Conecte-se Conosco

CORRUPÇÃO

Tribunal suspende uma das prisões preventivas de Cunha

Ex-deputado Eduardo Cunha Foto: Agência Brasil/José Cruz

Publicado

em

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) suspendeu nesta quinta-feira (14), uma das prisões preventivas existentes contra o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, através de um habeas corpus favorável ao ex-parlamentar. Apesar da decisão, ele vai continuar preso.

A detenção de Cunha será mantida em razão de outros mandados de prisão preventiva ativos contra ele, nas justiças federais de Brasília e do Paraná. Nessas ações, o ex-deputado responde por suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras e a Caixa Econômica.

Na decisão referente ao habeas corpus concedido, Cunha é investigado pelo recebimento de propina para favorecer as empresas Odebrecht e OAS em obras na Arenas das Dunas, em Natal. A construção foi uma das utilizadas como estádio da Copa do Mundo de 2014.

A aprovação do habeas corpus aconteceu por dois votos a um. Julgaram o caso os desembargadores federais: Elio Wanderley de Siqueira Filho, Francisco Roberto Machado e Alexandre Luna Freire.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual