Conecte-se Conosco

CURIOSIDADES

Bia Caminha defende Edmilson Rodrigues de expulsão sofrida por ela durante coletiva

Foto: Reprodução Instagram / Fonte: O Liberal

Publicado

em

A vereadora eleita mais jovem de Belém, Bia Caminha (PT), de 21 anos, usou as redes sociais, na manhã de segunda-feira (30), para defender Edmilson Rodrigues (Psol) da expulsão sofrida por ela, durante a coletiva de imprensa do prefeito eleito de Belém, no domingo (29). “Gente, se tem alguém que não é culpado nessa história é o Edmilson. Durante toda campanha ele sempre me respeitou e nunca tolerou esse tipo de prática. Tenho certeza que recebeu a notícia do acontecido com muita indignação”, afirmou Bia.

No domingo, Bia Caminho denunciou, também pelas redes sociais, que foi carregada por seguranças da campanha de Edmilson Rodrigues (Psol), durante a coletiva de imprensa.

“Acabei de ser carregada pelos seguranças da campanha do Edmilson Rodrigues pra fora da coletiva de imprensa. Carregada! Mas todos os homens brancos entraram. Eu fui eleita e fiquei de fora da coletiva! O pacto de romper silêncios já começou!!!”, criticou a futura parlamentar pelas redes sociais.

Ela contou que a cena foi humilhante e que chegou a ouvir que não tinha sido eleita. “Começaram a gritar ‘deixa ela entrar’. Falaram até que eu não tinha sido eleita. Racismo e machismo puro!!!! Precisamos repensar essas violências de gênero e raça urgentemente”, complementou. “A esposa de um deputado federal, um mulher branca e rica, entrou na coletiva do Edmilson. E eu, vereadora negra eleita, fui carregada pelos seguranças pro lado de fora!!!”, disse.

Segundo Bia, a ordem de expulsão partiu de uma irmã de Edmilson Rodrigues. “Sabe quem mandou me expulsar da coletiva e dizer que eu não tinha sido eleita??? A irmã do Edmilson!!!!! Situação mais humilhante de toda essa campanha!”, declarou.

Após o ocorrido, por meio de nota, a equipe do candidato Edmilson Rodrigues se manifestou, afirmando que recebeu com indignação a informação do ocorrido. “Nunca orientamos os que trabalham conosco para que tal procedimento fosse adotado, mesmo a coletiva de imprensa era reservada apenas para o prefeito Edmilson, o vice-prefeito Edilson e os partidos coligados e apoiadores, conforme decisão da coordenação da campanha. Vamos cobrar da empresa contratada pela campanha um esclarecimento em relação ao ocorrido. Ainda, nos colocamos à disposição para quaisquer medidas que a vereadora queira tomar”, diz o texto.

A nota afirma ainda que Edmilson foi informado do ocorrido somente depois, quando estava no ato comemorativo em frente ao Mercado de São Brás, momento em que elogiou Beatriz Caminha, enaltecendo a biografia da nova vereadora e, ainda, pediu sinceras desculpas, e disse que se desculpará pessoalmente.

Edmilson Rodrigues venceu as eleições municipais com 51,76% dos votos válidos, derrotando o delegado federal Eguchi, do Patriota, que obteve 48,24% da preferência do eleitorado.

Por: Redação Integrada

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/aprovincia/public_html/wp-includes/functions.php on line 4556