Conecte-se Conosco

POLÍTICA

Zé Carlos não aprova mas respeita Decisão do PV em se juntar ao MDB

Publicado

em

Antônio José Soares

O presidente do Partido Verde (PV), José Carlos Lima, esteve na convenção do DEM/PSDB, quando foi aprovada a candidatura do presidente da Assembleia Legislativa, Márcio Miranda ao governo do Pará. Zé Carlos do PV, como ele ficou conhecido, não foi à convenção do PMDB, embora o seu partido, tenha entrado informalmente na coligação que reúne 18 partidos (MDB, PR, PTB, PSD, PP, PSL, PRTB, PRB, PSC, PHS, PMB, Podemos, PROS, DC, vante, Patriota, PV e PTC).

Zé Carlos foi voto vencido. Ele e outros cinco dirigentes, que perderam por 11×6 para os que defendiam a coligação com o PMDB. Zé Carlos é advogado, mas é também ex-gráfico, ex-chefe da Casa Civil da Governadoria do Estado do Pará foi.aprovada e ex-deputado estadual, que atualmente preside o Partido Verde (PV). E diz que não aprova a aliança com os Barbalho, mas respeita a decisão de seus pares. “Eu não vou acompanhar o PV neste ponto, mas como presidente da legenda tenho que acatar o que foi decidido”, resigna-se o candidato a deputado federal, que está bem focado em coisas ligadas à natureza. “O Pará tem extensas áreas, é rico em minério, água, solo e sol. Precisamos acertar o modelo ideal de desenvolvimento para fazer com que toda esta riqueza sirva para gerar felicidades a nossa gente, eu acredito que é possível”, escreveu no seu perfilç do Facebook.

.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual