Conecte-se Conosco

POLÍTICA

Bolsonaro rebate Doria e diz que vacinas vão passar pela Anvisa

Foto: Isac Nóbrega/PR / Fonte: Pleno News

Publicado

em

Durante a tradicional live realizada na noite de quinta-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro rebateu de forma dura a fala do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de que a CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, poderia ser aplicada na população mesmo sem ter sido registrada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

– A Anvisa é independente. Não adianta um governadorzinho aí, que nós sabemos quem é, ficar criticando. É muito interesse um governador querer salvar vidas. Fico até preocupado. Acho que se ele morrer hoje vai para o céu, porque é um santo, um santo da calça apertada – disparou.

O presidente declarou que o governo federal vai distribuir a vacina desenvolvida pelo instituto, mas que só permitirá a imunização depois que ela passar pela autorização da Anvisa. Em nota, a agência afirmou que a distribuição do imunizante a partir da aprovação de agências de outros países “pode representar risco à população brasileira”.

– Nós vamos oferecer a vacina, mas tem que passar pela Anvisa – afirmou Bolsonaro.

Em entrevista concedida ao site Metrópoles, Doria disse que a CoronaVac pode ser aplicada sem o aval da Anvisa, caso agências de outros países liberem a imunização. Após a publicação da entrevista, porém, Doria se manifestou no Twitter alegando que havia uma “confusão” sobre a declaração a respeito da vacina.

– Existe diferença entre validar uma vacina fora do país e autorizar sua aplicação em território nacional – afirmou.

Por: Paulo Moura

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/aprovincia/public_html/wp-includes/functions.php on line 4556