Conecte-se Conosco

ESPORTES

Vitória monumental! Grêmio bate o River na Argentina e precisa de empate para ir à final da Taça Libertadores

Michel marca contra o River Plate (Foto: Wesley Santos / Agência PressDigital)

Publicado

em

Tricolor segura ímpeto dos argentinos até Michel, surpresa na escalação, marcar de cabeça aos 16 minutos do segundo tempo, no primeiro jogo da semifinal da Libertadores

 

Buenos Aires –  O apinhado Monumental de Núñez testou o copeiro Grêmio na noite desta terça-feira (24), no primeiro jogo da semifinal da Libertadores. Apesar da paridade de forças, o Tricolor soube fazer o seu jogo, sofrer e vencer o River Plate por 1 a 0, com gol do volante Michel, surpresa na escalação. Além do gol marcado fora de casa, os gaúchos levam para a Arena a vantagem de qualquer empate para fazer mais uma final seguida em sua história na competição.

COMO FICA

O Grêmio precisa agora de qualquer empate na Arena, na próxima terça-feira, às 21h45, para chegar a mais uma decisão de Libertadores. Se for derrotado por 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Se o River vencer por um gol de diferença, a partir do 2 a 1, fica com a vaga. No sábado, o Tricolor recebe o Sport, na Arena, pelo Brasileirão.

PRIMEIRO TEMPO

Sem Luan e Everton, Renato Gaúcho armou um Grêmio mais marcador que construtor para enfrentar o River no Monumental de Núñez. A primeira parte foi até bem desenvolvida, com poucas chances aos argentinos e um chute forte de Cícero de fora da área. A partir dos 30, os donos da casa foram para cima e não saíram mais. Palacios e Martínez obrigaram Marcelo Grohe a fazer boas defesas, enquanto o Tricolor apenas corria atrás da bola. O empate sem gols ficou de bom tamanho para os gaúchos.

SEGUNDO TEMPO

O primeiro susto gremista veio logo cedo. Aos cinco minutos, Maidana cabeceou livre sobre o gol de Grohe. Mas o Grêmio voltou a colocar seu jogo. Pouco a pouco, cozinhou o time argentino e foi brindado com o gol de Michel, aos 16. Em cobrança de escanteio de Alisson, o volante subiu mais alto que a marcação para estufar a rede. O River se abateu e, aos 33, Leonardo pegou a sobra de uma falta e quase marcou o segundo. Em cobrança de falta de Quintero nos acréscimos, Marcelo segurou a vitória azul.

Alisson teve boa atuação no lugar de Everton

Alisson teve boa atuação no lugar de Everton (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

Sem os principais jogadores, Luan e Everton, Renato Gaúcho mandou a campo no Monumental de Núñez uma escalação para “segurar” o River. Michel foi a surpresa como primeiro homem do meio-campo, resguardado por Maicon e Cícero. Praticamente só Alisson e Jael conduziram as jogadas de ataque. Copeiro que é, o Tricolor cozinhou o adversário até marcar com Michel na bola aérea, um dos pontos fracos dos donos da casa. Depois disso, foi ainda mais superior e controlou o resultado, sem ser muito incomodado.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual