Conecte-se Conosco

Esportes

São Paulo não passa do empate com o Talleres e dá adeus à Libertadores

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Gazeta Esportiva

O São Paulo deu adeus à Copa Libertadores 2019 na noite desta quarta-feira. Jogando no Morumbi pela primeira vez no ano, o time tricolor voltou a jogar mal, não passou de um empate por 0 a 0 com o Talleres e saiu maciçamente vaiado do duelo de volta da segunda fase preliminar da competição. Como venceu a partida de ida por 2 a 0, a equipe argentina garantiu sua sobrevivência no torneio continental.

A eliminação precoce, além de aumentar o histórico de vexames sofridos pelo clube nos últimos anos, aumenta a pressão sobre o técnico André Jardine a um patamar elevadíssimo. Afinal, a equipe acumula resultados negativos neste início de temporada e não apresenta sinais de evolução sob o comando do treinador de 39 anos, que pode ser demitido nas próximas horas.

Seja como for, o São Paulo tem pouco tempo para lamentar, já que tem um clássico pela frente. Neste domingo, às 19 horas (de Brasília), com ou sem Jardine, o Tricolor enfrenta o Corinthians pelo Campeonato Paulista, em Itaquera. Já o Talleres pode se preparar para medir forças com o Palestino, do Chile, na terceira fase da Pré-Libertadores. O duelos acontecerão nas próximas duas semanas.

O Jogo – Para reverter o placar adverso, André Jardine apostou em duas mudanças em relação ao duelo de ida: entraram Willian Farias e Helinho nas vagas de Jucilei e Nenê, respectivamente. Com isso, Hernanes ficou encarregado de fazer a função do suspenso Hudson e de armar as jogadas, com Diego Souza e Pablo formando a dupla de ataque.

Empurrado por quase 45 mil torcedores, o São Paulo tentou pressionar o Talleres no início da partida. Sem sucesso. Aos poucos, conforme as jogadas não fluíam, o time da casa foi apresentando sintomas de nervosismo. Tanto que Bruno Peres e Everton foram advertidos com cartão amarelo.

Com Hernanes isolado no meio e marcado de forma implacável, o Tricolor abusava da ligação direta e dos cruzamentos. Foi através de um deles que criou sua única chance de abrir o placar na primeira etapa. Aos 31 minutos, Helinho recebeu na direita e levantou na área. Livre de marcação, Diego Souza testou para fora, desperdiçando chance incrível.

Além da falta de criatividade, o São Paulo tinha de se preocupar com os contra-ataques do Talleres, que levou perigo em alguns deles. Aos 45 minutos, Hernanes fez o que a equipe pouco tentou no primeiro tempo. O chute de fora da área saiu com veneno, mas não passou de um susto para o goleiro Herrera.

A etapa complementar começou na mesma toada: o São Paulo apostando na bola aérea e nas jogadas em velocidade, e o Talleres fechado em seu campo de defesa. Aos dois minutos, após cruzamento da esquerda, Helinho aproveitou a sobra dentro da área, mas bateu em cima de Herrera, que saiu bem do gol.

Na base do abafa, o Tricolor tentava de alguma forma pressionar em busca do primeiro gol. Em dado momento, impaciente com o insucesso do time comandado por Jardine, a torcida gritou os nomes dos multicampeões Muricy Ramalho e Telê Santana, além de xingar o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Em reação às arquibancadas, o treinador promoveu duas alterações simultâneas: saíram Helinho e Bruno Peres para as entradas de Nenê e Araruna. As mudanças, porém, não surtiram efeito, e o  time continuou com dificuldades na criação. Para piorar, Everton foi expulso após dar uma solada no rosto do lateral Enzo Díaz.

Em desvantagem numérica, o São Paulo passou a ameaçar ainda menos. Aos 38 minutos, Nenê chegou a balançar as redes, mas o árbitro assinalou impedimento do meia e invalidou o gol acertadamente. Assim, o único barulho que se fez ouvir ao apito final foi o das vaias da torcida são-paulina, além da festa dos 3 mil argentinos que foram até o Morumbi.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 0 TALLERES-ARG

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 13 de fevereiro de 2019, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Roddy Zambrano (EQU)
Assistentes: Christian Lescano (EQU) e Byron Romero (EQU)
Público: 44.737 torcedores
Renda: R$ 3.032.195,00
Cartões Amarelos: Bruno Peres, Everton e Hernanes (São Paulo); Herrera e Enzo Díaz (Talleres)
Cartões Vermelhos: Everton (São Paulo)
Gol: –

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Peres (Araruna), Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Willian Farias (Antony), Hernanes e Diego Souza; Helinho (Nenê), Pablo e Everton
Técnico: André Jardine

TALLERES-ARG: Herrera; Godoy, Tenaglia, Komar e Díaz; Guiñazú, Cubas, Pochettino  (Gandolfi) e Ramírez; Palacios (Arias) e Moreno (Valoyes)
Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Continue lendo
Clique para comentar

Esportes

Re x Pa: agentes de proteção vão fiscalizar direitos das crianças no Mangueirão

Publicado

em

Agentes de segurança vão atuar no Manguiirão. Objetivo é garantir direitos das crianças e adolescentes. Objetivo é garantir direitos das crianças e adolescentes, com o objetivo de garantir direitos das crianças e adolescentes
Vinte e dois agentes de proteção da 1ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Belém, coordenada pelo juiz João Augusto de Oliveira Junior, farão fiscalização no jogo entre Remo e Paysandu, neste domingo, 17, no Mangueirão, pelo Campeonato Paraense de Futebol 2019. O objetivo é garantir e prevenir os direitos de crianças e adolescentes que irão ao evento. Os agentes serão coordenados pelos comissários da Infância e Juventude, Ruth Helena das Dores e Marcos Pessoa.
A 1ª Vara da Infância e Juventude de Belém orienta as pessoas que queiram levar crianças e adolescentes para o estádio que observem a Portaria nº 011/2008, que disciplina a entrada e permanência de crianças e adolescentes em estádios, ginásios ou campos desportivos. A portaria determina que crianças só poderão acessar o estádio para assistir ao jogo se estiverem acompanhadas dos pais ou seus responsáveis legais. O mesmo serve para adolescentes, que podem também estar na companhia de tios, avós legítimos ou de outros adultos, desde que devidamente autorizados por escrito pelos pais.
Se os agentes de proteção constatarem irregularidades, tais como crianças e adolescentes sozinhas, sem identificação, acompanhadas de pessoas que não são os responsáveis, ou até mesmo consumindo bebidas alcoólicas, as crianças e adolescentes serão encaminhados ao Conselho Tutelar para aplicação das medidas de proteção cabíveis, sem prejuízo da autuação do infrator e dos próprios pais e responsáveis.
É necessário lembrar que o porte do documento de identificação é obrigatório, tanto para adultos quanto crianças, para fins de comprovação do parentesco, como também a autorização por escrito dos pais ou responsáveis – guardião ou tutor – para adolescentes.
Cabe aos organizadores do evento impedir que os torcedores acompanhados irregularmente de crianças e adolescentes adentrem no estádio, exigindo, antes da entrada e no momento da cobrança do ingresso, a apresentação da documentação necessária. Caso não efetivem esse devido controle, poderão ser autuados por inobservância da portaria.
A fiscalização contará com o apoio da Guarda Municipal de Belém e da Polícia Militar, através do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE) e Companhia Independente de Policiamento Assistencial (Ciepas).
Na última quinta-feira, 14, durante reunião preparatória no Batalhão de Eventos da Polícia Militar, o comissário-chefe da Infância e Juventude, Francisco França, esteve com dirigentes dos clubes do Remo, Paysandu e da Federação Paraense de Futebol, além de representantes da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) e órgãos de segurança pública. Durante o encontro, ele informou e tirou dúvidas acerca do trabalho que será desenvolvido pelo Comissariado e as normativas sobre o acesso de crianças e adolescentes no evento.

Continue lendo

Esportes

CBF divulga datas e horários da segunda fase da Copa do Brasil

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Gazeta Esportiva

Após a definição dos 40 clubes classificados para a segunda fase da Copa do Brasil, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou os dias e os horários dos duelos do torneio.

Já na próxima terça-feira, o duelo entre Londrina x Paraná abrirá a segunda fase, às 19h15 (horário de Brasília), no Estádio do Café. Das equipes gigantes do futebol nacional, o Corinthians será o primeiro a entrar em campo. O Timão medirá forças com o Avenida, às 21h30 (de Brasília), na Arena, em Itaquera.

Santos será o último gigante a atuar. No dia 7 de março, o Peixe de Jorge Sampaoli receberá o América-RN. Provavelmente o duelo será no Estádio do Pacaembu, às 21h30 (horário de Brasília).

Confira os jogos da segunda fase da Copa do Brasil:

Terça-feira, 19-02

19h15 – Londrina x Paraná

Quarta-feira, 20-02

19h15 – Luverdense x Figueirense
21h30 – Corinthians x Avenida-RS
21h30 – Serra-ES x Vasco
21h30 – Santa Cruz x Náutico

Quinta-feira, 21-02

19h15 – Criciúma x Oeste
21h30 – Goiás x CRB

Terça-feira, 26-02

21h30 – Atlético-CE x Atlético-GO

Quarta-feira, 27-02

15h30 – Bragantino-PA x Aparecidense
19h15 – Foz do Iguaçu x Ceará
20h30 – URT x Vila Nova

Quinta-feira, 28-02

19h15 – Tombense x Botafogo-PB
21h30 – Juventude x América-MG

Quarta-feira, 06-03

19h15 – Santa Cruz-RN x Bahia
21h30 – Fluminense x Ypiranga-RS
21h30 – Mixto-MT x Chapecoense

Quinta-feira

19h15 – Avaí x Brasil de Pelotas
20h30 – ABC x Moto Club
21h30 – Santos x América-RN

Continue lendo

Esportes

Cuca se diz esperançoso e agradece Mancini por treinar o São Paulo

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Gazeta Esportiva

Anunciado como novo técnico do São Paulo na última quinta-feira, Cuca está motivado para dirigir novamente o time depois de 15 anos. O treinador, que assumirá a equipe somente após o Campeonato Paulista por causa de um tratamento cardiológico, comemorou o acerto com o Tricolor.

“Estou muito feliz por voltar ao São Paulo depois de 15 anos, esperançoso de poder ajudar o clube novamente, como fiz em 2004”, disse Cuca, em entrevista ao site oficial do Tricolor.

O técnico será apresentado na tarde da próxima segunda-feira, no CT da Barra Funda. Cuca, no entanto, ainda não trabalhará no clube por restrições médicas. A tendência é que ele inicie sua segunda passagem pelo clube no dia 15 de abril.

“Minha vontade era de me apresentar agora, mas ainda não fui liberado pelo meu médico e terei de continuar com o tratamento aqui em Curitiba. Enquanto esses dois meses não chegam, estarei me preparando ainda mais para desenvolver meu trabalho”, assegurou.

Enquanto Cuca não estiver à disposição, Vagner Mancini exercerá de forma interina a função de técnico a pedido do sucessor de André Jardine. O coordenador de futebol já estará na beira do campo durante o clássico contra o Corinthians, neste domingo, em Itaquera.

“Quero agradecer ao Mancini, porque todos sabemos que ele chegou ao São Paulo para exercer outra função, de coordenador, e ele só está assumindo o time de forma interina pelo nosso bem, especialmente pelo bem do São Paulo”, declarou Cuca, que complementou.

“Eu já tinha uma admiração grande por ele, e agora essa atitude só reforça o meu apreço. Estou muito feliz por esse desfecho e desejo ao Mancini e aos atletas toda a sorte do mundo no clássico contra o Corinthians no domingo. Estarei na torcida”, prometeu.

Em sua primeira passagem pelo São Paulo, em 2004, Cuca obteve um aproveitamento de 64% dos pontos disputados, somando 30 vitórias, oito empates e 13 derrotas em 51 jogos. Seu principal feito foi levar o time às semifinais da Copa Libertadores daquele ano, além de ter ajudado na montagem do elenco que conquistou o torneio continental, o Paulistão e o Mundial de Clubes na temporada seguinte.

“Tenho um carinho muito grande pelo São Paulo, desde 2004. Agradeço a todos, e especialmente à diretoria são-paulina, pela compreensão e também pela decisão de esperar pela minha plena recuperação. Chegarei com toda a força para ajudar o clube a cumprir com todos os objetivos”, concluiu.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaques