Conecte-se Conosco

BELÉM

Tráfego na Aldeia Amazônica é interditado para recuperação das passarelas

Foto: Reprodução / Fonte: Agência Belém

Publicado

em

As passarelas da Aldeia Amazônica Davi Miguel começaram a receber serviços de recuperação nesta segunda-feira, 16, em continuidade à reforma do espaço que está sendo realizada, desde fevereiro deste ano, pela Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb). Nesta etapa da obra será realizada a substituição do piso das passarelas,  pintura e troca de algumas peças da estrutura.

Interdição – Para que o serviço seja executado com segurança, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) interditou na manhã desta segunda-feira,  a circulação de veículos na avenida Pedro Miranda, no perímetro compreendido entre as travessas Enéas Pinheiro e Pirajá, sentido centro/bairro, no bairro da Pedreira.

“A previsão é que os serviços durem cerca de 10 dias, a partir desta segunda-feira. A interdição do trânsito será feita todos os dias pela manhã, sendo liberado todos os dias, ao fim da tarde”, ressalta o diretor de obras da Seurb, Reinaldo Leite.

Com a interdição, os ônibus das linhas Sacramenta-São Brás e Sacramenta-Presidente Vargas serão desviados para a travessa Lomas Valentinas, avenida Marquês de Herval, travessa Alferes Costa e retornarão para a avenida Pedro Miranda, a destino. Veículos particulares poderão seguir o mesmo trajeto. No sentido bairro/centro, o trânsito permanece inalterado. Agentes da SeMOB estão dando apoio no ordenamento do trânsito durante os serviços.

Obra – A revitalização da Aldeia Amazônica começou em fevereiro deste ano para garantir condições de realização do desfile do Carnaval 2019 no local. As obras começaram pelas arquibancadas, calçadas, piso, pavimentação, dentre outros pontos.

De acordo com Reinaldo Leite, diretor de Obras Civis da Seurb, a obra na Aldeia Amazônica está com cerca de 90% da execução concluída. “Esta obra atinge todos os espaços da Aldeia, além do reforço estrutural, piso, cobertura, instalações hidráulicas, elétricas,  lógica e combate contra incêndio”, destacou o diretor.

Dentre os serviços já realizados estão a revisão geral da cobertura, reforma das calçadas e impermeabilização de estruturas. Além da recuperação das passarelas, ainda falta concluir os serviços na cobertura, nas calhas, nos banheiros, nos gradis externos, piso e retoques de pintura em geral. O prazo para término é até o fim de setembro.

Texto: Jaqueline Ferreira
Continue lendo
Clique para comentar

BELÉM

Curro Velho e Casa da Linguagem abrem inscrições para cursos de março

Publicado

em

Fonte: G1 Foto Reproducao

Inscrições seguem até 9 de março, quando começam as aulas.

A Fundação Cultural do Pará abriu inscrições para 85 cursos, distribuídos entre as sedes Espaço Curro Velho e Casa da Linguagem. As inscrições vão até o dia 9 de março, quando começam as aulas. Para ingressar nas turmas, é preciso procurar diretamente a secretaria do núcleo que oferta a oficina pretendida. A taxa de matrícula tem o valor simbólico de R$ 20, com isenção para idosos e estudantes de escola pública ou de infocentros que comprovem a condição.

As aulas deste módulo vão de 9 a 27 de março. No Espaço Curro Velho, as oficinas se dividem em sete nichos temáticos: linguagem visual, audiovisual, laboratório de animação, linguagem musical, linguagem cênica, infocentro e núcleo de prática de ofício e produção – totalizando 58 cursos ministrados apenas na instituição. Já na Casa da Linguagem, 27 disciplinas serão ensinadas, passando pelas linguagens verbal, visual, cênica e musical – com destaque para leituras públicas, narrativas indígenas e africanas, confecção e interpretação de texto para o ENEM e ensino de línguas estrangeiras. Confira aqui a grade de cursos ofertados.

No ato da inscrição, alunos das escolas públicas deverão apresentar o comprovante de matrícula e documentos de identificação (RG, comprovante de residência e CPF), a fim de garantir o direito à gratuidade. Caso o pretendente desista da vaga após a matrícula, é preciso comunicar à secretaria da casa responsável pela atividade – garantindo, assim, seu lugar na próxima edição do curso.

Continue lendo

BELÉM

Cai em 6,24% o preço da carne bovina na capital

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Secretaria Municipal de Economia - SECON

O quilo da carne bovina comercializada nos açougues, supermercados e mercados municipais de Belém apresentou queda de preço no mês de janeiro. É o que indica o estudo apresentado na última quarta-feira, 18, pela Secretaria Municipal de Economia (Secon) e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômico (Dieese-pa).

“Depois de um período com alta no valor da carne, devido ao volume maior de exportações, a demanda mundial começa se estabilizar e o Brasil volta a suprir o consumo interno com preços mais acessíveis”, explicou o supervisor técnico do Dieese no Pará, Roberto Sena.

Segundo a análise da Secon e do Dieese, a carne bovina comercializada na capital apresentou recuo de preço em 6,24%. Em dezembro de 2019, a carne bovina de primeira (coxão mole/chã, cabeça de lombo e paulista) foi comercializada em média a R$ 28,22 o quilo. Já em janeiro de 2020, a pesquisa observou a oferta do produto a R$ 26,46 o quilo.

Já na trajetória dos últimos 12 meses, o preço da carne bovina ofertada nos açougues, supermercados e mercados municipais de Belém apresentou uma alta acumulada de quase 34%. De acordo com o secretário municipal de economia, Rosivaldo Batista, “essa média elevada ainda é reflexo do período da alta da carne que sondou o país no segundo semestre de 2019. No entanto, acredita-se em 2020 haverá um equilíbrio de preços e assim um maior consumo do produto pela população de Belém”, observou o economista.

Por: Roberta Corrêa

Continue lendo

PREFEITURA DE BELÉM

Prefeitura de Belém leva projeto “Oficina do Emprego” a moradores de Cotijuba

Publicado

em

Texto: Talison Lima/ Agência Belém

Em busca do primeiro emprego com carteira assinada, cerca de 80 jovens e adultos que residem na ilha de Cotijuba, no distrito de Outeiro, participaram, na manhã desta segunda-feira, 17, de mais uma edição da “Oficina do Emprego”, ofertado pela Prefeitura de Belém.

A iniciativa itinerante tem a proposta orientar e auxiliar no processo de recrutamento e seleção de profissionais para atuarem na rede de restaurantes Madero. A ação foi coordenada pelo Fundo Ver-o-Sol e o Portal do Trabalhador, da Secretaria Municipal de Economia (Secon), em parceira com a Administração Regional do Outeiro (Arout).

A estudante Dayane Souza, de 18 anos, estava atenta, ouvindo todas as orientações. “Gostei muito da palestra dos trabalhadores do Portal do Trabalhador. Aprendemos sobre como se comportar durante a entrevista de emprego e recebemos dicas sobre apresentação pessoal”, comentou.

Jhonatas Silva, de 20 anos, também compareceu à sede da Cooperativa dos Barqueiros de Cotijuba, local da atividade, para aprender. “Foram muito interessantes os assuntos abordados no treinamento. São ensinamentos que vou levar para minha vida pessoal e profissional”, falou.

Segundo Paulo Melo, intermediador do Portal do Trabalhador, o outro objetivo do evento é proporcionar desenvolvimento e capacitação para pessoas desempregadas, por meio de palestras, com dicas importantes sobre postura e condutas que contribuem positivamente na conquista da almejada vaga de trabalho.

Próxima edição – Seguindo o planejamento de ações do Portal do Trabalhador, o distrito de Icoaraci receberá mais uma edição. A palestra será nesta terça-feira, 18, das 8h às 12h, na escola Municipal Avertano Rocha, situada na travessa São Roque, s/n, entre as ruas Manoel Barata e Siqueira Mendes, em Icoaraci.

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital