Conecte-se Conosco

ENTRETENIMENTO

Rua para Todos garante esporte e lazer em Belém

Publicado

em

Por Victor Miranda/Comus

O projeto “Rua de Todos”, da Prefeitura de Belém, levou famílias e praticantes de atividades físicas à avenida Visconde de Souza Franco, a Doca, na manhã deste domingo (19). Com a pista central fechada para carros do perímetro da avenida Marechal Hermes até a rua Boaventura da Silva, das 7h às 19h, a prática de atividades físicas e o lazer foram liberados.

O “Rua de Todos” é um projeto planejado desde o ano passado pela Prefeitura, explica o titular da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel), Wilson Neto: “O projeto está sendo desenhado desde o ano passado, sendo um trabalho integrado entre todas as secretarias municipais para oferecer para as pessoas o espaço de forma compartilhada”.

Segundo o secretario, o projeto tem como objetivo fazer com que a população utilize a rua como opção de lazer e de forma ordenada. “O ‘Rua de Todos’ continua nos próximos domingos. É importante que a população prestigie e ocupe a rua como espaço de lazer”, disse.

O taxista Antônio Carlos Carvalho resolveu conferir e aprovou o resultado. “Achei ótima a iniciativa. Belém precisa de mais áreas assim. Temos o Parque do Utinga e o Portal da Amazônia, mas às vezes a distância atrapalha”, afirmou o taxista, que comparou o projeto com um semelhante da cidade de São Paulo, onde a avenida Paulista é fechada para o lazer. “Até comentei com a minha esposa que seria igual ao da avenida Paulista, e está sendo. Tenho uma filha que mora em São Paulo e já frequentei a Paulista aos domingos, então achei muito bom para Belém essa iniciativa”.

A diversão era para todos: patinar, usar skate, bicicleta e triciclo eram algumas das opções, mas teve quem só queria caminhar. Foi o caso do médico Alexandre Rosa, que aproveitou o domingo para passear com família pela pista central da Doca. “Eu achei a ideia sensacional e com a quantidade de crianças com velocípedes e bicicletas aqui, faz todo sentido trazer a família”, comentou.

E quem não levou o próprio equipamento pôde alugar bicicletas, patinetes, patins e skates com comerciantes cadastrados pela Secretaria Municipal de Economia (Secon). A empresária Bianca Azevedo, que estava com um trailer alugando patinetes e patins, vê com bons olhos a iniciativa da Prefeitura de Belém. “É bem interessante para a gente esse projeto. É mais uma porta aberta para o comércio”, disse.

O projeto “Ponto de Apoio”, que oferece passeios gratuitos em bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência e idosos, e a rede Bike Anjo, que incentiva o uso da bicicleta e promove encontros para ensinar a pedalar, participaram do “Rua de Todos”.

A aposentada Delfina Henriques, de 83 anos, adorou passear de bicicleta depois de tantos anos. “Fico muito dentro de casa, quase não saio, então passear de bicicleta foi uma maravilha. Adorei. Tem que ter sempre esse espaço aqui de lazer para isso”, afirmou.

A professora Nazaré Moreira aproveitou a ajuda do Bike Anjo e o local adequado para a prática de atividade física e venceu o desafio de aprender a andar de bicicleta. “Estou saindo pedalando, graças ao Bike Anjo e ao espaço, que dá essa oportunidade e condição dessa prática”, festejou.

Durante todo o dia, servidores de várias secretarias municipais trabalharam no local e nas proximidades. Equipes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) organizaram o trânsito no entorno, a Guarda Municipal garantiu a segurança, equipes da Secon e da Ordem Pública ordenaram e fiscalizaram o comércio, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) montou um posto de atendimento para medir a pressão arterial e a glicemia dos praticantes de atividade física, a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) instalou 94 novas lixeiras em toda extensão da Doca e espalhou agentes de limpeza de vias públicas durante todo a programação.

No período da tarde a programação do “Rua de Todos” segue com uma exposição da Associação de Automóveis Antigos do Pará (Asaap), que levará 100 veículos das décadas de 60, 70, 80 e 90 para a Doca, um espaço com brinquedos voltado para crianças, além de food trucks com vendas de lanches.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual