Conecte-se Conosco

SAÚDE

Saúde perderá R$ 500 mi para fundo eleitoral, diz ministro

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta Foto: MS/Erasmo Salomão

Publicado

em

Durante a 5ª Cúpula dos Chefes de Estado do Mercosul, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, afirmou que ficou surpreso com a retirada de R$ 500 milhões da pasta para o fundo eleitoral.

– Infelizmente, ontem, nós fomos surpreendidos para a retirada de R$ 500 milhões da saúde, do Orçamento, para poder alocar no fundo eleitoral – declarou Mandetta.

O ministro ainda disse que “com esses R$ 500 milhões, podem ter certeza que a gente poderia fazer muito mais e fazer chegar de uma maneira muito mais intensa para que vocês possam entregar as realizações em 2020”.

Uma comissão do Congresso Nacional aprovou o relatório do Projeto de Lei Orçamentária de 2020 na Comissão Mista de Orçamento. Nele, é previsto um aumento do fundo eleitoral, verba que financiará as campanhas em 2020, de R$ 2 bilhões para R$ 3,8 bilhões. A saúde perderá o equivalente a R$ 500 milhões e áreas como a educação, infraestrutura e saneamento básico também serão atingidas.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual