Conecte-se Conosco

ECONOMIA

União pagou R$ 4,25 bilhões de dívidas de estados no primeiro semestre

Publicado

em

Foto: Reprodução /Fonte: Agência Brasil

O Tesouro Nacional pagou, no primeiro semestre, R$ 4,25 bilhões em dívidas atrasadas de estados. Desse total, a maior parte, R$ 2,12 bilhões, é relativa a atrasos de pagamento do estado de Minas Gerais. Também foram pagos R$ 1,99 bilhão do Rio de Janeiro e R$ 131,21 milhões de Goiás.

Os dados estão no Relatório de Garantias Honradas pela União em Operações de Crédito, divulgado hoje (15) pela Secretaria do Tesouro Nacional. As garantias são executadas pelo governo federal quando um estado ou  município ficar inadimplente em alguma operação de crédito. Nesse caso, o Tesouro cobre o calote, mas retém repasses da União para o ente devedor até quitar a diferença, cobrando multa e juros.

Apenas em junho, a União quitou R$ 1,26 bilhão de dívidas em atraso de entes subnacionais. Desse total, R$ 610,45 milhões couberam ao estado do Rio, R$ 520,36 milhões a Minas Gerais e R$ 131,21 milhões a Goiás.

Em 2016, 2017 e 2018, o Tesouro cobriu, respectivamente, R$ 2,377 bilhões, R$ 4,059 bilhões e R$ 4,803 bilhões em dívidas em atraso de estados e municípios.

As garantias honradas pelo Tesouro são descontadas dos repasses da União aos entes federados – como receitas dos fundos de participação e Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), dentre outros. Sobre as obrigações em atraso incidem juros, mora e outros custos operacionais referentes ao período entre o vencimento da dívida e a efetiva honra dos valores pela União.

Nos últimos dois anos, no entanto, decisões do Supremo Tribunal Federal impediram a execução das contragarantias de vários estados em dificuldade financeira. Com a adesão do estado do Rio de Janeiro ao pacote de recuperação fiscal, no fim de 2017, o estado pôde contratar novas operações de crédito com garantia da União, mesmo estando inadimplente. Algumas contragarantias de Minas Gerais também não estão sendo executadas por causa de liminares concedidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Recentemente, o STF concedeu liminar para que Goiás entre no regime de recuperação fiscal, mesmo não cumprindo todos os requisitos para receber a ajuda. Na semana passada, o governador Ronaldo Caiado  anunciou que o estado está elaborando um plano de ajuste fiscal e um cronograma de privatizações de estatais locais para poder aderir ao programa.

Sem ter aderido ao programa de recuperação fiscal, o estado de Minas Gerais está impedido de contrair financiamentos com garantias pelo Tesouro até 28 de maio de 2020; Goiás até 27 de junho de 2020; Piauí até 13 de setembro deste ano; e Roraima até 12 de dezembro deste ano. A prefeitura de Natal, que não pagou dívidas com a União em 2017, não poderá pegar empréstimos garantidos pelo Tesouro até 28 de dezembro de 2019.

Continue lendo
Clique para comentar

ECONOMIA

Comércio animado com a liberação dos saques do FGTS

Publicado

em

foto: Gabriel Pinheiro/Esp. CB/D.A Press)/ Correio Braziliense

Comércio animado com a liberação dos saques do FGTS

Comerciantes estão otimistas em relação ao saque adicional dos recursos do FGTS, que começará antes do Natal. A empresária Amanda de Oliveira Souza, de 28 anos, que trabalha com artigos religiosos, espera que a liberação dos recursos estimule as vendas. “O comércio está bem parado nesses últimos tempos”, lamentou. Ela afirma que, normalmente, as vendas no fim do ano são melhores do que em outras épocas, porém, mesmo estando às vésperas das festas de fim de ano, as coisas não estão indo muito bem.

“Não está sendo tão bom quanto era antigamente. A última vez que eu me lembro de que o comércio estava melhor foi há cerca de dois anos”, disse. Porém a empresária permanece confiante de que o dinheiro extra no bolso dos brasileiros faça alguma diferença nas vendas de sua loja. “Estou otimista, mesmo sabendo que, normalmente, as pessoas usam esse dinheiro para pagar contas e quitar dívidas”, conta Amanda.

Esse é o caso da auxiliar de limpeza Maria dos Santos Vaz, 45, que, em julho, já sacou R$ 500 do FGTS e agora vai usar a outra parte para pagar contas atrasadas. “Se eu não tivesse essas dívidas, não tiraria o dinheiro da minha conta. Algumas pessoas estão sacando e usando o dinheiro para fazer besteira, vou deixar o meu lá para quando eu realmente precisar“, disse.

Maria dos Santos acredita que falta informação para a população sobre de onde vem o dinheiro que está recebendo e como usá-lo da forma correta. “Acabam sempre sacando da conta e usando de qualquer jeito, sem mais nem menos, e sem saber exatamente por que a pessoa está recebendo aquilo”, queixa-se.

Valmir Pereira, 48, gerente de uma loja de churros na Rodoviária do Plano Piloto, contou que ficou sabendo recentemente sobre o novo saque do FGTS. “Geralmente, em todas as áreas do comércio, o movimento aumenta um pouco, e as vendas também. Aqui na loja aumenta entre 15% a 20%, e temos agora a perspectiva de um aumento ainda maior por causa disso”, avaliou.

raziValmir disse que, pelo fato de as pessoas circularem bastante na Rodoviária nesta época do ano à procura de presentes para os parentes, a loja em que trabalha aproveita muito o movimento. “A gente sempre tem que ser otimista, todo mundo que mexe com vendas tem essa esperança sempre, já é da natureza essa perspectiva”, considerou.

Continue lendo

ECONOMIA

Magazine Luiza está disposta a sacrificar margens para acelerar vendas

Publicado

em

A empresa teve margem líquida ajustada de 2,8% no terceiro trimestre, inferior aos 3,3% de um ano atrás (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker) Fonte/ moneytimes

Magazine Luiza (MGLU3) está disposta a abrir mão de sua margem para entregar um crescimento exponencial nas vendas, disse o presidente-executivo da rede de varejo, nesta sexta-feira

“Se precisarmos fazer ‘trade off’ das margens, nós vamos… Eu pensei que este trade off seria até maior, mas conseguimos segurar bastante e manter o nível de rentabilidade”, disse o presidente-executivo, Frederico Trajano, em um encontro com investidores e analistas em São Paulo.

A empresa teve margem líquida ajustada de 2,8% no terceiro trimestre, inferior aos 3,3% de um ano atrás.

Nesse contexto, a aquisição da Netshoes adicionou 6 milhões de clientes à base e cerca de 1.000 vendedores, acrescentou Trajano.

O processo de integração com a Netshoes deve começar em janeiro, segundo o diretor executivo comércio eletrônico do Magazine Luiza, Eduardo Benjamin Galanternick. “Envolveu 40 grupos de trabalho analisando mais de 380 processos de melhoria tanto na Netshoes quanto na Magalu”, disse ele.

A logística é outra prioridade para a varejista, que pretende estender os serviços de armazenagem e entrega para vendedores do marketplace em 2020, disse Decio Sonohara, diretor executivo de logística.

Atualmente, o Magazine Luiza entrega 66% de todas as vendas próprias em até 48 horas, utilizando principalmente sua própria frota.

Continue lendo

ECONOMIA

18 dicas para economizar energia em casa

Publicado

em

Veja como a decoração econômica pode ajudar você a reduzir os gastos mensais e a deixar seu lar mais belo e saudável

De uma certa forma, as contas de energia cada vez mais altas estão quase fazendo um favor à natureza. Combinadas com a preservação dos recursos ambientais, uma tendência cada vez mais forte cresce em todo o mundo: a decoração econômica.

Se economizar energia tornou-se imperativo no mundo moderno, a criatividade na decoração busca respostas cada vez mais sustentáveis e saudáveis, que beneficiam o bolso e o bem-estar. Quer saber como economizar energia em casa? Reunimos 18 dicas muito legais e eficientes para deixar o seu lar mais bonito e ao mesmo tempo gastar menos energia.

1 – Invista nas lâmpadas certas

Esse é um verdadeiro investimento que vale a pena para economizar energia em casa: trocar as lâmpadas eletrônicas pelas de LED.

Para se ter uma ideia, as lâmpadas de LED, que começaram a aparecer por aqui em 2009, não têm sua vida reduzida ao serem ligadas e desligadas constantemente e são duas vezes mais econômicas que as eletrônicas e seis vezes mais que as incandescentes.

Também podem ser encontradas em diversas cores, entre elas a branca e a branca morna, ideal para a iluminação indireta.

2 – Use cores claras

Usar cores claras nas paredes e no teto ajuda a refletir a luz natural que entra pelas janela. Assim os ambientes permanecem mais claros por mais tempo, ajudando a gastar menos energia. Se gostar de cores quentes, eleja apenas uma parede para isso.

3 – Invista na iluminação natural

Na hora de construir ou reformar, invista na iluminação natural colocando mais janelas e claraboias pela casa. Este tipo de decoração econômica reduz o consumo de iluminação artificial e ar condicionado, e também é muito mais saudável.

4 – Use fotocélulas no exterior e em varandas

As células fotoelétricas acendem apenas à noite, quando a sombra as alcança, por isso ajudam a economizar energia em casa. São perfeitas para varandas e exterior. No jardim, outra boa pedida são as luminárias solares, que armazenam a energia do sol durante o dia e acendem à noite sem gastar nada de energia elétrica artificial.

5 – Evite deixar aparelhos eletrônicos em stand by

Mesmo desligados, o aparelhos eletrônicos em stand by podem representar um gasto elétrico de até 12%.

6 – Racionalize o uso do ferro elétrico, chuveiro e da máquina de lavar

Evite usar esses aparelhos, considerados de alto consumo, nos horários de pico. O consumo é maior e eles acabam puxando ainda mais, fazendo o reloginho andar mais depressa. O chuveiro elétrico gasta mais entre 18h e 21h, quando a maioria das pessoas chega do trabalho.

7 – Regule a temperatura da geladeira de acordo com a estação

Use o termostato da geladeira de acordo com a temperatura ambiente. No inverno, ao contrário do verão, ele não precisa ficar no máximo, ajudando a economizar energia.

8 – Evite deixar fogão e geladeira muito próximos

Quando estão muito próximos, fogão e geladeira podem interferir um no consumo de energia do outro por causa da diferença de temperaturas.

9 – Tire os aparelhos da tomada no final do expediente

Se você trabalha em casa ou usa algum cômodo com mais frequência, tire os aparelhos da tomada se só usá-los novamente no dia seguinte.

10 – Use dimmers para controlar a intensidade da luz

Controlar a intensidade da luz artificial não só deixa o ambiente mais gostoso, como ajuda a economizar energia. Nem sempre é necessário utilizar 100% da capacidade da lâmpada. É o caso de halls, lavabos e lugares em que não há muito movimento.

11 – Instale um sistema de aquecimento solar

Hoje há kits de todos os tamanhos. Se você instalar um apenas para o aquecimento da água do banho, por exemplo, você já estará gastando muito menos energia no dia a dia. O investimento compensa.

12 – Use panos de vidro nas paredes

Esse recurso, extremamente bonito e funcional, pode ajudar bastante a economizar energia em casa. E nem é preciso fazer uma reforma tão grande assim: você pode colocar panos de vidro em cima das portas, em parte do corredor ou até abaixo das janelas.

Basta abrir pequenos vãos na alvenaria. Outra dica é usar telhas de vidro no telhado das varandas ou onde não houver laje nem forro.

13 – Invista nos espelhos

O uso de espelhos na decoração econômica ajuda a ampliar os ambientes pequenos e a refletir a luz natural que entra por portas e janelas.

14 – Verifique a borracha de vedação da geladeira

Borrachas em mal estado de conservação fazem a geladeira ligar o motor mais vezes para manter a temperatura. Mantê-las sempre novas ajuda a conservar melhor os ambientes e a gastar menos energia.

15 – Não forre as prateleiras da geladeira

Aqueles forrinhos nas prateleiras podem até ser bonitinhos para alguns, mas prejudicam a circulação do ar frio. A geladeira também trabalhará mais, puxando mais energia, para compensar.

16 – Faça limpeza periódica nos lustres

Manter lustres bem limpos, livres de poeira e de insetos faz com que a luminosidade das lâmpadas seja melhor aproveitada.

17 – Instale temporizadores

Nos lugares da casa onde as pessoas passam apenas ocasionalmente, outra boa saída é colocar temporizadores de movimento.

18 – Mantenha os filtros dos aparelhos de ar-condicionado bem higienizados

O filtro sujo também faz com que o temporizador do ar-condicionado seja acionado mais vezes para manter a temperatura. Filtros bem higienizados e limpos também significam economia de energia em casa.

Agora que você já sabe como a decoração econômica pode ajudar sua casa e seu bolso, adote essas medidas e ajude o meio ambiente.

A Imóvel Web há 18 anos busca as melhores soluções no mercado imobiliário. Converse com nossos corretores de plantão e descubra as melhores opções para o seu perfil.

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital