Conecte-se Conosco

CIDADE

Superintendente da CEF visita obras do BRT

Publicado

em

Por Jaqueline Ferreira/Comus

Representantes da Caixa Econômica Federal visitam,  nesta quarta-feira 8, o canteiro de obras do BRT Belém, na avenida Augusto Montenegro. As obras do sistema BRT são acompanhadas, periodicamente, por vários órgãos fiscalizadores e o principal deles é a Caixa Econômica por ser o órgão financiador da obra.

De acordo com o diretor de obras civis da Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb), Reinaldo Leite, a Caixa realiza vistorias mensais na obra, mas a visita de hoje é feita com um espaço de tempo maior e é muito importante para o andamento e finalização do trabalho. “Com essa visita, os técnicos da Caixa podem constatar que os serviços estão em pleno andamento e que estamos trabalhando para entregar até setembro uma etapa de obra que inclui desde o elevado até o Terminal Tapanã. Somente após essas avaliações, in loco, da execução e da qualidade dos serviços, a Caixa libera os recursos do convênio”, explica o diretor.

A visita começou com uma reunião no escritório central do Consórcio BRT, onde foi apresentado todo o projeto do BRT Augusto Montenegro e feito um balanço das etapas. Em seguida, acompanhados dos técnicos da Seurb e do Consórcio, o superintendente nacional da Caixa Econômica, João Régis, e gerente da Gerência de Governo em Belém (Gigov/BE), Paulo Rocha Cunha, junto de uma equipe de 10 funcionários da Caixa, percorreram a obra, começando pela área do Terminal Tapanã. A visita terminou no Terminal Mangueirão, inaugurado há dois anos.

“No Terminal Tapanã, eles vistoriaram a estrutura do terminal, bem como, a pista expressa, que já está pronta, e os serviços de asfaltamento e urbanização no seu entorno. Também viram o andamento da pavimentação e a urbanização na entrada da avenida Mario Covas”, afirma Reinaldo.

Obras – No segundo trecho de obras, entre o elevado e o Tapanã, estão em andamento a pavimentação asfáltica das pistas próximas ao Terminal Tapanã, a urbanização do canteiro na entrada da avenida Mário Covas e a pavimentação asfáltica próximo ao condomínio Pedro Teixeira, também na avenida Mário Covas. As estações estão em fase de acabamento e recebem piso tátil.

No elevado, a primeira fase do rebaixamento já foi finalizada com a liberação da pista sentido Ananindeua. Está em andamento a segunda etapa do rebaixamento na pista no sentido oposto. A pista sentindo Ananindeua já está liberada para tráfego assim como as pistas laterais ao elevado em frente aos antigos pontos da farmácia Big Ben e da Belém Importados.

Quem segue pela Augusto Montenegro sentido Ananindeua, já pode fazer a conversão para a Laércio Barbalho pela lateral do elevado, bem como, quem segue pela Centenário sentido Ananindeua, já pode fazer a conversão a direita, sentido Entroncamento, pela Augusto Montenegro. Também já está liberado o novo retorno Augusto Montenegro/Entroncamento por baixo do elevado. A previsão de término das obras nesse ponto é até o fim de agosto.

No terceiro trecho, do Tapanã até Icoaraci, estão em execução a terraplanagem e a concretagem do último trecho da pista expressa, instalação de piso do Terminal Maracacuera e acabamentos internos, além da instalação de cobertura e fechamento lateral das cinco estações desse trecho.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual