Conecte-se Conosco

CIDADE

Sistema de transporte integra a Região Metropolitana de Belém

Publicado

em

O Governo do Estado assinou em  24 de outubro o contrato para o início das obras do BRT (Bus Rapid Transit) Metropolitano, juntamente com as obras de reconstrução da Rodovia BR-316 e sua integração à Região Metropolitana de Belém.

“Nossos filhos e netos irão usufruir de uma obra e de serviços que darão a eles melhores e mais dignas condições de mobilidade e segurança”, disse na ocasião  o governador Simão Jatene. “As obras da saída de Belém e do BRT se unem a da ampliação da Avenida João Paulo II e das Avenidas Independência e Centenário, que já mudaram para melhor a relação entre os moradores de Belém, Ananindeua e demais municípios da região metropolitana com suas cidades e com o seu dia a dia”, completou.

A cerimônia de assinatura do documento no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia envolveu, além do Governo do Estado, representantes da empresa Odebrecht Internacional, vencedora do processo de licitação. O empreendimento foi orçado pelo governo do estado em R$ 530 milhões, com a empresa vencedora apresentando uma proposta de cerca de R$385 milhões. Os recursos para o projeto são provenientes da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) e de contrapartida do Tesouro do Estado.

“O edital foi inteiramente transparente, disputado por sete empresas, sendo cinco delas internacionais e a Odebrecht venceu por apresentar um valor cerca de R$145 milhões menor que o proposto”, disse Jatene. “Acho que a Odebrecht tem agora uma grande oportunidade de reconstruir sua imagem, pois na relação com este governo do Pará não houve, há e nem haverá qualquer indício de irregularidades em projetos”, concluiu o governador.

Ação Metrópole

As obras de reestruturação da BR-316 incluem duas pistas de rolamento, com quatro faixas em cada uma delas – uma exclusiva para o BRT. Está prevista ainda uma nova iluminação de LED, nova drenagem, pavimentação, calçadas arborizadas, ciclovias bidirecionais nas duas extremidades, 13 passarelas para travessia de pedestres, paisagismo, 26 estações, dois terminais de integração, sendo um em Ananindeua e outro em Marituba, e um viaduto de quatro pétalas, em Ananindeua.

O projeto faz parte do “Ação Metrópole” que altera o sistema de transporte no trecho entre o Complexo do Entroncamento e o município de Marituba, região metropolitana de Belém; e que também inclui a construção de alternativas viárias à rodovia BR-316, como o prolongamento das avenidas João Paulo II (aberto ao tráfego neste domingo, 23) e Avenida Independência, além da adequação de vias que integram a rede de transporte coletivo.

O prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro, disse que o projeto “é o mais importante para Ananindeua nos últimos 50 anos”.

Mobilidade

O BRT Metropolitano faz parte do projeto de reconstrução da Rodovia BR-316 para integrar a Região Metropolitana de Belém, abrangendo primeiramente Belém, Ananindeua e Marituba e, posteriormente, o município de Benevides. O novo sistema de transporte urbano deve reduzir em cerca de 50% o tempo de viagem do destino ao centro de Belém e vice-versa.

O ponto inicial do BRT será o Terminal Marituba, localizado no km 10,7 da rodovia BR-316, próximo à Alça Viária, e permitirá a integração das linhas alimentadoras que vêm de Marituba. O terminal será composto por duas plataformas, sendo uma para as linhas troncais e outra para as linhas alimentadoras, área de expansão e de estocagem, praça e estacionamento para motos, veículos e bicicletas, possibilitando a integração desses usuários.

Já em Ananindeua, o terminal ficará no km 6,5 da Rodovia BR-316, em frente à sede Campestre da AABB. Será o principal ponto de integração das linhas alimentadoras de Ananindeua ao BRT. Esse terminal contará com acessos através de passagens subterrâneas para as linhas troncais, três plataformas para as linhas troncais e alimentadoras, área de expansão e de estocagem, estacionamento para motos, veículos e bicicletas, acesso à internet sem fio (Wi-Fi), praça e outra unidade da “Estação Cidadania”.

 

Pascoal Gemaque / Agênia Brasil

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual