Conecte-se Conosco

FUTEBOL

STJD admite erro em W.O e devolverá 3 pontos ao Figueirense

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Estadão Conteúdo

Figueirense disputou uma partida nesta terça-feira (8) e ficou no empate sem gols com o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, pela Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, foi fora dos gramados que a equipe catarinense ganhou mais três pontos em disputa pela segunda divisão. Depois de ser punido com a perda de três pontos pelo STJD por conta do W.O contra o Cuiabá, pela 17.ª rodada, o Figueirense vai receber os pontos de volta.

A mudança se dará porque, segundo documento divulgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), os três pontos retirados seriam referentes àqueles que estavam em disputa contra o Cuiabá.

“A Quinta Comissão Disciplinar deste STJD deliberou, à unanimidade, por condenar o Figueirense na forma do art. 203 do CBJD, aplicando-lhe a pena prevista, isto é, ‘multa de R$ 100 mil, e perda dos pontos em disputa a favor do adversário, na forma do regulamento’, o que, no caso concreto, implicou em multa de R$ 3 mil, além da perda de 3 pontos em favor do Cuiabá/MT, em conformidade do art. 56, §1º do RGC/2019”, diz o texto.

Logo após a decisão inicial de retirar os três pontos, o Figueirense e o Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina se pronunciaram denunciando que teria ocorrido um erro de interpretação por parte do departamento de competições da entidade, o que acabou se confirmando.

Após a punição, o Figueirense caiu de 23 para 20 pontos. Com o empate desta terça-feira chegou a 21 e, portanto, vai pular para 24 pontos após a nova decisão. Mesmo assim vai seguir na lanterna isolada, porque não vence um jogo há 18 rodadas, praticamente o equivalente a um turno completo.

Continue lendo
Clique para comentar

FUTEBOL

Vasco e Botafogo disputam clássico pelo Brasileirão

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: *Folhapress

Vasco e Botafogo fazem clássico na parte intermediária da classificação às 21h30 desta quarta-feira (16), em São Januário, na sequência da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ambos na zona de classificação para a Sul-Americana e com aproveitamentos similares no Nacional, Vasco e Botafogo aparecem em 12º e 13º, respectivamente, e são adversários diretos na disputa por um lugar na metade de cima da tabela.

Com base no retrospecto recente, porém, é o time cruz-maltino que vive o melhor momento: sem perder há duas rodadas, o clube vem de empate fora de casa contra o Avaí e vitória por 1 a 0 sobre o Fortaleza, no Rio.

Apesar da boa fase, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo vai para o confronto desfalcada do jovem Talles Magno, que tem se destacado como principal nome do elenco em meio à ascensão vascaína no returno.

Sem o atacante, convocado pela seleção brasileira sub-17, Luxemburgo deslocará Marrony do meio-campo para o setor ofensivo -que terá ainda Rossi e Ribamar. Para a vaga no meio, a opção será Felipe Ferreira. Outro que ganha oportunidade é o volante Bruno Gomes, que entra no lugar de Andrey.

No Botafogo, o destaque é a a reestreia do técnico Alberto Valentim, que volta ao clube após um ano e quatro meses, agora no lugar de Eduardo Barroca, demitido depois da derrota de 1 a 0 para o Fluminense, há três rodadas.

Apresentado na segunda-feira (14), Valentim teve pouco tempo para treinar a equipe, mas conta com retornos importantes.

No ataque, Diego Souza e Rodrigo Pimpão voltam após cumprir suspensão na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no sábado (12).

No meio e na defesa, as novidades são o volantes Cícero e o zagueiro Marcelo Benevenuto, que estavam suspensos, e o lateral-direito Marcinho, que viajou com a seleção brasileira para os amistosos contra Senegal e Nigéria.

Uma outra novidade pode ser o goleiro Gatito Fernández, que se reapresentou após duas partidas pela seleção do Paraguai.

VASCO
Fernando Miguel; Yago Pikachu, Leandro Castán, Oswaldo Henríquez e Henrique; Richard, Bruno Gomes e Felipe Ferreira; Rossi, Marrony e Ribamar. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BOTAFOGO
Cavalieri; Marcinho, Marcelo Benevenuto (Carli), Gabriel e Yuri; Cícero, Bochecha e João Paulo; Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando e Diego Souza. Técnico: Alberto Valentim

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro
Horário: 21h30 desta quarta
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Continue lendo

FUTEBOL

Igor Vinícius agrada e pode continuar como titular do São Paulo

Publicado

em

O São Paulo contratou dois laterais-direitos badalados no meio desta temporada, mas foi um jovem de 22 anos que recebeu elogios pela atuação que teve no setor. Com os desfalques de Daniel Alves e Juanfran, Igor Vinícius foi titular e correspondeu na vitória por 1 a 0 contra o Corinthians.

Foi o segundo clássico que ele recebeu elogios. Diante do Santos, na vitória por 3 a 2 no Morumbi, Igor Vinícius também foi titular e parou o ataque alvinegro. Na época, a preocupação era com as descidas de Soteldo.

“Fiz boas partidas, contra o Santos também, mas acho que dá para colocar a contra o Corinthians como a principal minha. Não tínhamos ganhado do Corinthians neste ano, estávamos engasgados, então pode colocar como uma das grandes partidas que eu fiz. Fico muito feliz, foi uma partida gigante minha e de toda equipe, todo mundo buscando o jogo”, comemorou Igor Vinícius.

O lateral foi contratado em dezembro de 2018 e está emprestado pelo Ituano até o fim desta temporada. O São Paulo tem preferência de compra ao final do vínculo, em valor pré-acordado entre os clubes.

Igor Vinícius ter sequência como titular durante a fase de grupos do Campeonato Paulista no primeiro semestre, mas perdeu a posição a partir das quartas de final, quando Hudson passou a ser improvisado no setor. O volante pediu para retornar a sua posição de origem no segundo semestre, e Igor ficaria com o caminho livre. No entanto, o São Paulo contratou Daniel Alves, que tem atuado como meia, e o espanhol Juanfran.

Desfalques contra o Corinthians, Daniel Alves e Juanfran são dúvidas para a partida contra o Cruzeiro, nesta quarta-feira. O brasileiro estava com a seleção e se reapresentará nesta terça no CT da Barra Funda, enquanto o espanhol tem desgaste muscular.

Continue lendo

FUTEBOL

Palmeiras pode quebrar recorde de maior série invicta em casa em Brasileiros

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Estadão Conteúdo

Na volta ao Allianz Parque, na partida contra a Chapecoense, na quarta-feira, o Palmeiras pode quebrar o recorde de maior sequência invicta como mandante em Campeonatos Brasileiros. A equipe não perde em casa há 27 jogos, a mesma série conquistada entre 1985 e 1987.

O Palmeiras voltará a jogar no Allianz Parque após ter mandado a partida contra o Botafogo no Pacaembu, no último sábado. Isso porque a casa alviverde recebeu show da dupla Sandy e Júnior.

A última vez que o Palmeiras perdeu em casa pelo Campeonato Brasileiro foi no dia 26 de maio de 2018, por 3 a 2 para o Sport, no Allianz Parque. De lá para cá, são 23 vitórias e quatro empates.

Nesta edição, a equipe está em segundo lugar na tabela, com 50 pontos. O líder Flamengo tem 58 pontos, enquanto o Santos, terceiro colocado, soma 48. O jogo contra a Chapecoense será realizado na quarta, às 21h, pela 26ª rodada.

O Palmeiras finaliza a preparação em treino na tarde desta terça-feira, na Academia de Futebol. Uma provável escalação alviverde para a partida tem: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Willian e Deyverson.

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Destaque

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital