Conecte-se Conosco

FUTEBOL

Corinthians vence Ceará e se garante na Libertadores

Foto: Reprodução / Fonte: *Folhapress

Publicado

em

O Corinthians venceu o Ceará por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (4), no Castelão. O resultado assegurou o time paulista na próxima edição da Copa Libertadores e tornou menos complicada a tarefa do Cruzeiro de escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

A equipe do Parque São Jorge, agora com 56 pontos, já não pode ser alcançada pelo Fortaleza, em nono, e, portanto, terminará a competição nacional entre os oito primeiros, o que vale vaga ao menos na fase prévia do torneio sul-americano.

Já a equipe cearense, que briga com o Cruzeiro para fugir da queda, só definirá na última rodada, no domingo (8), se ficará na primeira divisão. O Ceará soma 36 pontos, dois a mais que o adversário celeste, que entrará em campo nesta quinta (5), contra o Grêmio, em Porto Alegre, ainda pela 37ª rodada.

No final de semana, no encerramento do Nacional, o Ceará vai enfrentar o Botafogo no Rio de Janeiro, e o Cruzeiro receberá o Palmeiras em Belo Horizonte.

Em Fortaleza, o Corinthians cumpriu a promessa de não dar bola para a luta dos cearenses contra a degola. Após um primeiro tempo equilibrado, o time visitante soube tirar proveito da vantagem em campo após a expulsão de Lima, aos 26min do segundo tempo.

Dez minutos depois, dois atletas que haviam entrado havia pouco acabaram definindo o placar. Clayson bateu o escanteio da esquerda, e o atacante Gustavo, o Gustagol, ex-Fortaleza, subiu bem para cabecear. Samuel Xavier ainda tentou evitar o gol em cima da linha, mas fracassou na tentativa.

CEARÁ
Diogo; Samuel, Luís Otávio, Brock e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Lima, Baxola (Felippe Cardoso) (Chico) e Thiago Galhardo; Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves). T.: Argel Fucks

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Carlos; Gabriel (Ralf); Júnior Urso (Clayson), Ramiro (Gustavo) e Mateus Vital; Janderson e Boselli. T. (interino): Dyego Coelho

FICHA TÉCNICA
Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Auxiliares: Henrique Neu Ribeiro e Johnny Barros de Oliveira (SC)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: Fabinho, Lima (2) e João Lucas (CEA); Manoel, Carlos e Gabriel (COR)
Cartão vermelho: Lima (CEA)
Gol: Gustavo (COR), aos 36min do 2º tempo

FUTEBOL

MPPA notifica federação de futebol por atraso na entrega de laudos

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Ascom MPPA

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) emitiu, no final da manhã da última sexta-feira (17), um parecer sobre os laudos entregues pelos órgãos competentes a respeito da situação dos estádios onde estão agendados os jogos do Campeonato Paraense de Futebol 2020, o Parazão, que terá início neste sábado (18). Os laudos passaram por uma análise técnica de Grupo de Apoio Técnicos Interdisciplinar (GATI) da instituição. O objetivo é verificar se os documentos atendem as exigências previstas na portaria nº 290/2015 do Ministério dos Esportes.

Apenas cinco dos 11 estádios previstos para sediar os jogos tiveram seus laudos analisados completamente. De acordo com o parecer do MPPA, a Federação Paraense de Futebol (FPF), organizadora da competição, deveria ter enviado os laudos em até 10 dias antes do início das competições esportivas, mas isso não aconteceu. No final da manhã desta sexta-feira (17), o MPPA notificou a FPF para que, no prazo de 24 horas, esclareça as razões do não envio dos documentos, sob pena de sofrer penalidades.

Os estádios que tiveram seus laudos analisados foram o Estádio Olímpico Edgar Proença (Mangueirão), Leônidas de Castro (Curuzu), Estádio Olímpico São Benedito (Bragança), Parque do Bacurau (Cametá) e Arena do Município Verde (Paragominas).

A análise técnica do MPPA verificou que os laudos foram aprovados pelos órgãos competentes (Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Vigilância Sanitária e engenheiro responsável), porém com restrições de segurança. Por conta disso, as  capacidades de público foram estabelecidas em 35.000 (Mangueirão), 16.000 (Curuzu), 7.500 (São Benedito), 5.000 (Bacurau) e 9.800 (Arena Verde).

Não foi apresentada ao MPPA, pela Federação Paraense de Futebol, a documentação dos estádios Zinho Oliveira (Marabá), Mamazão (Carajás), Maximino Porpino (Castanhal) e Colosso do Tapajós (Tapajós) comprovando que esses espaços estão aptos para receber os jogos do campeonato.

No caso do Maximino Porpino, em Castanhal, problemas estruturais já haviam sido detectados pela promotora de Justiça Carmem Burle, que ajuizou ação civil pública contra a prefeitura, em novembro de 2019, solicitando a suspensão das atividades do estádio até a sua regularização e cobrando reformas no local. A ação aguarda decisão da Justiça.

A análise técnica dos laudos do Estádio Evandro Almeida (Baenão), do Clube do Remo, só deve ocorrer na semana que vem, já que os jogos no local estão previstos apenas para março. Já a análise do estádio do Itupiranga ainda não ocorreu uma vez que não ficou definido se os jogos acontecerão no próprio município ou no Zinho Oliveira, em Marabá.

Abertura
O primeiro jogo do campeonato ocorrerá neste sábado (18) no Estádio Orfelino Martins (Parque do Bacurau), em Cametá, aprovado com restrições. No que se refere à segurança, o Corpo de Bombeiros aprovou a capacidade para 5.000 pessoas. A orientação do MPPA é que a partida aconteça com as devidas precauções de segurança.

O Ministério Público esclarece que, conforme a prevê o Estatuto do Torcedor, a responsabilidade técnica de aprovação, aprovação com restrições ou reprovação dos estádios não é do MPPA, e sim das corporações e dos profissionais que emitem cada um dos laudos de condições de segurança, que são a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária Municipal e engenheiro civil contratado pelo proprietário do estádio para elaborar o Laudo de Verificação de Engenharia (LVE).

Nesse sentido, a análise técnica do MPPA visa somente a solicitação de esclarecimentos sobre as condições de segurança nos estádios de futebol em que serão realizados os jogos do campeonato paraense.

Confira a manifestação do MPPA

Continue lendo

FUTEBOL

Técnico do Santos dispensa jogos-treino em preparação

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: *Folhapress

Enquanto dois de seus maiores rivais disputam a Flórida Cup -Corinthians e Palmeiras-, nos Estados Unidos, como parte da pré-temporada, o Santos segue apenas treinando no CT Rei Pelé. E mais: não fará nenhum amistoso ou jogo-treino antes da estreia no Campeonato Paulista.

O técnico Jesualdo Ferreira abriu mão de realizar os jogos que eram bastante comuns no ano passado, quando Jorge Sampaoli, durante boa parte do ano, agendava jogos-treino para os reservas que não atuaram no jogo imediatamente anterior.

Ao contrário do argentino, o português é um adepto dos trabalhos coletivos. Em todos os treinos de Jesualdo até aqui, ele comandou coletivos, a maioria 11 contra 11, alternando entre espaço reduzido e campo todo.

O desempenho dos atletas do elenco santista tem agradado, e o português ainda pode utilizar os atletas do Santos B, que se apresentaram na última segunda-feira (13) para mesclar nas atividades.

– Professor Jesualdo, diretoria e todo sistema envolvido planejaram isso há um tempo. Sabem o que estão fazendo. Não precisa necessariamente fazer jogos-treino. Aqui dentro dá para fazer entre nós, com o sub-20… De repente similar a um jogo-treino. A pré-temporada foi bem montada, Jesualdo estudou bastante e sabe o que está fazendo – afirmou o lateral-direito Madson, reforço santista apresentado na quinta (16).

Jesualdo é um grande fã de trabalhos táticos. Desde que acertou com o Santos, o português vem falando em focar no trabalho em campo e aperfeiçoar aquilo que o time já fazia bem na época de Sampaoli. Para ele, os trabalhos físicos são importante, mas não prioridade.

Assim como os jogadores estão agradando ao treinador, os atletas também estão satisfeitos com as atividades propostas pela comissão técnica de Jesualdo Ferreira. Além dos coletivos diários, o português comandou um trabalho técnico de finalizações que recebeu elogios de parte do elenco.

Ainda em processo de conhecimento do grupo, Jesualdo tem testado atletas em diversas posições e com diferentes funções. A estreia do Santos na temporada vai ocorrer na próxima quinta-feira (23), às 19h15, quando receberá o Red Bull Bragantino na Vila Belmiro, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

Continue lendo

FUTEBOL

Pré-Olímpico: seleção sub-23 estreia contra o Peru no domingo

Publicado

em

Foto: Lucas Figueiredo/CBF / Fonte: Agência Brasil

A seleção brasileira sub-23 começa neste domingo (19) sua jornada em busca da vaga olímpica. O Brasil estreia contra o Peru no Pré-Olímpico Sul-Americano, na Colômbia, que começa amanha (18) e prossegue até 9 de fevereiro.  O jogo de estreia da seleção, válido pela primeira rodada da fase de grupos, terá início às 22h30 (horário de Brasília) de domingo, no Estádio Centenário da cidade de Armênia, a 280 quilômetros (km) da capital Bogotá.

Ricardo Graça, convocado para a Seleção Olímpica
Ricardo Graça, zagueiro do Vasco, foi o último a ser convocado para a Seleção Olímpica – Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O último a integrar a equipe brasileira foi o zagueiro Ricardo Graça, convocado na noite de ontem (16) pelo técnico André Jardine. Ele vai substituir o jogador Walce, do São Paulo, cortado na última segunda (13) devido a uma grave lesão (ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo). O jogador se machucou sozinho, durante um amistoso no último domingo (12) contra o Boavista, e terá de passar por cirurgia.

Atual campeã olímpica – o ouro foi conquistado pela primeira vez na Rio 2016 – a seleção está no grupo B que, além do Peru, tem ainda Uruguai, Bolívia e Paraguai. No grupo A estão Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Venezuela. Os dois melhores de cada chave avançam para o quadrangular final, e apenas dois vão carimbar o passaporte rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio, em julho, no Japão.

Confira a lista dos 23 jogadores convocados para o Pré-Olímpico Sul-Americano:

Goleiros: Cleiton (Atlético-MG), Ivan (Ponte Preta) e Phelipe (Grêmio).

Laterais-direitos: Dodô (Shakhtar Donetsk-Ucrânia) e Guga (Atlético-MG).

Laterais-esquerdos: Iago (Augsburg-Alemanha) e Caio Henrique (Fluminense).

Zagueiros: Nino (Fluminense), Bruno Fuchs (Internacional), Robson Bambu (Athletico-PR) e Ricardo Graça (Vasco).

Meio-campistas: Bruno Guimarães (Athletico-PR), Maycon (Shakhtar Donetsk-Ucrânia), Igor Gomes (São Paulo), Matheus Henrique (Grêmio), Reinier (Flamengo) e Bruno Tabata (Portimonense- Portugal).

Atacantes: Antony (São Paulo), Pepê (Grêmio), Matheus Cunha (RB Leipzig-Alemanhã), Paulinho (Bayer Leverkusen-Alemanha), Pedrinho (Corinthians) e Yuri Alberto (Santos).

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital