Conecte-se Conosco

TECNOLOGIA

iOS 14: nova função avisa quando app ‘espiona’ usuário; entenda o caso

iOS 14 trouxe novas funções focadas na privacidade do usuário — Foto: Reprodução/Apple

Publicado

em

Desenvolvedores que instalaram a versão beta do iOS 14 divulgaram nas redes sociais, nesta quarta-feira (24), que o TikTok e outros aplicativos acessam frequentemente a área de transferência do iPhone sem permissão do usuário, e até mesmo quando os programas rodam em segundo plano. A descoberta foi feita graças a um novo recurso de privacidade do sistema da Apple que alerta quando aplicativos acessam a área de transferência ou ativam a câmera ou microfone do smartphone.

A função é novidade da versão mais recente do iOS, que foi anunciada na WWDC 2020 (Apple Worldwide Developers Conference) nesta segunda-feira (22). O update, no momento, está disponível em fase de testes apenas para desenvolvedores. O lançamento beta do sistema operacional para o público está previsto para julho, e a versão final estável chega aos modelos a partir do iPhone 6S, incluindo a primeira geração do iPhone SE, no outono do Hemisfério Norte, durante a primavera no Brasil.

Em vídeo publicado no Twitter na quarta-feira, o diretor de emoji da Emojipedia Jeremy Burge mostrou como funciona o sistema de alertas do iOS 14, que envia frequentes notificações no topo da tela assim que o TikTok acessa o conteúdo digitado na área de transferência do iPhone.

Segundo informações do site inglês Telegraph, outros aplicativos populares também mostram acessos frequentes e repetitivos à área de transferência do iPhone. Entre eles estão AccuWeather, Overstock, AliExpress, Fruit Ninja, Call of Duty Mobile, Patreon, Wall Street Journal, Reuters, New York Times e Google News.

Aplicativos costumam ter acesso à área de transferência do smartphone para oferecer uma melhor experiência ao usuário, mas não se sabe ao certo ainda como os apps flagrados manuseiam tal informação, ou como (e se) eles armazenam os dados acessados. Além disso, considerando que vários deles apresentam versão equivalente para celulares Android, é incerto se o mesmo comportamento invasivo acontece no sistema operacional do Google, uma vez que ele não apresenta função similar de alerta de privacidade.

Em nota divulgada ao jornal inglês, o TikTok informou que o aplicativo acessa a área de transferência do iPhone para conferir se o usuário exibe comportamento repetitivo do tipo spam. A empresa chinesa também reitera seu compromisso com a privacidade de usuários, afirmando que uma nova versão da rede social de vídeos curtos será disponibilizada na App Store para corrigir o problema:

“Para o TikTok, o alerta foi acionado por um recurso desenvolvido para identificar comportamentos repetitivos e com spam. Já enviamos uma versão atualizada do aplicativo para a App Store, removendo o recurso anti-spam para eliminar possíveis confusões. O TikTok está comprometido em proteger a privacidade dos usuários e em ser transparente sobre como o aplicativo funciona”.

Vale lembrar que o mesmo problema já havia sido reportado pelos desenvolvedores Talal Haj Bakry e Tommy Mysk no início do ano, quando ambos descobriram que aplicativos com grande número de downloads na App Store tinham acesso ao conteúdo da área de transferência do iPhone. A descoberta foi o suficiente para suscitar debates a respeito de questões de privacidade e segurança de usuários, já que os serviços poderiam conferir informações potencialmente sigilosas, como endereços de e-mail, senhas e números de cartão de crédito.

Mais funções de privacidade do iOS 14

Além de funções para facilitar a experiência do usuário, como widgets na tela inicial e uma gaveta de aplicativos, a Apple também buscou mostrar na WWDC deste ano comprometimento em questões de privacidade, como com a possibilidade de compartilhar locais aproximados no mapa, impedindo desenvolvedores de rastrearem a localização precisa via GPS.

Entre as novidades focadas em segurança, também há a exibição de um resumo das práticas de privacidade de aplicativos na App Store antes de instalá-los no celular, e o envio de notificações quando apps utilizam a câmera e o microfone do dispositivo.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual