreveram para disputar 231 vagas em 69 cursos sediados nas cidades de Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Belém, Bragança e Castanhal.

Até agora já são 136 calouros 2020 da UFPA, isso porque outros 24 estudantes já haviam sido aprovados no Processo Seletivo Especial 2020-2(PSE 2020-2) para o curso de Licenciatura Integrada, sediado em Mocajuba, no nordeste do Estado. Este último foi oficialmente o primeiro listão 2020 da Universidade.

Os calouros devem agora acompanhar a página do Centro de Registros e Indicadores Acadêmicos no endereço www.ciac.ufpa.br onde será lançado um edital com orientações para que eles se registrem na universidade e, só então, confirmem a conquista da vaga na UFPA. 

Outros concursos

Ainda estão em andamento o Processo Seletivo 2020 (PS2020) que aguarda a chegada das notas dos candidatos no Enem 2019 para homologar as inscrições e processar o resultado, o que só deve ocorrer a partir de janeiro.

Também ainda está em andamento o Processo Seletivo Especial 2020/1 (PSE 2020-1), que oferta vagas especificas para estudantes indígenas e quilombolas. Para os cerca de mil estudantes inscritos a primeira fase do concurso será neste domingo, dia 17 de novembro. A seleção oferta 556 vagas extras em 189 cursos, ou seja, duas vagas em cada curso oferecido pela Universidade. 

E ainda estão em andamento as seleções para os cursos técnicos em arte. Os candidatos aos cursos técnicos da Escola de Música da UFPA (Emufpa) também farão a segunda fase do concurso neste domingo, dia 17 de novembro. 

Enquanto isso, a inscrição para as 155 vagas dos cursos sediados na Escola de Teatro e Dança da UFPA (ETDUFPA) foram prorrogadas e encerram na próxima segunda-feira, dia 18 de novembro.

E tem mais editais a caminho – A UFPA deve relançar em breve o edital do PSE 2020-3 que oferta 270 vagas para o curso especial de Educação do Campo e deve divulgar também em breve o edital do Processo Seletivo à Mobilidade Externa (Mobex), que permite que universitários de outras instituições de ensino ou recém-formados que sejam aprovados e classificados no concurso se “transfiram” para a UFPA, por isso, ele é conhecido entre os estudantes como “Vestibulinho”.

Fonte: Ascom/UFPA

Continue lendo

EDUCAÇÃO

Weintraub diz que Enem foi o “melhor de todos os tempos”

Publicado

em

Ministro Abraham Weintraub avaliou o Enem 2019 Foto: MEC/Gabriel Jabur

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, avaliou neste domingo (10) a realização dos dois dias de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019. O chefe da pasta fez uma análise positiva do exame, que classificou como o “melhor de todos os tempos”.

– Esse foi, acho que dá para afirmar agora, o melhor Enem de todos os tempos, tanto em execução, operação, logística e também quanto à formulação, porque a gente até agora não está vendo uma crítica técnica, embasada, quanto às provas – declarou.

Segundo Weintraub, outro ponto positivo desta edição foi a taxa de abstenção apresentada, que se consolidou como a menor entre todas as edições da prova. No primeiro dia, 23,1% dos candidatos inscritos não compareceram aos locais de prova. No total, Dos 5.095.388 inscritos, os ausentes foram 1.385.579, o que representa uma abstenção de 27,19%.

O ministro apontou ainda que para as próximas edições, a busca será por um Enem mais técnico e menos ideológico, com o objetivo de que aconteça uma seleção mais justa através do exame.

Continue lendo

EDUCAÇÃO

Enem termina com 27,19% de ausentes, menor taxa desde 2009

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Brasil

O Exame Nacional do Ensino Médio terminou hoje (10). Ao todo, estiveram presentes nesse segundo dia de aplicação, 3,7 milhões, do total de 5,1 milhões de candidatos inscritos. Aqueles que faltaram ao exame correspondem a 27,19% do total. Os números foram divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

“Tivemos a menor abstenção de todos os tempos, tanto no primeiro dia, quanto hoje”, afirmou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. A porcentagem de abstenção no segundo dia superou a menor taxa até então, que era a de 2015, quando 27,33% dos candidatos inscritos não compareceram ao exame.

A taxa do primeiro dia, que foi 23,1% superou a de 2018, até então a mais baixa, que foi de 24,76%. A contagem é feita desde 2009, quando o exame foi reformulado para selecionar estudantes para universidades brasileiras.

“Tivemos, acho que agora dá para afirmar, o melhor Enem de todos os tempos, tanto em execução, operação, logística, como também em termos de formulação”, disse Weintraub.

Eliminações

No total, foram eliminados, no Enem, 747 participantes, sendo 371 candidatos no segundo dia de exame e 376 pessoas no primeiro dia. Esses participantes descumpriram as regras do exame.

Neste ano, as regras de segurança ficaram mais rígidas. Participantes cujos celulares ou quaisquer outros objetos eletrônicos emitissem som foram eliminados, mesmo que esses aparelhos estivessem dentro do envelope porta-objetos que é entregue a cada participante e fica lacrado durante a aplicação.

Próximas datas

Os gabaritos oficiais serão divulgados na quarta-feira (13). Também serão divulgados os Cadernos de Questões, em todas as suas versões. No total, serão seis gabaritos para cada dia de aplicação e seis Cadernos de Questões, de acordo com as cores da prova e opções acessíveis.

Os participantes deverão ficar atentos para conferir o gabarito relativo à cor de prova que fez em cada domingo de aplicação.

Os resultados individuais do Enem 2019 serão divulgados na Página do Participante e no aplicativo do Enem, em janeiro de 2020, a partir de consulta com CPF e senha.

O resultado dos participantes eliminados, segundo o Inep, não será divulgado, mesmo que eles tenham realizado o Enem nos dois dias de aplicação. Para os treineiros, que fazem o exame para autoavaliação de conhecimentos, a consulta só será liberada em março do ano que vem.

Reaplicação

O estudante que se sentiu prejudicado no Enem poderá informar o Inep, pela Página do Participante, entre os dias 11 e 18. Cada caso será analisado e o participante poderá ter direito a fazer a prova novamente.

“[O candidato] vai entrar na Página do Participante e vai apresentar um recurso, vai contar a história do porquê se sentiu prejudicado. E no dia 27 de novembro daremos uma resposta”, diz o presidente do Inep, Alexandre Lopes, que orientou que mesmo que os participantes tenham dúvidas se têm ou não direito a reaplicação, que façam o recurso.

De acordo com o edital do exame, podem ter direito à reaplicação aqueles que foram afetados por problemas logísticos. São considerados problemas logísticos fatores como desastres naturais que prejudiquem a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local; falta de energia elétrica que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural; e erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que leve ao comprovado prejuízo do participante.

Os estudantes que sentiram alguma indisposição ou problema de saúde e tiveram que sair da sala onde estava sendo aplicada a prova não terão direito à reaplicação, segundo as regras do exame.

O resultado da solicitação poderá ser consultado, também, na Página do Participante, no dia 27 de novembro. A reaplicação do Enem 2019 irá acontecer nos dias 10 e 11 de dezembro, para quem tiver o pedido aprovado.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital