Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

Home office: veja seis dicas para melhorar o sinal do Wi-Fi na quarentena

Roteadores Mesh podem oferecer um desempenho mais adequado para o home office. — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

Publicado

em


A pandemia do novo coronavírus levou o mundo inteiro a ficar de quarentena. Como muitos profissionais têm feito home office, é importante atentar à qualidade do Wi-Fi de casa. As redes sem fio precisam de alguns cuidados que podem fazer a diferença, como monitorar os dispositivos conectados ou explorar as configurações do roteador para escolher os ajustes certos para você. Confira a seguir seis dicas para melhorar o sinal do Wi-Fi de casa ao trabalhar de casa durante a quarentena.

Uma medida importante para ter um bom desempenho na conexão durante os períodos de trabalho é aferir se a velocidade contratada junto à operadora está sendo entregue. É importante ter em mente que, em períodos em que mais usuários estão conectados ao mesmo tempo, as redes podem ter alguma instabilidade. Mas, de qualquer forma, existe uma margem mínima de banda que deve ser entregue sempre.

Existem diversos sites que realizam o teste de conexão automaticamente, exibindo as taxas de download e upload. Um deles é da própria Agencia Nacional de Telecomunicações (Anatel), disponível no site do Brasil Banda Larga. Caso a velocidade contratada não esteja sendo entregue, verifique o contrato de seu plano e solicite as providências diretamente com a operadora.

Monitorar dispositivos conectados

Ter muitos dispositivos conectados ao mesmo tempo também pode fazer com que sua rede Wi-Fi tenha um desempenho instável. Por isso, é essencial verificar quantos aparelhos estão utilizando a Internet ao mesmo tempo, principalmente quando perceber alguma queda na velocidade de conexão, já que pode haver algum “intruso” causando esse problema.

Para descobrir se tem alguém no seu Wi-Fi, é possível acessar o menu de configurações do roteador pelo navegador, com o IP indicado pela fabricante do dispositivo. Outra possibilidade é usar aplicativos relacionados, como o Tether, da TP-Link, ou o mydlink, da D-Link. Também é possível verificar quantos aparelhos estão em sua rede através de seu smartphone.

Desligar aparelhos ligados à rede durante o horário de trabalho

Limitar o número de dispositivos conectados simultaneamente pode melhorar a velocidade e estabilidade da Internet durante o trabalho. Alguns equipamentos como consoles, media centers e outros dispositivos conectados, utilizam uma certa quantidade de banda para realizar o download de updates, mesmo quando não estão sendo utilizados. Por isso, mantê-los desligados pode significar um trabalho com menos travamentos e outros problemas relacionados ao Wi-Fi.

Explorar as configurações do roteador

Pode até parecer algo complicado, mas as configurações do roteador podem apresentar diversas soluções interessantes para trazer uma performance ainda melhor. Alguns modelos permitem, por exemplo, limitar ou priorizar a quantidade de banda para cada dispositivo conectado, por meio do QoS. Outra possibilidade é alterar os canais utilizados, já que o padrão pode estar congestionado. Essa mudança é simples e pode melhorar a velocidade da rede para seu Wi-Fi.

Os roteadores Mesh prometem maior alcance e alta intensidade mesmo em áreas mais afastadas do dispositivo principal. O sistema funciona com pelo menos dois aparelhos, e oferecem uma boa cobertura de sinal. As redes Mesh também são expansíveis, sendo possível comprar outros roteadores de mesmo modelo para somar ao conjunto. A ideia é melhorar o desempenho da Internet mesmo com muitos usuários conectados ao mesmo tempo. No Brasil, existem modelos de diversos tipos, com preços que começam em torno de R$ 400.

O microondas, assim como outros eletrodomésticos, podem ser verdadeiros inimigos da rede Wi-Fi. Mesmo sem funções smart, o produto emite ondas que podem interferir nas frequências de rádio do roteador, principalmente se o mesmo atuar apenas na faixa de 2,4 GHz. Para ter um desempenho mais adequado, procure evitar utilizar o microondas por períodos muito longos quando estiver no Wi-Fi.

Além disso, se possível, dê preferência para redes com frequências de 5 GHz ao trabalhar, já que essas oferecem uma maior velocidade para sua conexão. Vale ressaltar que, para isso, é interessante ficar no mesmo cômodo do roteador: a faixa de 5 GHz trabalha com ondas que não atravessam paredes e obstáculos com tanta facilidade.

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital