Conecte-se Conosco

CIDADE

TRE-PA condena Helder Barbalho por propaganda caluniosa contra candidatura de Márcio Miranda

Publicado

em

Da Redação/com informações do blog AS FALAS DA PÓLIS, de Diógenas Brandão

O candidato  a governador do Pará, Márcio Miranda (DEM), da coligação “O Pará em Boas Mãos”, que desponta em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto até agora realizadas no Pará ( três pelo Instituto Doxa/A Província do Pará; e dois pelo Ibope/ TV Liberal) conseguiu mais um direito de resposta contra a coligação de Helder Barbalho, “O Pará daqui pra frente”, formada por 16 partidos

É que a campanha de Helder havia veiculado peças de propaganda eleitoral negativas e, por tanto enganosas,  na televisão, contra seu principal adversário, acusando-o de ter ido para a reserva da Polícia Militar, no porto de capitão, e , sem ter direito, continuar recebendo integralmente o soldo relativo àquela patente.

Segundo a decisão do Tribunal Eleitoral do Pará (TRE-PA), foi falsamente alegado que Márcio Miranda recebia aposentadoria, o que o juiz Rui Frazão considerou inverídico, baseado em documentos e provas que desmontaram a mentira propagada pela coligação de Helder Barbalho. exclusivamente para para denegrir a imagem do concorrente no momento em que Márcio Miranda sobe nas pesquisas e Helder Barbalho cai, já estando, segundo tais números, assegurado o segundo turno entre ambos.

Nesse sentido, a defesa de Márcio Miranda também conseguiu suspender uma propaganda negativa feita pela equipe de Helder Barbalho na rádio, que afirmava que ele era dono de um cemitério, tentado relacioná-lo com o sentido pejorativo da palavra coveiro. Helder |Barbalho, em conversa na casa do ex-senador Mário Couto, quando os dois ainda estavam discutindo a participação do segundo na chapa do MDB para o Senado, dizia que não mandava do TSE, mas que tinha o TRE-PA nas mãos. Esta decisão favorável a Márcio Miranda parece capaz de destruir esse mito, embora aquela corte já tenha tomado muita decisões que beneficiaram o MDB e levantaram muitas suspeitas.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual