Conecte-se Conosco

ESPORTES

Confira como será a fase de quartas de final do Campeonato Paulista

ISTOÉ

Publicado

em

Veja quem é favorito em cada um dos quatro jogos que serão disputados neste meio de semana. São partidas únicas que valem vaga para a semifinal

Terminou neste domingo a fase de grupos do Paulistão-2020 e, com isso, estão definidos os oito classificados para as quartas de final da competição, que ocorrerá nas próximas quarta e quinta-feira, com a federação paulista indicando os horários dos jogos e locais (apenas cidades na fase amarela) nesta segunda-feira. Os classificados foram os dois primeiros colocados de cada um dos quatro grupos, sendo que os confrontos envolvem os rivais de grupos: : Santos (1ºA) x Ponte (2ºA), Palmeiras (1ºB) x Santos André (2ºB), São Paulo (1ºC) x Mirassol (2ºC) e Red Bull Bragantino (1ºD) x Corinthians (2ºD).

A fase de quartas de final, assim como a semifinal, será disputada em jogo único. Em caso de empate em qualquer uma das fases, a decisão será nos pênaltis. Já a final será em ida e volta.

Os mandantes nas quartas são os times que terminaram em primeiro lugar em seus grupos. Nas semifinais, o mando dos jogos será dos times com a maior pontuação. Isso significa que, se o Red Bull avançar às semis, ele, que teve a melhor campanha (23p), será o mandante: os outros mais bem colocados foram Palmeiras (22p) e São Paulo (21p).

Os jogos

PALMEIRAS X SANTO ANDRÉ

Mando de campo: Palmeiras

O Verdão ficou sem Dudu, o seu melhor jogador, negociado para o futebol do Qatar. E jogou com escalações diferentes nos dois jogos da volta. Perdeu para o Corinthians jogando bem; venceu o rebaixado Água Santa atuando mal e beneficiado por um pênalti polêmico no fim. Ainda assim, o Palmeiras é muito favorito contra um Santo André que perdeu jogadores importantes (como o goleiro Fernando Henrique ou o atacante Ronaldo – ao todo saíram nove do elenco). Na rodada passada, o técnico Paulo Roberto poupou vários titulares. Porém, mesmo com a volta destes jogadores importantes, é difícil acreditar que o Ramalhão poderá fazer frente aos comandados de Luxemburgo .

SANTOS X PONTE PRETA

Mando de campo: Santos

O Peixe deu mole na rodada final perdendo de virada para o eliminado Novorizontino por 3 a 2 e mostrando deficiências em todos os setores. A Ponte Preta entra motivada. O time estava praticamente rebaixado, mas, com os tropeços dos rivais e duas vitórias em dois jogos nesta retomada, conseguiu a classificação mesmo tendo pontuação baixa (benesse de estar num grupo fraco). A verdade é que, mesmo com o Santos em crise fora dos gramados, o time de Jesualdo é favorito. Mas precisa tomar cuidado com os dois pontos fortes da Ponte: os avanços de Apodi pela lateral direita e a eficácia de Bruno Fernandes (autor de gols decisivos nos dois últimos jogos).

Mando de campo: Bragantino.

O Red Bull fez a melhor campanha geral e mostrou bom futebol nas partidas nesta volta ao futebol. Conta com vários bons jogadores e o ex-palmeirense Arthur é um dos destaques. Para esta partida, o RB entra como favorito, já que o Corinthians é irregular: mesmo vencendo o Palmeiras e o lanterna Oeste (rebaixado), não mostrou postura ofensiva de qualidade, o que pode ser fatal neste duelo de jogo único. A coisa pode melhorar para o lado corintiano se Luan acordar de vez, aproximar-se mais do ataque (ainda mais com a ausência de Boselli) e voltar a ser o jogador que brilhou no Grêmio.

SÁO PAULO X MIRASSOL

Mando de campo: São Paulo

O time titular do São Paulo foi poupado na última rodada da fase de grupos e vai entrar tinindo nas quartas. É superfavorito, pois encara um rival desentrosado depois de perder 13 jogadores neste período sem jogos por causa da pandemia (seu setor de criação foi dinamitado). Trata-se de um time cheio de meninos no ataque e veteranos na defesa. Nada indica que o Tricolor paulista tenha dificuldade para alcançar as semifinais.

Favorito: São Paulo

Quem caiu: Água Santa e Oeste

A queda do Oeste era previsível. Lanterna e encarando o Corinthians, era vencer ou ser rebaixado. Perdeu e dançou. Já o Água Santa teve um degola dramática. Até os 30 do segundo tempo, vencia o Palmeiras e estava se classificando. Aí levou o gol de empate. Naquela altura o time pulava para 12 pontos e o rebaixado era o Botafogo de Ribeirão, que perdia para o Red Bull, e tinha 11. Aí, restando três minutos para o fim, a arbitragem marcou um pênalti muito discutível (mão na bola) contra o time. Resultado: Palmeiras 2 a 1 e Água Santa, com os mesmos 11 pontos do Botinha, mas uma vitória a menos, acabou degolado.

Artilharia

Ytalo, do Red Bull, é o líder da tabela, com sete gols. William (Palmeiras) e Junior Toddynho (Guarani) têm seis. Boselli (Corinthians) e Pablo (São Paulo) aparecem com cinco.


Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/aprovincia/public_html/wp-includes/functions.php on line 4552