Conecte-se Conosco

EDUCAÇÃO

Resultado do Encceja já pode ser consultado no site do Inep

Fonte/Foto: Agencia Brasil

Publicado

em

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) já disponibilizou em seu site os resultados do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) de 2019. Para acessar as notas é exigido CPF e a senha.

Terá direito ao certificado de ensino fundamental ou médio o candidato que obtiver a nota mínima exigida em todas as quatro áreas de conhecimento e na redação, sendo 100 pontos nas provas objetivas e 5 na de texto.

O certificado será emitido pelas secretarias de Estado de Educação. Segundo o MEC, os institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia que firmaram adesão ao Encceja também são certificadores do exame, porém somente do ensino médio.

O Encceja é um exame que tem por objetivo aferir competências, habilidades e saberes de jovens e adultos que não concluíram o ensino fundamental ou o ensino médio na idade adequada. Nessa edição, teve recorde de 1.185.945 participantes, número que representa um aumento de 45% em relação à edição do ano passado.

Edição: Fernando Fraga Tags: ENCCEJAINEPPROVASRESULTADO DE PROVAS

EDUCAÇÃO

Após virar meme, brasiliense gabarita prova de matemática do Enem na sexta tentativa

Publicado

em

Frederico Torres, professor do DF, gabaritou a prova de matemática do Enem 2019 — Foto: Instagram

Frederico Torres é professor da disciplina e faz teste desde 2014, mas até ano passado sempre errava uma questão. Alunos o chamavam de ’44 de 45′.


Frederico Torres, professor do DF, gabaritou a prova de matemática do Enem 2019 — Foto: Instagram

Com a divulgação das notas individuais Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, na sexta-feira (17), o brasiliense Frederico Torres, de 33 anos, viu a realização de um desejo antigo. Após seis tentativas, ele conseguiu, pela primeira vez, gabaritar a prova de matemática do exame.

Frederico é mestre em matemática e professor da disciplina. Ele conta que, desde 2014, faz o Enem para ajudar na orientação aos alunos. No entanto, até a edição de 2019, sempre errava uma das 45 questões do teste. Entre alunos, o professor virou meme como “o 44 de 45”.

Com a conquista, Frederico tirou a maior nota do Enem em matemática nesta edição: 985,5. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no entanto, não informou se ele foi o único a conseguir o resultado no país.

Frederico dá aulas em um colégio particular e em dois cursinhos preparatórios da unidade. Segundo o professor, a participação no exame é importante para entrar no estado mental dos alunos.

“Desde 2014 eu faço a prova, com o objetivo de me colocar no lugar do estudante e entender o modelo do Enem. Acho isso importante como professor, até porque também tenho um trabalho de orientação de estudo”, afirma Frederico.

Frederico Torres virou meme entre estudantes após sempre errar uma questão no Enem — Foto: Reprodução/Instagram

Em 2018, no entanto, a prova acabou sugerindo um novo caminho para o professor. Com a nota do Enem daquele ano, Frederico conseguiu uma vaga para o curso de medicina da Universidade de Brasília.

“Fazer medicina nunca foi meu objetivo, até porque sou muito feliz no meu trabalho e tenho zero motivos para querer trocar de profissão. Mas decidi não fechar essa porta. Quis fazer o curso para não me arrepender depois”, afirma o professor.

Dicas

Com a experiência que adquiriu durante as provas e com o trabalho como professor, Frederico afirma que, para ter sucesso no Enem, o estudante precisa entender suas limitações e ter tranquilidade e serenidade para ir vencendo cada etapa.

“Às vezes, um aluno me pergunta se é melhor fazer um cursinho de seis meses, para tentar o vestibular do meio do ano, ou de um ano inteiro para tentar o Enem. Eu acredito que para alunos que tem dificuldades em determinadas matérias, um curso anual pode trazer melhores resultados. É importante ter paciência.”

Frederico Torres, professor do DF, gabaritou a prova de matemática no Enem 2019 — Foto: Arquivo Pessoal
Frederico Torres, professor do DF, gabaritou a prova de matemática no Enem 2019 — Foto: Arquivo Pessoal
Continue lendo

EDUCAÇÃO

MEC afirma que notas do Enem com erros serão revistas

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: *Folhapress

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou neste sábado (18) que notas do Enem foram divulgadas com erros.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) liberou na sexta-feira (17) os resultados individuais da última edição do exame. À noite, participantes começaram a relatar nas redes sociais estranhamento com as notas.

Weintraub publicou vídeo na manhã deste sábado nas redes sociais em que assume a falha.

– Encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem – disse.

POUCOS AFETADOS
O ministro disse que o impacto em número de candidatos foi pequeno, mas não detalhou a dimensão do problema. Quase 4 milhões de pessoas participaram do exame.

– Um grupo muito pequeno de pessoas teve o gabarito trocado quando foram fechados os envelopes – disse.

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, disse, neste sábado, que quatro casos de erros foram confirmados e as falhas podem chegar a 1% dos candidatos, ou seja, cerca de 39 mil pessoas.

Entretanto, o órgão admite que só terá dimensão real do problema na própria segunda, porque as equipes vão continuar a analisar os arquivos em busca de problema. Lopes concedeu entrevista sozinho, sem a presença do ministro, apesar de Weintraub ter estado no Inep na manhã de sábado para gravar o vídeo publicado.

O erro aconteceu na identificação dos candidatos e da respectiva cor de sua prova. Todos os candidatos fazem a mesma prova, mas há versões diferentes, com itens em ordem diversa, identificadas por cores.

Assim, o candidato fez a prova de uma cor, mas o sistema a corrigiu como se ele tivesse feito de outra. A falha ocorreu na gráfica que imprimiu as provas, segundo o presidente do Inep.

– Houve inconsistência no gabarito de algumas provas do Enem 2019 e, por isso, candidatos foram surpreendidos com os resultados de suas notas – escreveu o ministro, na publicação do vídeo.

Continue lendo

EDUCAÇÃO

Enem: Weintraub admite troca de gabaritos e promete corrigir “inconsistências”

Weintraub pediu desculpas aos estudantes que levaram, segundo ele, o “susto”

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Com informações da Agência Estado.

Após reclamações de participantes do Enem 2019, o Ministério da Educação prometeu resolver até segunda-feira (20/1) os problemas nas notas do exame. Parte dos candidatos percebeu que os resultados não consistiam com o gabarito divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

“Houve inconsistência no gabarito de algumas provas”, afirmou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. De acordo com ele, em torno de 0,1% dos candidatos tiveram o gabarito trocado na hora do armazenamento. O erro pode ter envolvido a cor da prova. Dos 5.095.388 inscritos para o exame, 3.709.809 fizeram a prova no segundo dia de aplicação.

O ministro prometeu que as “inconsistências” serão corrigidas até segunda e que nenhum candidato será prejudicado pelo erro. Weintraub pediu desculpas aos estudantes que levaram, segundo ele, o “susto” ao conferir a nota do Enem. 

Já o presidente do Inep, Alexandre Lopes, apontou falha da gráfica Valid Soluções S.A. nas notas erradas. Ainda de acordo com Lopes, foram menos de nove mil candidatos prejudicados pela situação, que ocorreu devido a uma troca dos gabaritos — havia modelos diferentes, com cores diferentes, do mesmo exame. A falha teria ocorrido no segundo dia de prova.

A empresa de impressão trabalhou com o exame pela primeira vez nesta edição de 2019.  

Sisu 

Os estudantes que reclamam, nas redes sociais, dos problemas nas notas do Enem se preocupam também com o acesso às universidades. O início das inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em universidades públicas com as notas do Enem, é na próxima terça-feira (21/1).  O resultado do Enem 2019 foi divulgado na última sexta-feira (17/1). Dos quase quatro milhões de candidatos, só 53 tiraram nota mil na redação; dois desses textos considerados ‘perfeitos’ são de Brasília.  

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital