Conecte-se Conosco

Turismo

SANTARÉM/Instituto Maestro Wilson Fonseca festeja Dia dos Pais

Publicado

em

Santarém continua prestando  homenagens ao Dia dos Pais, transcorrido dia 12 passado.  A direção e os alunos do Instituto Maestro Wilson Fonseca (IMWF), com apoio da prefeitura local,   por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) vão realizar o Recital de 2018. Será neste domingo (26), às 9h, no prédio da Casa da Cultura,  na Avenida Borges Leal, 1558, entre a Avenida Barão do Rio Branco e a Travessa Silvino Pinto, no bairro Santa Clara. A entrada é franca.

“O tema Pai será aplicado nas apresentações dos cursos de música, dança e outros a serem apresentadas pelos alunos da Instituição musical. Aproximadamente 300 alunos estarão envolvidos”, explicou o diretor artístico do IMWF, José Cândido.
Nas apresentações estarão a Orquestra Sinfônica Maestro Wilson Fonseca, a Banda Sinfônica Maestro Wilson Fonseca, o Coro Infanto Juvenil, Coral Baby, Ballet Baby, as turmas de dança infantil e Ministério de Música e de Dança e outros.

A atividade cultural recebe ainda o apoio do Governo do Pará, Fundação Carlos Gomes, Rede Celpa e do Doce Vício – Sobremesas Gourmet.

Sobre o IMWF:
O Instituto Maestro Wilson Fonseca (IMWF) foi fundado como Escola de Música em 02/08/1993. Atende crianças, jovens e adultos nos cursos de música, dança e teatro. Atua objetivando a qualidade total, no retorno de resultados positivos nos mais diversos segmentos da sociedade, auxiliando na formação da cidadania com ocupação, oportunidades sadias e profissionalizantes de reconhecimento público. Profissionais de excelência na interpretação vocal e instrumental, como professores de música e regentes de bandas/corais. Na atuação em diversas programações em: escolas, faculdades, praças, salas de espetáculo teatros, inaugurações e outros, em Santarém, na capital paraense nas cidades de São Paulo (SP) e Salvador (BA).

Dessas experiências, seriedade e qualidade com que desenvolve as atividades na área da música deram a segurança para a criação de cursos de dança e teatro, titulando como IMWF, no ano de 2012. Sempre na parceria com a Fundação Carlos Gomes de Belém (PA), em 2014 foi implantado o Curso Cordas, nas categorias: contrabaixo, viola, violino e violoncelo.

Segmentos do IMWF:
Música
Banda Sinfônica Maestro Wilson Fonseca
Orquestra Sinfônica Maestro Wilson Fonseca
Banda Preparatória Wilson Fonseca
Quarteto de Cordas Wilson Fonseca
Orquestra de Cordas Wilson Fonseca
Musicalização baby
Musicalização Infantil
Musicalização Jovem

Grande Coral
Coral Wilson Fonseca
Coral Baby
Coral Infantil
Coral de Flautas Doces Wilson Fonseca
Curso de Cordas

Dança
Ministério de Dança Infantil
Ministério de Dança Jovem
Dança Contemporânea Infantil
Dança Contemporânea Jovem
Ballet Baby

Teatro
Curso de teatro

Continue lendo
Clique para comentar

Turismo

Feira da Produção Associada ao Turismo será nesta sexta-feira (7)

Publicado

em

Foto: Reprodução

Produtores rurais de 54 cidades que compõem os polos turísticos Belém e Amazônia Atlântica vão comercializar, nesta sexta-feira, 7, alimentos e sabores típicos do estado do Pará durante a Feira da Produção Associada ao Turismo. A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) realiza o evento das 8h às 13h, na sede da Setur Reduto (antiga Paratur). A entrada é franca.

Comidas típicas, produtos orgânicos e artesanato serão vendidos na feira, que terá ainda muita música e fotografia. O evento também conta com a presença de prestadores de serviços (hotéis, restaurantes) e agentes de viagens na venda de pacotes turísticos.

A proposta é fomentar o interesse de conhecer os municípios produtores que fazem parte da Rota Turística Belém Bragança. A rota baseia-se na história, na lembrança popular, afetiva e social do estado do Pará; e nos prédios históricos e monumentos que são testemunhas de uma parte rica, importante e fundamental para o desenvolvimento local. A rota percorre os 13 municípios (Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Isabel do Pará, Castanhal, São Francisco do Pará, Igarapé Açu, Nova Timboteua, Peixe-Boi, Capanema, Tracuateua e Bragança), que faziam o antigo percurso da estrada de ferro Belém Bragança.

Nessa edição da Feira está confirmada a presença de mais de 30 produtores inseridos na cadeia produtiva associada ao turismo no Estado e prestadores de serviços. Dentre os produtos que chamam atenção do visitante, são encontrados preços acessíveis para hortifrutigranjeiros provenientes da agricultura familiar (caranguejo, camarão, filé de peixe, tucupi), artesanato (miriti, gravura em tecido), licores e cachaças, polpa de frutas, mel, própolis, andiroba e cosméticos da Amazônia.

Na seara gastronômica, o sabor de pratos típicos, queijos, iogurte natural, chocolate artesanal, açaí em doses, farinha gourmet, doces caseiros, entre outros produtos que fazem parte da economia criativa associada ao turismo. Há também a participação do município de Abaetetuba, que traz o miriti e a cachaça, representando o Polo Turístico Araguaia-Tocantins.

Música – Timbres, acordes e vozes da música de gêneros diversos fazem a trilha sonora da feira. Nas pick ups, o som do vinil marca presença com a seleção musical elaborada pela DJ Flávia Hunter.

Serviço

Feira da Produção Associada ao Turismo

Data: 07.12.2018 (sexta-feira)

Hora: das 8h às 13h

Local: Setur Reduto (antiga sede da Paratur), Tv. Praça Waldemar Henrique, S/N. Entrada franca.

Com a colaboração de José Augusto Pacheco

Israel Pegado/Agência Pará

Continue lendo

Turismo

São José Liberto recebe bate-papo sobre expedição de volta ao mundo

Publicado

em

A mostra com 60 fotografias pode ser vista no salão de exposições do São José Liberto até o próximo domingo (11), com entrada franca
 O Espaço São José Liberto recebe no próximo sábado (10) Luiz e Gleyci Wanzeler para um bate-papo, aberto ao público, sobre as experiências e aventuras da viagem de volta ao mundo que resultou na exposição fotográfica “Espia! Um olhar viajante ao redor do mundo”, que pode ser vista no salão de exposições do espaço até o próximo domingo (11), com entrada franca.

Ao todo, compõem a mostra 61 fotos escolhidas, entre centenas registradas durante a expedição que o casal fez entre 2017 e 2018. A viagem foi a realização de um sonho de infância de Luiz, que agora faz parte da história do casal. Durante o percurso, incentivado por amigos, os dois decidiram fazer uma exposição e, como consequência, um livro com imagens do evento com informações a mais sobre a excursão ao redor do globo. A publicação pode ser adquirida no Espaço São José Liberto.

A mostra com 60 fotografias pode ser vista no salão de exposições do São José Liberto até o próximo domingo (11), com entrada franca

A parceria de Gleyci e Luiz com o São José Liberto é uma forma de explorar a temática do turismo, tanto no âmbito local, convidando o público a visitar um ponto turístico, histórico, comercial e cultural importante da cidade de Belém, como na perspectiva global, motivando os visitantes a explorar novas experiências e rotas turísticas.

Interatividade – Além de conferir as imagens, o público visitante também poderá acessar conteúdos on-line, vídeos e textos com dicas sobre os locais fotografados por meio de QR Codes dispostos ao lado da identificação das imagens. O conteúdo pode ser acessado por aplicativos de leitura de QR Code ou pelo próprio aplicativo de câmera de alguns smartphones.

Como a expedição “Os Éguas pelo Mundo” é a realização de um sonho que trouxe o casal paraense de volta a Belém, um quadro de recados esta disponível para que os visitantes compartilhem o seu sonho. Ao final, também é possível adquirir postais com fotos do casal e enviá-los como lembranças direto do Espaço São José Liberto, já que os cartões podem ser depositados em uma urna dos Correios instalada no local da exposição.

A exposição “Espia! – Um olhar viajante ao redor do mundo” é uma realização do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, e Gleyci e Luiz Wanzeler da Expedição de Volta ao Mundo com o projeto “Os Éguas Pelo Mundo”.

Serviço: Bate-papo “Espia!”. Sábado (10), às 16h. Exposição fotográfica “Espia! Um olhar viajante ao redor do mundo”. Visitação: de 31 de outubro a domingo (11), de terça-feira a sábado, de 9h às 18h, e no domingo, de 10h às 16h, no salão de exposições do Espaço São José Liberto. Entrada franca.

Por Marília Jardim

Continue lendo

Turismo

Alter do Chão vira capital turística do mundo durante Çairé 2018

Publicado

em

Alter do Chão está sendo o ponto de encontro de um grande número de turistas do Brasil e do mundo que estão movimentando a economia e renda da Vila Balneária por conta da Festa do Çairé. Desde a abertura do evento religioso e cultural, realizada ontem, quinta-feira (20), as pousadas e hotéis chegaram ao limite de acomodações. O vai e vem das catraias – pequena embarcação – e lanchas conduzem os visitantes e turistas para a Praia da Ilha do Amor e outros pontos turísticos próximos a Alter.

Expedição Rally Ambiental – Çairé dos Botos veio de Parintins (AM) conhecer a Festa do Çairé

O Advogado Afonso Rodrigues, natural de Parintins (AM), chegou na noite de quinta-feira (20) com um grupo de 50 pessoas através da Expedição Rally Ambiental – Çairé dos Botos. Vieram em carros, motos e gaiolas por meio do esporte. Afonso disse que é a primeira vez que prestigiam o evento e por isso a expectativa é grande. “Parintins e Alter do Chão tem uma relação cultural muito forte, em função destas duas grandes festas na Amazônia, que é o Çairé e o Festival de Parintins e sem falar nesta beleza natural exuberante que Alter possui. Nossa expedição, por meio do Rally, está trazendo 50 trilheiros e nessa aventura toda, chegamos todos sujos, “quebrados”, mas a gente tá aqui e esse prazer ninguém tira da gente. Tem pessoas que estão vindo pela primeira vez e estão encantadas. Até mesmo porque Alter do Chão tem essa magia, esse encanto e as nossas expectativas são as melhores”, destacou.

Nelma Viana e amigas são naturais de Macapá e encantaram-se com Alter do Chão

Nelma Silva Uchoa Viana é natural de Macapá (AP) e falou do seu encanto com as características rústicas da Vila Balneária de Alter do Chão e da segurança na navegação das catraias para a Ilha do Amor. “Eu achei muito bonita a natureza, uma tranquilidade que em cidade de maior porte a gente não vê. Não fomos abordados por vendedores, pois tem locais que a gente visita que até nos incomodam, e achei interessante aqui não ter. Achei interessante e bastante seguro a questão de todos usarem o colete para fazer a travessia para a Ilha. Os catraieiros com certeza foram capacitados para nos atender bem.”

A turista comentou ainda que por ser a primeira vez que visita Alter do Chão e a Festa do Çairé não pode fazer uma relação do antes e depois, no entanto irá recomendar a viagem para quem quiser. Nelma mencionou que está em Alter a convite da amiga Zoraima Cruz, que esteve outras vezes em turismo na Vila, gostou do Lago dos Botos e elogiou a estrutura.Catraias conduzem durante todo o dia turistas até a Praia da Ilha do Amor

Daniela de Sousa Coutinho, do Hotel Borari, informou que a capacidade de hospedagem no hotel está quase na totalidade e que turistas nacionais e internacionais estão hospedados no estabelecimento. “O Hotel já está com poucas vagas. Temos turistas da Holanda, de Brasília, Manaus e Mato Grosso”.

“Chegamos terça feira (18) em Santarém e ontem viemos para Alter do Chão. É a quarta vez que venho e as expectativas são as melhores, estamos prontos para aproveitar tudo o que Çairé tem a nos oferecer”, ressaltou o turista de Mato Grosso Luiz Alberto Domin.

Turistas do Rio de Janeiro apaixonaram-se pelas belezas naturais da Vila

Maria das Graças Grips Pinelli, da cidade de Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro, é estreante no Çairé e disse estar encantada com as belezas naturais de Alter do Chão. “Estou vindo pela primeira vez, estou começando a conhecer Alter do Chão. Chegamos ontem no fim do dia, por enquanto está tudo muito agradável, acredito que vai ser muito bom, mas ainda não tenho impressões definitivas. A natureza é muito bonita e vamos sair agora para passear de barco e ver como é o outro lado do rio, as belezas naturais. Somos onze pessoas encantadas por Alter do Chão”, frizou.

Pedro Pereira Castro, gerente do Hotel Mirante da Ilha, falou que de acordo com o que o hotel planejou está tudo a contento, quanto a reservas. “Nesse momento a expectativa está boa. Foram feitas todas a reservas e a maioria dos turistas que a fizeram já estão acomodados. Está muito boa a procura e a expectativa que a gente tinha foi alcançada. A maioria das reservas foram feitas por turistas do sul do Brasil, de Manaus, Belém e aqui da nossa região.

Veja outras caracteristicas do Çairé

Advan Andrade, chefe da sessão de Pesquisa da Secretaria Municipal de Turismo de Santarém (Semtur), está coordenando a coleta de dados para traçar o perfil da demanda turística do Çairé 2018 e disse que a presença dos turistas do Brasil e do exterior nesta sexta-feira (21) é notória. “O trabalho da pesquisa está sendo realizado na praça 7 de setembro e também na praça do Çairé. Até o momento está sendo muito satisfatório a pesquisa, estamos alcançando os nossos objetivos. Os turistas estão nos atendendo bem. Temos turistas do Chile, da Holanda, de Brasília, Manaus, dentre outros.”Equipe realizando pesquisa de demanda turística

Continue lendo

Destaques