Conecte-se Conosco

MEIO AMBIENTE

Sem apoio da PM, ICMBio suspende fiscalização no Sudeste do Pará

ICMBio diz que ao longo dos anos, as ações de combate aos crimes ambientais no interior tem sido intensificadas

Publicado

em

As ações de fiscalização em Trairão, estão suspensas até que seja restabelecido apoio policial para garantir segurança dos agentes de fiscalização

O Instituto Chico Mendes de Preservação e Conservação da Biodiversidade (ICMBio) suspendeu nesta quarta-feira (24), as ações de fiscalização em Trairão, no Sudoeste do Pará, até que seja restabelecido o apoio policial para garantir segurança dos agentes de fiscalização. O órgão denunciou ameaças sofridas por agentes durante as ações em campos no Pará. Na terça-feira (23), o Comando Geral da Polícia Militar decidiu suspender temporariamente o apoio às ações de fiscalização do instituto.

A medida, segundo a PM, considerou o risco à integridade física de policiais militares e de agentes de fiscalização, já que, em 2016, foi registrada a morte de um policial durante ações do órgão.

De acordo com o ICMBio, ao longo dos anos, as ações de combate aos crimes ambientais no interior tem sido intensificadas. Muitos destes crimes estão associados a outras ações ilegais contra o estado, tais como trabalho escravo, evasão de divisas, grilagem de terras, exploração ilegal de recursos minerais, entre outras.

Dossiê

Na segunda (22), o órgão informou que está preparando um dossiê para a Polícia Federal denunciando ameaças sofridas por agentes durante fiscalizações. Em um dos casos, ocorrido na última sexta-feira (19), as equipes do ICMbio verificaram um ponto de desmatamento na Floresta Nacional de Itaituba e identificou criminosos que estariam extraindo ilegalmente madeira e palmito.

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual