Conecte-se Conosco

MUNICÍPIOS

Hospitais de campanha no interior do estado começam a receber estruturas

Fonte/foto: Agência Pará

Publicado

em

Em Breves, no Marajó, a estrutura do hospital de campanha está sendo montada no Estádio MunicipalFoto: DivulgaçãoAs estruturas para a montagem dos três hospitais de campanha, criados pelo Governo do Estado para atendimento à população diagnosticada com Covid-19, no interior do Pará, começaram a chegar aos municípios, neste sábado (4). No total, 130 profissionais estão divididos para garantir a montagem dos hospitais em Marabá, Santarém e Breves. As unidades receberão pacientes com sintomas leves ou moderados da doença, sem a necessidade de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e garantirão atendimento descentralizado as respectivas região Sul e Sudeste, Baixo Amazonas e Marajó. 

O titular da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Alberto Beltrame, considera a montagem das estruturas ágil porque as equipes levam poucos dias para concluir os trabalhos. “Nossa expectativa é que os hospitais fiquem prontos até dia 12 de abril. Nós temos 11 hospitais regionais que são referência no atendimento dos casos do vírus. Os hospitais de campanha vão desafogar essa rede, dando retaguarda”, explica Beltrame.

Marabá

A primeira cidade a receber os equipamentos foi Marabá, onde serão criados 120 leitos com a construção do Hospital de Campanha no Centro de Convenções, espaço com mais de 4 mil metros quadrados. O local já foi higienizado e atenderá 39 municípios das regiões Sul e Sudeste do Pará. “Nós temos mais de 1 milhão e meio de habitantes nessa área. O governador entendeu que essa região precisava ser atendida e ter uma estrutura, para em caso de necessidade, ter leitos para não sobrecarregar a rede hospitalar”, conta o secretário Regional de Governo do Sul e Sudeste, João Chamon.

Santarém

Com uma área de 3,6 mil metros quadrados, o Hospital de Campanha de Santarém será construído no espaço ‘Pérola do Tapajós’. O local recebeu um mutirão de limpeza durante a manhã de hoje. Ao fim da montagem, 120 leitos serão disponibilizados para a rede de saúde. Para o secretário Regional de Governo do Baixo Amazonas, Henderson Pinto, a construção do hospital é muito importante para atender e dar suporte de retaguarda ao sistema de saúde, evitando assim um colapso. “Essa estrutura é fundamental para que a gente possa atender a região e minimizar os efeitos do coronavírus”, declarou.   

Em Santarém, no Baixo Amazonas, os 120 leitos serão instalados no espaço ‘Pérola do Tapajós’Foto: Divulgação

Breves

Sessenta novos leitos serão criados com a montagem do Hospital de Campanha de Breves, no Marajó. Os equipamentos estão sendo enviados via balsa para o município e serão utilizados em uma área de 1,6 mil metros quadrados no Estádio Municipal. A unidade vai atender parte dos municípios da região do Marajó. A outra parte será atendida em Belém. “A construção de um hospital de campanha em Breves, cidade pólo na região, garantirá atendimento, se caso for necessário, as mais de 300 mil pessoas que vivem nessa parte do Marajó”, avalia o secretário regional Xarão Leão.

A área do Estádio Municipal de Breves tem 1,6 mil metros quadrados Foto: Divulgação

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital