Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

Recomendação sobre Internet das Coisas coordenada pelo Brasil é aprovada pela União Internacional de Telecomunicações

Foto: Reprodução / Fonte: Anatel

Publicado

em

A recomendação internacional do modelo de referência arquitetônico para dispositivos de aplicações da IoT (ITU-T Y.4460 – Architectural reference model of devices for IoT applications, em inglês) foi aprovada na reunião de abril da Comissão de Estudos 20 – “Internet das Coisas, Comunidades e Cidades Inteligentes”, do setor de normatização da União Internacional de Telecomunicações (UIT). A recomendação foi proposta e coordenada pelo Brasil.

A Anatel, na função de coordenadora da representação do Brasil em discussões internacionais de telecomunicações por meio das Comissões Brasileiras de Comunicação (CBC), trabalhou na articulação com os agentes nacionais envolvidos na iniciativa e na negociação com os demais membros da UIT-T para a aprovação da recomendação.

O documento define uma classificação dos dispositivos de IoT (Internet das Coisas, do inglês Internet of Things, IoT), baseado nas capacidades de processamento e conectividade. A partir da correlação das capacidades, são definidos os modelos de referência com os requisitos para as arquiteturas de software de cada uma das classes de dispositivos.

Ação internacional

A recomendação foi proposta e coordenada pelo Brasil e é o primeiro fruto na área internacional de normatização da colaboração entre o governo brasileiro (Anatel e MCTIC), o setor privado (Instituto Cesar e Eldorado) e a academia (Inatel).

O trabalho se iniciou nas discussões da Câmara de IoT, iniciativa coordenada pelo MCTIC, com participação de membros do setor público, privado e academia, e tem, entre seus objetivos, fomentar o ecossistema de IoT no Brasil.

A UIT é a agência especializada da ONU em telecomunicações. O setor de normatização da instituição (UIT-T) conta hoje com cerca de 190 países e mais de 700 empresas entre seus membros. Para que uma recomendação seja aprovada é necessário que haja o “de acordo” de todos os membros. O documento vai agora para revisão editorial e em seguida estará disponível gratuitamente nos seis idiomas oficiais da UIT.

Interessados em participar das discussões sobre IoT na UIT, ou em outras discussões sobre normatização internacional de telecomunicações, podem entrar em contato com a Secretaria Executiva da CBC3 por meio do e-mail: secbc3@anatel.gov.br .

Continue lendo
Clique para comentar

TECNOLOGIA

iPhone SE 2 ainda deve ser lançado em março, apesar do coronavírus

Publicado

em

Fonte: Canal Tech Foto: Reproducao

Não é de hoje que rolam os boatos sobre um novo iPhone de entrada, o tão falado “sucessor do iPhone SE”. Contudo, será que você deveria esperar por ele? É o que vamos tentar responder aqui.

Em poucas palavras, se você está lendo este artigo em busca de um veredito, a minha resposta é: sim. Pronto, até a próxima!

Contudo, a resposta não é tão simples assim, e dependerá de uma série de fatores que vão desde rumores e vazamentos até as informações oficiais que devem ser reveladas em meados de março.

Se lembrarmos o que foi o iPhone SE, e usarmos os boatos sobre o novo iPhone 9, podemos tirar algumas conclusões baseadas em expectativas. Vamos lá!

iPhone 9: o que dizem os boatos?

Assim como o iPhone SE original usava a mesma carcaça do iPhone 5s, equipado com o processador do iPhone 6s, os rumores apontam que o iPhone 9 (ou iPhone SE 2) será parecido com o iPhone 8 por fora, mas por dentro trará o novo processador A13 usado no iPhone 11.

Outras especificações indicam que o Touch ID será mantido, assim como a tela de 4,7 polegadas, além de 3 GB de memória RAM (contra 2 GB do iPhone 8 e 3 GB do iPhone 8 Plus). Ficariam de fora recursos como o Face ID, 3D Touch e câmeras traseiras adicionais.

iPhone 9 deve reviver o visual padrão do iPhone 8 / Imagem: Evan Blass

iPhone 9: se você quer comprar um iPhone 8

Melhor esperar para ver se o boato se confirma. O iPhone 9 trará especificações atualizadas, com um preço não muito diferente do atual iPhone 8. Os analistas de mercado esperam que o modelo custe até mais barato que o iPhone 8 (pelo menos nos EUA). Na pior das hipóteses, o lançamento do iPhone 9 empurraria para baixo os preços da geração anterior, assim como aconteceu com o 5s em 2016.

A principal vantagem das especificações apresentadas para o iPhone 9 até aqui é o processador atualizado. Com o mesmo chip do iPhone 11 – mesmo que com menos GHz de processamento – o iPhone 9 teria quase 40% a mais de desempenho que o modelo anterior (o A13, atualmente, é 20% mais rápido do que o A12 que, por sua vez, entrega 15% mais desempenho do que o A11), de acordo com os números da Apple.

Já o salto de eficiência energética divulgada pela fabricante chega a quase 100%. Ou seja, além do maior desempenho, o processador atualizado abre espaço para maior autonomia de uso caso o iPhone 9 use uma bateria equivalente.

Visual com tela sem entalhe e Touch ID físico devem estar presentes no iPhone 9 / Imagem: OnLeaks

Outra vantagem, é que o novo modelo terá atualizações por pelo menos um ano a mais, tradicionalmente, a Apple usa o processador como linha de corte para o suporte nas atualizações do iOS. O iPhone 5s e 6, por exemplo, ficarão restritos ao iOS 12, enquanto o SE (que divide o processador com o 6s) recebeu o iOS 13.

iPhone 9: se você quer comprar um iPhone 11

Não vale a pena esperar, o iPhone 9 poderá até ter o mesmo processador do iPhone 11, mas outras características importantes não. O iPhone 11 tem 4 GB de memória RAM, um conjunto de câmeras de respeito, Face ID e, claro, a tela maior com bordas reduzidas que o diferenciam dos iPhones antigos.

Além disso, o lançamento de um novo iPhone de entrada tem pouca chance de afetar o preço do iPhone 11, assim como a chegada do iPhone SE não impactou o preço do 6s – que caiu apenas com a chegada do iPhone 7.

iPhone 9: quais são as alternativas?

Para quem prefere uma tela grandona, uma alternativa a considerar no lugar do iPhone 8 Plus é o iPhone XR, o visual atualizado com bordas reduzidas, processador mais moderno e preço sugerido menos de 10% mais alto (R$ 4.299 contra R$ 3.999), sem contar os descontos que são frequentes. Fica a dica.

E na sua opinião, os rumores sobre o iPhone 9 chamaram sua atenção? Compartilhe sua opinião através dos comentários abaixo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Continue lendo

TECNOLOGIA

Nintendo lança Switch Lite em nova cor às vésperas de Animal Crossing New Horizons

Publicado

em

Fonte: Nintendo Celular Foto: Reproducao

A Nintendo segue vendendo o Switch feito água, mas o novo coronavírus fez com que ela adiasse por tempo indeterminado o novo modelo do console adesivado com personagens de Animal Crossing. A pré-venda estava prevista para o início de fevereiro, já que o jogo será lançado agora em março.

Com isso a empresa deverá ver o efeito negativo desse adiamento nos seus números de vendas, porém, ela tem um plano B nas mangas: ela anunciou no Japão uma nova cor para o Nintendo Switch Lite, agora disponível em Coral Pink.

A cor na verdade é um rosa pastel, e com isso o dispositivo mais portátil da família agora pode ser comprado em amarelo, azul claro, cinza, rosa, além da versão promocional Pokémon Sword & Shield.

Por lá a pré-venda fica disponível no dia 7 de março, data conveniente para aproveitar o lançamento de Animal Crossing: New Horizons. Quando a empresa lança um novo jogo first-party, é bem comum que o número de venda de consoles aumente no mesmo período, e por isso o lançamento desse modelo não chega à toa.

Infelizmente em um primeiro momento a nova cor fica disponível apenas por lá. Mas bem, não é como se a Nintendo possuísse uma representação oficial no Brasil para distribuir seus consoles. Aqui, todo fã da marca fica “refém” de importações próprias, ou então de revendedores que trazem os produtos em grande quantidade para revenda.

O Switch Lite é US$ 100 mais barato que o Switch comum, porém, corta uma série de recursos, como a possibilidade de transmissão da jogatina para uma TV. Além disso, é necessária a compra de um par de joy-cons comuns para uso de sensores de movimento em títulos como ARMS, Just Dance, e outros. No fim das contas, ele é um sucessor espiritual do 3DS.

Vale lembrar, quem espera uma variante mais poderosa do console, ao menos em 2020, deve reduzir suas expectativas drasticamente.

Continue lendo

TECNOLOGIA

Tudo o que já sabemos sobre o novo The Sims 5

Publicado

em


Game ainda não tem data de lançamento, mas não deve demorar muito mais.

O primeiro The Sims foi lançado no dia 4 de fevereiro de 2000. Isso significa que a franquia acaba de completar 20 aninhos de existência. E que existência! Um dos games mais famosos do mundo conquistou uma legião de fãs nesse intervalo de tempo e promete honrá-los com um The Sims 5 cheio de novidades.

 (Reprodução/Reprodução)

Como a última edição da série, o The Sims 4, foi lançado em 2014, os rumores sobre o The Sims 5 estão cada vez mais quentes! Recentemente, Andrew Wilson, diretor da Electronic Arts, revelou alguns detalhes sobre o lançamento:

1. Vai ser lançado para PS5 e Xbox Series X
Como ambos os consoles devem chegar ao mercado no final de 2020, a estimativa é que o próximo The Sims seja lançado entre 2021 e 2022.

2. Terá salvamento na nuvem
De acordo com Wilson, a jogabilidade do game será bastante focada na do The Sims Online, para companhar a realidade atual dos jogos. Isso incluirá uma grande estrutura de salvamento na nuvem, em que o usuário poderá gerenciar seus progressos.

3. Será multiplayer
Esse foco na nuvem indica que o The Sims 5 terá como destaque a opção multiplayer, em que os gamers poderão interagir entre si com ainda mais possibilidades. “Interações sociais e competição” serão o foco central da edição, segundo o diretor da EA Games.

Atualizaremos esta matéria conforme mais novidades forem divulgadas. Qual o nível de ansiedade por aí? s

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital